fbpx
Início Economia

Economia

Mundo pós pandemia: Ricos mais ricos e pobres mais pobres

Relatório internacional lançado pela Oxfam mostra os números da desigualdade com a pandemia do Coronavírus.

Virtu ou Fortuna: Sorte do Berço e Grande Fortuna, por Fernando Nogueira da Costa

Há um problema incompreendido pelos defensores do IGF: Imposto sobre Grandes Fortunas. A avaliação de capital não representa, realmente, um ganho de capital até a venda do ativo, isto é, a forma de manutenção de riqueza. Antes, é um valor fictício.

O IPCA-15 mostra o impacto das exportações no custo de vida

No acumulado, desde fevereiro do ano passado, as maiores altas foram Alimentação e Bebidas (14,04%), Artigos de Residência (6,14%) e Habitação (4,74%).

Ao vivo: Fórum Social Mundial 2021 discute “outro mundo possível”

O FSM 2021 está reunindo lideranças internacionais, grandes nomes dos movimentos sociais, cultura, intelectuais, uma alternativa ao Fórum Econômico de Davos

Na pandemia cresce 35% a contratação de trabalhador sem direitos

Somente em 2020 foram mais de 2 milhões de contratações temporárias – um aumento de 34,8% em relação a 2019. Para economista da Unicamp, Marilane Teixeira, legislação faz trabalhador perder ainda mais

Bolsonaro entra finalmente no seu inferno astral, por Luis Nassif

A soma de crise econômica, fracasso da política de saúde, incapacidade de conduzir as tais reformas chegaram, finalmente, ao centro da questão: a governabilidade. Daqui para frente, Bolsonaro terá que conviver com pressões continuadas e perda de apoio.

Porque cada dia surge mais inícios que a inflação retornará apesar da estagnação, por...

Também temos que notar que os operários do primeiro mundo estão sofrendo a mesma pressão, então teremos uma luta entre os pobres e miseráveis. 

Nota do Cofecon – Políticas de desenvolvimento para o Brasil

O desenvolvimento sustentável e inclusivo requer uma série de estratégias

Nossos dramas atuais – economia travada, crise sanitária, impeachment de Bolsonaro, por Paulo Nogueira...

A recuperação expressiva de uma economia, especialmente em condições como as atuais, requer a iniciativa e a coordenação do Estado. É exatamente o que nos falta de forma gritante.

Fórum Social Mundial começa neste sábado, com abertura do ex-presidente Lula

Intitulado "Qual o mundo que queremos hoje e amanhã? – Não é o mundo de Davos!", o primeiro debate de abertura do encontro terá a participação do ex-presidente Lula

Bolsonaro diz que esse ano deve ter reforma tributária, em live

Em sua tradicional live de quinta, o presidente também criticou o "ativismo ambiental" e disse que não deve vender terras brasileiras a estrangeiros

A falência do atual modelo de PPPs no setor público, por Luis Nassif

No caso das Organizações Sociais, houve experiências bem sucedidas, mas apenas quando o parceiro eram hospitais conceituados, como o Sirio Libanes e o Alberto Einstein. Na maioria dos casos, eram de grupos politicamente ligadas ao governante de plantão.

Vai-se a Ford, vai-se o fordismo, por Thiago Antônio de Oliveira Sá

Ao que parece, para o desenvolvimento industrial não bastam isenções fiscais e um dos maiores mercados do mundo; é preciso sonegação e trabalho precário, sub-remunerado e desprotegido.

As origens do republicanismo antipopular e os impasses do presente

A desarticulação federativa no combate à pandemia e as disputas políticas que miram 2022 são claras.

O Brasil dos 3 patetas não tem maneira de dar certo, por Luis Nassif

Os grandes jogadores atuam com outra lógica. Primeiro, estimam o cenário de médio prazo. Depois, traçam uma linha entre o presente e o futuro. E vão acompanhando o mercado.

2020: O ano que nunca termina, por Paulo Kliass

Na condição de Presidente da República, caberia a ele tomar as iniciativas para minorar os efeitos do desastre. No entanto, para espanto geral, ele fez exatamente o contrário do que deveria.

Bolsonaro perde 3 apoios internacionais: Trump, a máfia de Las Vegas e das armas

As maluquices diplomáticas dos Bolsonaro, como transferir a embaixada brasileira de Israel para Jerusalem, foram influência direta de Adelson, ele próprio financiando a mudança da embaixada americana para lá.

Aberta a temporada de discussão sobre o impeachment, por Luis Nassif

Até o final do mês a abertura ou não do processo de impeachment dependerá da vontade de Rodrigo Maia. A probabilidade maior é que não abra. Abrindo, o impeachment tem mais chances de ser bem sucedido

Menor investimento em 15 anos em infraestrutura vai piorar crise econômica

Para especialistas, o orçamento de 2021 do governo Bolsonaro que corta investimentos em infraestrutura, privilegiando os militares, piora a economia e não abre vagas de empregos

Brasil perde R$ 3 bi em arrecadação e 119 mil empregos com fim da...

Análise do Dieese mostra que o Brasil deve perder R$ 3 bilhões ao ano e 119 mil postos de trabalho diretos e indiretos com o fechamento das três unidades da montadora norte-americana

Mais comentados

Últimas notícias