Gilmar vota contra prisão de Paulo Preto atacando o “modelo da República de Curitiba”

Foto: Agência Senado
 
 
Jornal GGN – Para não perpetuar o “modelo da República de Curitiba”, que alonga prisões preventivas com o intuito de obter delações premiadas e gerar mais ações penais, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes votou, nesta terça (3), contra a prisão de Paulo Vieira Souza – conhecido como Paulo Preto – por corrupção na Dersa. 
 
Paulo Preto e sua filha Tatiana Arana foram colocados em liberdade no dia 30 de maio, após a segunda turma conceder um habeas corpus em caráter liminar. Agora o mérito do recurso entrou em discussão, mas a sessão no Supremo foi suspensa por pedido de vista do ministro Ricardo Lewandowski. O placar, até o momento, está empatado em 2 a 2.
 
O ex-diretor da Dersa é acusado de desvio de recursos que somam R$ 7,7 milhões, entre 2009 e 2011 (governos José Serra e Geraldo Alckmin). O Ministério Público alega que Paulo Preto deve permanecer preso para não atrapalhar as investigações. Ao juiz da causa, o MP informou que testemunhas foram ameaçadas.
 
Gilmar sustentou, segundo relatos do Estadão, que as testemunhas de acusação já foram ouvidas, “não cabendo mais a alegação de que seria necessária a segregação do ex-diretor da Dersa para a “conveniência” da instrução criminal (fase de coleta de provas) do processo.”
 
“A discussão aqui é sobre um adequado ou inadequado apagão civilizatório e a essa altura já temos experiências ruins com o instituto da prisão preventiva, especialmente essa alongada, e seu consórcio com a colaboração ou delação premiada. Não podemos tornar a prisão preventiva uma prisão alongada, como é o modelo da República de Curitiba”, criticou Gilmar.
 
Dias Toffoli acompanhou o entendimento de Gilmar. Votaram contra a concessão do HC os ministros Edson Fachin e Celso de Mello.
 
“A mim me parece que os fundamentos que dão suporte do ato (de prisão) podem justificar e conferir legitimidade à decretação da prisão cautelar de que aqui se valeu o Estado”, avaliou Celso de Mello.
 
Não há previsão de quando a discussão será retomada, acrescentou o jornal.
 

11 comentários

  1. Inegável o perfil garantista

    Inegável o perfil garantista do ministro Gilmar Mendes. Se a questão envolver o PSDB(tucanato) aí estaremos falando de uma hiper super mega garantista. 

    Nesses momentos sempre me vem a cabeça os presos do PT; em especial o Vaccari. Nunca recebeu condescendência de ninguém. Depois de quase dois anos de preventiva passou direto para o cumprimento da pena. Isso sem dá um pio e acusar quem quer que seja. 

    Um dia, num futuro talvez nem tão distante, saibamos o que efetivamente sofreu e entendermos o porquê de tanto ascetismo. Tenho absoluta certeza que, se quisesse, já estaria em casa como a maioria dos delatores desse crime chamado Lava a Jato. Bastaria  arguir qualquer mal feito e pronunciar a palavra “mágica”, o abre-te sésamo, “Lula”. 

    Vaccari não pode ser abstraído dessa saga.

  2. Juntando todos ministros do

    Juntando todos ministros do STF nomeados pelo PT, não dão meio Gilmar Mendes.

    O PT só nomeou frouxos, covardes e traidores.

  3. CONHECEIS A VERDADE. E A VERDADE VOS LIBERTARÁ

    Espetacular este Brasil de 2018. Paulo Preto presta ‘eficientes e excelentes serviços’ ao Tucanato desde a época de Mario Covas. Lembramos-nos de grandes peripércias de CDHU. Lembramos das greves consecutivas nos primeiros anos de Mario Covas e a PM do tal, baixando o cacete nas “Professorinhas”. Estas mesmas que só tinham ódio por Paulo Maluf. Apanhar por mando de Covas era tão progressista, não é mesmo? E a PM do ‘Socialista’  desalojando aqueles vagabundos do futuro MTST. Matar uns 3 ou 4 então não era nada. Afinal, Mario Covas !!!! Voltemos ao ano de 1979, nos Aeroportos Anistiados e perguntemos : QUE BRASIL VOCÊ QUER NO FUTURO? Futuro sem Maluf, com “Honestos e Socialistas” Mario Covas, Brizola, Serra, Alckmin, Lula, Dirceu, Suplicy, Marta, Erundina, Montoro, Ulisses, Benedita, Collares, Dutra, Genro, Cabral, Pires, Amazonas, … E o FUTURO construído por esta gente CHEGOU !!!! Parabéns pela Maravilha que construiram. Mas dirão os Fanáticos Fundamentalistas: a culpa não é de Paulo Preto, nem Casagrande, nem Serra, nem suas Filhas. A culpa é do Governo Militar !!!! O Brasil é de muito fácil explicação. Parabéns. 

  4. Gilmar Mendes advogando em
    Gilmar Mendes advogando em causa própria.

    Não boa, perdeu a graça, e não surpreende mais o que ele faz pelo tucanos. Estando certos ou errados.

    Virou rotina no STF, coisa corriqueira.

  5. Nossas Instituições não são

    Nossas Instituições não são dadas ao republicanismo, e saber que, quando fora do poder, essa direita vagabunda exige, da esquerda, repbulicanismo…. esses #CaoDeRico cumprem esse papel de capitães do mato dessa casta sovina e corrupta que não deixa o pais avançar; quando começamos despontar como pais, vem o golpe

  6. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome