Um balanço das exportações de produtos agrícolas, por Luís Nassif

O que chama a atenção é que os 5 produtos de maior exportação são meros processamentos de matérias primas.

Uma comparação do volume de exportações de produtos agrícolas nos últimos 12 meses, em relação ao mesmo período do ano passado, apresenta alguns dados curiosos. No total, houve aumento de US$ 521,9 milhões nos valores exportados. Mas dos 19 produtos de maior volume, houve crescimento de vendas em 10 e queda em 9.

Quando se compara com o acumulado até maio de 2014. 13 registraram alta e 6 queda. Mas, no período, as exportações agrícolas aumentaram US$ 39,2 bilhões.

.

Em relação à Indústria de Transformação, houve uma queda de US$ 25 milhões em relação ao acumulado do ano passado e uma alta de US$ 54,7 milhões em relação a 2014.

O que chama a atenção é que os 5 produtos de maior exportação são meros processamentos de matérias primas.

Leia também:

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. O Brasil não exporta apenas grãos, carne e minérios, Nassif. Nosso país exporta a água incorporada nos alimentos. Isso explica o fato da aridez estar se expandindo rapidamente. Em São Paulo, quando eu era criança, plantação irrigada era coisa rara. Atualmente, sem irrigação os paulistas não colhem nada ou colhem muito pouco. O norte da África foi um celeiro do Império Romano, mas a agricultura intensiva e a exportação de água causou desertificação de regiões próximas à costa que no seculo I dC eram altamente produtivas. Essa é uma maldição que o Brasil está alimentando ao se rebaixar à condição de celeiro da China. Em 50 ou 100 anos, imensas extensões de terras nas regiões centro-oeste
    sul e sudeste que hoje são agricultáveis se tornarão secas demais para sustentar a atividade agrícola. Quem quiser ver o futuro do Brasil basta ver o que está ocorrendo na Índia. A mudança climática é um fator a mais de complicação. Se continuar escravo dos agroboys do ogronegócio nosso país vai secar e morrer e quando isso acontecer o que os ricos farão? Mudarão para a Europa?

    1. Falou tudo Fábio; por isto as Práticas das Queimadas e Desmatamentos para manter a Produção e Sabotagens a Governos Minimamente Ambiebtalista e ainda tem os que são contra as distribuição de Rendas Mininas,como declarações das Vinícolas,acostumados às Mão de Obras Barata e Serviços Análogos e alegam que o Bolsa Família Interfere e Encarece a MO.
      Qto aos Escravagistas irem Investir e Fastar no Extetior, já acontece e é a Razão de Toda Guerra de Classes.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador