Temer e Gilmar se unem para tentar salvar o golpe, por Jeferson Miola

Temer e Gilmar se unem para tentar salvar o golpe

Jeferson Miola

Na tarde do dia 28 de maio, o presidente-usurpador Michel Temer interrompeu seu descanso na residência em São Paulo e, portanto, a convivência com a “bela, recatada e do lar” esposa Marcela [como diz a revista Veja] e com o filho Michelzinho, para antecipar o regresso a Brasília.

Estaria tudo normal não fosse o dia 28 de maio um sábado e se, além disso, o presidente-usurpador tivesse compromissos de governo em Brasília no próprio sábado e no domingo.

O problema, contudo, é que Michel – como é chamado na intimidade pela corja golpista – regressou a Brasília, ao que se sabe, exclusivamente para se reunir com o ex-Advogado-Geral da União do FHC, o tucano Gilmar Mendes, na noite de sábado.

Gilmar Mendes, como se sabe, é um integrante de outro Poder de Estado – ele é juiz do STF, apesar de não reunir os atributos necessários para ser juiz da Suprema Corte, e de colecionar atitudes que justificariam seu impedimento no cargo. Atualmente, ele é Presidente do TSE, o Tribunal Superior Eleitoral – realidade também difícil de entender.

Além disso, a partir de terça-feira Gilmar presidirá a Segunda Turma do STF, justamente aquela que julgará a maior parte dos políticos investigados pela Lava Jato – por coincidência, a maioria deles pertencente ao PMDB, ao PP e ao PSDB, corruptos que foram decisivos para a perpetração do golpe de Estado e que são fundamentais para a sustentação do governo usurpador, cada vez mais desmoralizado.

O encontro entre um presidente do País – mesmo sendo de um governo golpista – e um integrante de outro Poder de Estado, sempre é acompanhado de mínima solenidade e formalidade. Do ponto de vista institucional, o encontro deveria ser entre os titulares dos poderes Executivo e Judiciário, e não entre o titular-usurpador do Poder Executivo e um mero integrante do Poder Judiciário.

Michel e Gilmar sabem perfeitamente que o Judiciário é presidido pelo juiz Ricardo Lewandowski, que é quem responde institucionalmente pelo Judiciário. Como não trataram de assuntos institucionais, o encontro entre Michel e Gilmar assumiu um caráter exclusivamente político. E, em função disso, aqui começa o grave problema desse encontro.

O mundo inteiro sabe que Michel Temer assumiu como presidente-usurpador porque uma quadrilha enlameada em corrupção tomou de assalto o Poder com o golpe de Estado contra a Presidente Dilma. Um golpe que foi perpetrado através do processo de impeachment sem fundamento constitucional, “comandado por um bandido chamado Eduardo Cunha”, como reporta a imprensa internacional. Essa quadrilha assaltou o Estado para fazer um grande acordo nacional de impunidade para toda a bandidagem.

Além disso, Temer responde juntamente com a Presidente Dilma no processo ficcional aberto por Gilmar Mendes, que quer recusar a prestação de contas da campanha eleitoral de 2014 para cassá-la sem nenhuma base fática e legal.

Na últimas semanas, a vida dos golpistas ficou insustentável. Não somente devido às revelações das conversas gravadas, que comprovam a conspiração contra o mandato legítimo da Presidente Dilma, mas também porque o povo brasileiro se insurge cada vez mais nas ruas contra o retrocesso que está sendo imposto pelos usurpadores, que sabem que precisam de um governo ilegítimo para impor o programa neoliberal selvagem que jamais conseguiriam aprovar nas urnas.

É crescente a percepção, no seio do povo brasileiro, de que o governo usurpador está inviabilizado, em função dos sucessivos escândalos que o cercam.

Quando da posse, este governo feito 100% testesterona e 0% de pigmento, era 75% Lava Jato. Hoje, o governo usurpador se aproxima da unanimidade: é um governo 100% Lava Jato, a começar pelo conspirador-mor – só falta a força-tarefa revelar as conversas do Sérgio Machado com o Michel Temer, que comandava o PMDB quando o presidente da Transpetro roubava para o esquema deles.

O governo usurpador de Michel Temer tem o cheiro podre de Eduardo Cunha e de Gilmar Mendes. O golpe usurpador começou a ruir, por isso a reunião de última hora entre os dois conspiradores, desesperados em tentar salvá-lo.

7 comentários

  1. o stf…

    … não é mais um tribunal, ….  são apenas um bando de jagunços togados, à serviço de uma quadrilha de bandidos corruptos e golpistas, ….  esses jagunços togados estão lá, ocupando um lugar que, por direito, pertence a Juízes de verdade…

    • E o “festejado” presidente??

      E o “festejado” presidente?? Só pensa na lomam que irá fazer o povo pagar até o papel higienico da tchurma; dali esqueçam, se depender dele pra Dilma voltar podem dar a cadeira para o mordomo do conde dracula.

  2. As mulheres de Brasília já

    As mulheres de Brasília já nos rpestaram um grande serviço no final da semana que se encerrou, indo às portas da Suprema Corte chmar Gilmar de dfensor de estupradores, referindo-se ao caso de Abdel Massi, que fugiu do páis graças ao HC do beiçudo, desavergonhado.

    Esse ato de balada de sábado à noite é apenas mais uma ação indigna desse ministro. Ele está c. e andando para o povo brasileiro, fazendo a  justiça que lhe é conveniente fazer, sem nenhum temor. Admite-se até que os seus pares, mesmo os que possam pensar como ele, politicamente falando, pelo menos tem tido algum recato. 

    Tendo em vista que o STF é, de fato, e não de direito, uma instituição declaradamente golpista, parece não sobrar à esquerda desse governo interino outra ação senão a do povo ir às ruas mostrar sua indignação, protestar veementemente, e pedir também Fora Gilmar. Este terá que ter a sua pena, que só acontecerá pel grito da população. 

  3. Tem que colocar o stf na

    Tem que colocar o stf na agenda das manifestações, quem não respeita o povo não merece respeito, se deixarem impressionar e pressionar demais pela midia, agora é a hora do povo brasileiro pressiona-los, deram muito espaço para eles fazerem as lambanças e crerem que o povo estava inerte assistindo, é hora do basta!! E talvez foram tentar enterrar os audios do traidor-mor-da-patria, onde estão esses audios?! Será que foi isso que o cabeça-branca-beijador-de-mão-de- estadunidense foi tratar sorrateiramente com ele?? E o careca-walking-dead? Aquele que morreu e não deitou, o que acha de tudo isso??

    • …………….. Seguinte,

      …………….. Seguinte, se o STF passou para o Temer um questionário de porque ele está tomando as medidas de governo que tomou, me parece providencial que alguem do proprio STF leve rapidinho para o Temer o GABARITO com as respostas, e tem que ser alguem que entenda de fato de STF, afinal o tempo dado pra isso foi de 5 dias . . . . . Você conhece alguém disponível ????? . . . . eu não . . . . . .

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome