CPI da Pandemia indica que Bolsonaro será indiciado por prevaricação

Relator da comissão, Renan Calheiros determinou outros pontos que serão inclusos no documento – crime de responsabilidade entre eles

Foto: Agência Senado

Jornal GGN – O relatório final da CPI da Pandemia irá indiciar o presidente Jair Bolsonaro por prevaricação ao não apresentar a denúncia de irregularidades na negociação para a compra da vacina Covaxin às autoridades responsáveis.

Segundo o jornal O Globo, o relator da comissão, senador Renan Calheiros (MDB) diz ter determinado outro pontos que irão compor o documento, como práticas enquadradas como crime de responsabilidade.

O texto não só irá apontar as principais denúncias apuradas pela comissão parlamentar de inquérito, como irá mostrar que Bolsonaro escolheu negligenciar a gravidade da pandemia e ser conivente com práticas sistematicamente condenadas pela comunidade científica, como o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes contra o vírus e a negligência tanto com o uso de máscaras como com o distanciamento social.

Clique aqui e veja como colaborar com o jornalismo independente do GGN

Na última sexta-feira, Renan Calheiros afirmou que tópicos como gabinete paralelo, imunidade de rebanho, bloqueio às vacinas e prevaricação estarão no relatório, cuja entrega está prevista para a próxima quinta-feira.

Porém, existem algumas divergências pendentes, como a acusação de falhas cometidas na gestão da saúde indígena ao longo da pandemia – Renan tinha a intenção de inserir o crime de genocídio no texto, o que é considerado necessário para uma denúncia ao Tribunal Penal Internacional (TPI).

Leia Também

Ministério da Saúde priorizou ofertas improváveis para combater covid-19

Câmara técnica do PNI ameaça entregar cargos

Queiroga diz que decidiu suspender vacinação de adolescentes por conta própria

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome