Helena Chagas: Não há garantia de que o STF que absolveu Gleisi vai soltar Lula

Jornal GGN – A jornalista Helena Chagas divulgou artigo em Os Divergentes avaliando que, embora a absolvição de Gleisi Hoffmann no Supremo Tribunal Federal tenha despertado esperança nos petistas e entusiastas da liberdade de Lula, nada garante, contudo, que a Corte vai tirar o ex-presidente da prisão no julgamento do próximo dia 26.

“Não há qualquer garantia, contudo, de que, na semana que vem, a mesma Segunda Turma acolherá o recurso de Lula pedindo a suspensão de sua prisão. Há quem diga até que, com o jogo de cintura de quem dá uma no cravo, outra na ferradura, os ministros teriam absolvido Gleisi para manter Lula preso sem a acusação de estar perseguindo o PT…”, escreveu Chagas.

Na noite de terça passada, os deputados Paulo Pimenta e Wadih Damous fizeram uma transmissão ao vivo nas redes sociais para comentar o julgamento de Gleisi. Por unanimidade, os cinco ministros da segunda turma do STF entenderam que delações sem provas não podem atestar a ocorrência de lavagem de dinheiro e corrupção passiva apontada na denúncia do Ministério Público.

Chagas aponta que, não só para o PT, mas para vários políticos e empresários processados na Lava Jato, a decisão do STF foi um alento, pois significa que há chance de reversar sentenças de primeira instância, principalmente as que saem da Vara de Sergio Moro, pois lá o juiz não é tão rigoroso quanto à necessidade de provas cabais para corroborar as delações.

Leia também:  O ‘Supremo’ e a repercussão geral: menos democracia no planejamento e no controle social! Por Marcelo Arno Nerling 

Na próxima terça (26), a segunda turma do STF vai julgar um recurso apresentado pela defesa de Lula para suspender a pena do ex-presidente enquanto o caso triplex não é concluído nas últimas instâncias. 

Leia o artigo aqui.

6 comentários

  1. Há garantia constitucional para o Lula ser solto pelo $TF

    A prisão do Lula não é processual, ela é uma prisão penal. Mas prisão penal, de acordo com a constituição, só deve ocorrer após o trânsito em julgado de sentença penal condenatória, o que não é o caso da prisão do Lula. Lula é presumidamente inocente, portanto, a sua prisão só deveria perdurar se sua natureza fosse processual.

    O que não há é garantia de que o $TF não vá violar a Constituição, tal qual fizeram o $érgio Moro e o TRF-4.

    Helena Chagas finge que é do lado do estado de direito mas puxa a brasa para a sardinha daqueles tribufús que estão implantando, na cara dura, o estado de exceção.

  2. Na turma o voto determinante
    Na turma o voto determinante seria o de Gilmar Mendes. Não vai rolar no caso de Lula. Tolos os de boa-fé que imaginam que Gilmar poderia votar de forma “garantista” podem se decepcionar.
    O histórico fala mais alto. A armação de Gilmar na reunião com Jobim e Lula é esclarecedora e aponta para o viés anti-pt, anti-Lula.

    • Para quem tem alguma dúvida do anti-petismo do Gilmar Dantas

      Olha o que o Gilmar Bunda falou em 2016:

      “O Proer, graças a uma ação promovida contra Pedro Parente, Pedro Malan e José Serra, foi condenado, porque deu prejuízo ao país, em uma ação incentivada pelo “lulopetismo”. Essas pessoas estariam inelegíveis hoje. O Proer é um escândalo. Uma ação que salvou o país, agora aparecem palpiteiros politizados que manejam essa ação de maneira intencional. E aí as pessoas ficam expostas à essa sanha de quem não entende nada de política pública, que não sabem nada do que se está fazendo e aí e saem a palpitar. Ou seja, gente do melhor quilate, como Serra, Malan e Pedro Parente, está submetida à ação de improbidade até hoje, ENQUANTO ESSES LADRAVAZES ESTÃO SOLTOS”.- Gilmar Dantas, Ministro do $TF.

      Gilmar Dantas, o fiel da balança, vai violar a garantia constitucional que impede a prisão penal antes do trânsito em julgado de sentença penal condenatória.

  3. Pois é, Sra. Helena!

    Caso isso aconteça, mais uma vez os ministros estarão dispensando a chance de resgatar a credibilidade que aos poucos foi se esvaindo!!!  E permanecerá o obscurantismo que vislumbramos há anos ao constatarmos as injustiças e parcialidades de seus julgamentos!  E, lamentável o endosso que fazem às decisões de um juiz de primeira instância!  Decisões que são suspeitas e denotam perseguição somente a alguns…  Enquanto isso…      

  4. A batata do Moro ainda não assou…

    meus amigos não se enganem, o Lula não sairá assim tão rápido

    vao achar algum tecnicismo para mantê-lo lá preso…

    não se trata de algo técnico, juridico  (se fosse ele não teria nem sido preso, alias o processo nem existiria)

    mas de uma prisão política

    e a prisão política só será desfeita quando os fatos da politica mudarem

    e eles não mudaram ainda…

    e não estou falando em eleições, uma nova eleição NAO garante a liberdade ai Lula

    a depender de quem ganhe, os outros processos contra o Lula serão julgados e ele será DE NOVO condenado

    e mantido preso pelo resto dos seus dias…

    quando o Lula finalmente SE RENDER, e o PT ficar mansinho, ele provavelmente ganha a prisão domiciliar…

    mais aí complica, porque o LULA decidiu por NÃO se render, foi decisãp dele, pessoal dele

    então, novamente, as condições políticas precisam mudar

    a batata do Moro e dos procuradores de Curitiba precisa assar…

     

     

     

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome