Glenn Greenwald: Arquivar denúncia é insuficiente para proteger liberdade de imprensa

"Continuaremos com as reportagens e também iremos ao Supremo Tribunal para uma decisão ainda mais forte"

Jornal GGN – O jornalista Glenn Greenwald respondeu ao arquivamento da denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra ele, acusado de hackear as mensagens da chamada VazaJato, que envolveram o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol.

“Essa decisão, embora boa, é insuficiente como proteção à liberdade de imprensa. Continuaremos com as reportagens e também iremos ao Supremo Tribunal para uma decisão ainda mais forte”, afirmou.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Sergio Moro aponta ligação de Carlos Bolsonaro com ‘gabinete do ódio’

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome