O julgamento de Gilmar está nas mãos de Marco Aurélio

Marco Aurélio Mello. Foto: Carlos Humberto/SCO/STF
Marco Aurélio Mello. Foto: Carlos Humberto/SCO/STF

Quando se sai dos holofotes da mídia e do fragor da batalha política, há relativo consenso entre juristas – mesmo os ditos progressistas – que a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) foi tecnicamente correta. Aliás, o erro foi prolongar a denúncia por tanto tempo, visando pegar Dilma Rousseff.

O artífice desse jogo desmoralizante foi, como sempre, o Ministro Gilmar Mendes, que inaugurou o terceiro turno, mal terminadas as eleições de 2014. Tornou-se relator da denúncia do candidato derrotado Aécio Neves, em uma manobra denunciada à época pelo GGN, expondo os modos viciados de sorteios dos tribunais.

Aqui no GGN denunciamos desde o primeiro momento as tentativas de Gilmar. E mereci de Gilmar, no voto final, quando precisou aprovar as contas por não ter conseguido maioria para cassar a chapa, ataques covardes, porque dito em um local públicos, conspurcando o TSE e sem risco de resposta por parte do atacado.

A maior ilegalidade da etapa atual do julgamento foi o comportamento de Gilmar, atacando de forma vergonhoso seus pares, dando ordens como um coronel rural ao representante do Ministério Público Federal, procurando achincalhar o relator, em desvio completo das normas de urbanidade.

Não apenas isso. Os contatos de Gilmar com Michel Temer afrontaram qualquer código de ética da magistratura, por mais elástico que seja: carona no avião presidencial a Portugal, visitas noturnas ao Palácio Jaburu para trocas de impressões políticas. E, depois de tudo isso, deu o voto de Minerva.

Mais que isso, o fato de ter acatado de pronto as denúncias de Aécio Neves, ter deixado o caso caminhar, pressionado técnicos do TSE para que criminalizassem até a maneira de classificar máquinas de picar papel. E, depois, voltar atrás da ação que ele mesmo alimentou.

Louve-se o comportamento do Ministro Admar Gonzaga – alvo de um pedido de suspeição do representante do MPF, provavelmente por falta de coragem de pedir a suspeição de Gilmar. Na primeira fase do julgamento, Admar foi um batalhador intimorato contra os abusos e ilegalidades de Gilmar. No julgamento de agora, foi o Ministro que garantiu que a chapa seria julgada em conjunto. Com isso, impediu que Gilmar consumasse sua intenção, de livrar Temer e cassar os direitos de Dilma Rousseff.

Esse comportamento indecente de Gilmar traz à tona o pedido de impeachment, formulado por um grupo de juristas. O julgamento se dá no Senado. Lá, o caso foi embaçado pelo senador Renan Calheiros. Os juristas entraram com um mandado de segurança no Supremo, contra a decisão de Renan. O mandado está com o Ministro Marco Aurélio de Mello, o mais independente dos ministros da corte.

Não se trata de julgar um colega. Apenas o de permitir que o Senado o julgue.

Espera-se que Mello esteja à altura da sua própria história e libere esse julgamento. Há que se ter alguém na República que coloque um paradeiro à maneira afrontosa com que Gilmar humilha as instituições, com sua arrogância ilimitada.

46 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1.  
    Pouca gente notou , mas

     

    Pouca gente notou , mas após o julgamento de sexta, com a sessão já encerrada, Gilmar fez um discurso de conciliação e agradecimentos, como se tivesse acabado de se eleger presidente da República.

    1. E presidente, de fato, é ele, GM E há mais de um ano

      Caro Pedro Rinck,

      Se você lê meus comentários já deve ter observado que há mais de um ano afirmo que Gilmar Mendes é o homem mais poderoso do Brasil, o que de fato manda nessa choldra ignóbil em que nosso País foi transformado, após o golpe midiático-policial-judicial-parlamentar.

      Em comentários recentes, em consonância com as denúncias feitas pelo GGN e relatadas neste artigo do Luís Nassif, mostrei que sem GM não haveria AIME, AIJE ou qualquer processo no TSE, questionando a campanha e a chapa vencedora da eleição presidencial de 2014. GM foi autor do Plano B do golpe, que seria levado avante caso o golpeachment não tivesse propsperado no Senado. Foi GM quem ‘pariu esse Mateus’ e teve o ônus de embalá-lo. Qualquer desgaste moral ou de reoputação não importam para GM, que se lixa para essas coisas. Michel Temer e a camarilha que o acompanha continuam reféns de GM, tendo de implantar o programa neoliberal, privatista e entreguista do PSDB.

  2. Acho difícil alguém conseguir

    Acho difícil alguém conseguir colocar um freio em gilmar mendes. Trago à memória as falas (destemperadas, diga-se de passagem) de joaquim barbosa, quando dos embates nas sessões do STF. Referia-se a ele como se fosse um escravocrata. E de lá para cá, jb foi para o exterior, gm continua por aqui ditando o que deve ser feito na colônia. 

  3. Armagedon

    Antes disso, nestes tempos de vaca não reconhecer o seu bezerro, torço pelo embate GxG.

    Globo x Gilmar.

    A poderosa sendo vista como patrocinadora da tentativa de derrubado do Gilmar e este abrindo o bocão para denunciar as falcatruas da platinada.

    Gilmar poderia fazer este favor à nação e, neste embate, dar um abraço de morte na calaleira do apocalipse.

    ” Não restará pedra sobre pedra ….”

  4. Deus……

    Te ouça, de qualquer religião, das politeistas as do “Deus unico”………não é possivel, individuo tão parcial(Gilmar) “estar” no papel de juiz…….tamanha e tão descarada contradição, não é digna de um pais que apenas almeja a ser uma nação civilizada……MAM se acredita numa solução minimamente civilizada e civilizatoria ,e se realmente cree no papel do STF(em maiuscula neste caso) como guadião da constituição, deve esquecer o “corporativismo” e fazer o justo e o nobre……..a Historia tem os olhos voltados em sua direção , nobre ministro Marco Aurélio Mello…..ou como diz a pleble…….a bola é tua…….eu tenho confiança no senhor…….

  5. Uma ressalva: a deslealdade

    Uma ressalva: a deslealdade processual do PGE ao arguir naquele momento a suspeição de Admar Gonzaga e, de pronto, rechaçada pela unânimidade dos Ministros julgadores.

    No mais, correto o texto do Nassif. 

  6. Candidatíssimo

    Candidatíssimo para a eleição indireta,esse Gilmar Mendaz..

    É de um cara de pau desses que o centrão e o antipetismo precisam para estancar essa porra e tocar em frenta a agenda antissocial de entrega geral.

    Ele sabe bem disso e sabe que o bloco reacionário também sabe.

  7. Parabéns Nassif, jornalismo é

    Parabéns Nassif, jornalismo é isso. Não acredito que Marco Aurélio libere esse julgamento, o corporativismo é mais forte. Gilmar Mendes é um fantasma da ditadura, que permanece aterrorizando a democracia. As oligarquias alimentam esse fantasma e seu exército de zumbis. A plutocracia estúpida e cruel não abirá mão de seu poder e o país viverá um longo período de instabilidade e exceção. 

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  8. $TF pagou até passagens para Gilmar visitar sua filha em Berlim

    No site abaixo, o Gilmar Mendes afirma que não usou o jatinho do Carlinhos Cachoeira para ir visitar sua filha que mora em Berlim, pois tal visita foi paga pelo $TF.

    Sim mas de depender do Marco Aurélio, veja a posição do Ministro:

    “Ministro do $upremo , tendo uma cadeira que é uma cadeira vitalícia, não é passível de ser alvo de pressões e sugestões”.

    http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2012/05/gilmar-mendes-chama-de-bandido-quem-divulga-boatos-sobre-ele.html

  9. Não vai liberar.

    Os juizes morrem de medo do cangaceiro.

    a jovem Andrea Wonsoski foi assassinada e seu corpo encontrado somente 3 anos depois. 

     

  10. Qual é o quorum no senado?

    O risco que corremos é ver o senado chancelar as atitudes desse malandro, especialmente se o quorum for dois terço para cassação.

    De qualquer forma é mais uma oportunidade de desmoralização, mais uma, do senado.

    O MAM não tem nada a perder, liberando o senado para se desmoralizar, deixando o Gilmar livre leve e solto para continuar tripuadiando sobre todos nós. 

  11. Como assim, Excelência ??

    Ouvir Gilmar Mendes vociferar por causa de uma “tentativa de golpe na calada noite contra o presidente Michel Temer” não foi só desfaçatez. Não sei nem como adjetivar o pronunciamento de “sua excelência” . Se alguém souber, me socorra.

  12. Não vai…

    O ministro Marco Aurélio e o mais independente e quem menos teme Gilmar Mendes , mas não vejo possibilidade dele ir contra um de seus pares.

  13. Pobre marco Aurélio, mandou

    Pobre marco Aurélio, mandou que o congresso desse início ao impedimento do Golpista e até hoje ninguém foi indicado para dar início ao mesmo. O Congresso tá c… e andando para o Judiciário.

  14. Marco Aurélio de Mello? De

    Marco Aurélio de Mello? De onde menos se espera é daí que não sai nada mesmo, pode esperar sentado Nassif.

  15. O problema não é esse

    O problema não é esse ministro,

     

    o problema é um PAÌS INTEIRO!!! se sujeitar aos despautérios e ambições tresloucadas de pessoas sabidamente despreparadas, esse é o problema……….

  16. Um texto para entrar para
    Um texto para entrar para História e se somar a tantos outros, da mesma lavra, para uma compreensão isenta dos fatos presentes que a grande e velha mídia, covardemente, sonega ao público.

  17. Se o ministro Marco Aurélio

    Se o ministro Marco Aurélio tiver a coragem – o que acho improvável – de fazer o que há tempos deveria ser feito, talvez o Supremo recuperasse pelo menos parte da sua credibilidade. Se há limites para tudo, o concernente aos excessos do ministro Gilmar Mendes de há muito foram ultrapassados. 

    Sob todos os ângulos, como bem explicita o texto, variou de patética a vergonhosa a participação desse magistrado nesse malsinado julgamento da chapa Dilma-Temer. Os esbirros de prepotência em certos momentos feriram até mesmo as rasas normas de civilidade que devem coexistir entre pessoas comuns. Se o ambiente é de austeridade e respeito,como é o caso de uma Corte de Justiça, aí mesmo é que se requisita austeridade e cordialidade. 

    Acredito que até aos mais desligados não passou desapercebido o dedo sempre em riste, a cara de zangada e a voz alterada do ministro num completo desrespeito aos pares. “Belo” exemplo deu aos prováveis estagiários de Direito que certamente estavam presentes para aprender as práticas e ritos do ofício. Só que Gilmar Mendes deu mesmo foi uma contra-aula. Com didatismo ímpar mostrou como NÃO deve se portar um dignatário da Justiça. 

    O ministro Gilmar Mendes se tornou um estorvo para o Judiciário brasileiro. 
     

     

     

  18. Se tiver coragem, vai se

    Se tiver coragem, vai se queimar à toa. No senado ele será inocentado pois ele é/será a salvação de muitos senadores, inclusive do Aécio, que no STF tirará de letra todos os processos que responde.

  19. Tirar o Gilmar significaria apenas que…

    … Temer teria outro ministro do STF a indicar.

    Alexandre de Moraes pra baixo. Vale a pena? Pelo menos o Gilmau a gente já conhece…rsrs

  20. Coragem, Marco Aurélio

     

    Nas intermináveis ondas de vexames e de truculências desde o inacreditável escandaloso Mensalão, está em mãos do Ministro Marco Aurélio de Mello, mostrar ao povo daqui e de fora, que nem tudo está definitivamente perdido no âmbito de nossa velha manjada Justiça.

  21. A metralhadora giratória do fascismo

    Gilmar Mendes humilha não só as instituições, como continuamente também os próprios ministros que ficam em sua mira.

    Por diversas vezes ele alcunhou depreciativamente Marco Aurélio de Mello, chamando-o de ignorante e afins.

  22. O Senado jamais vai derrubar
    O Senado jamais vai derrubar o ministro anti lava jato. Ademais, com um Temer na presidencia, se Gilmar cair seria substituido por algo ainda pior. Sim, acreditem, é possível um ministro pior que o inominável. Vide o exemplo do ministro Kojak, criatura do Temer. Nunca diga que as coisas não podem piorar.

  23. Aquela de chamar os ministros
    Aquela de chamar os ministros de América pisca pisca do Monteiro Lobato foi antológica. A Rosa Weber ficou toda doída.
    Eu gostei também da escarrada que ele deu nos procuradores achacadores das delações torturadas da farsa a jato. Só ele Gilmar pra chamar esses caras de criminosos.

    Infelizmente Gilmar tem lado, mas ali é o único que teve peito nessa pocilga chamada judiciário pra enquadrar essa corja do estado policial. Por mais abusos que ele cometa, tem que se reconhecer isso.

    1. Nassif, você tambem tem lado
      Nassif, você tambem tem lado nessa história. É óbvio que houve abuso de poder político e econômico pela chapa vencedora, e as explicações do ministro Gilmar foram as mais correntes. Partindo desse seu raciocino, só escapam da cassação, o Celso, a Rosa e a Carmem Lúcia.

    2. Tb gostei do passa moleque no

      Tb gostei do passa moleque no vice-procurador.

      E, sim. O que mais temos visto, ultimamente, é um bando de Américos Pisca Pisca  em tudo qto é lugar mas o, parecem ser ninho deles. o Judiciário só entra pra fechar ou não com a palhaçada, de acordo com os interesses do juiz.

      No FB tão dizendo ( adoro isso) que o relator queria cassar a chapa pq é parente do Rodrigo Maia que tá na lista dos golpistas pra assumir como indireto. 

       

  24. Gilmar q foi indicação de FHC
    Gilmar q foi indicação de FHC bate de dez
    a zero as indicações de Dilma e Lula,sem
    falar o herdeiro dele o tal de Alexandre de
    Moraes !!

    1. Colocar Marcola e Angélica

      Colocar Marcola e Angélica pra assaltar um banco e ficar comparando os desempenhos não ajuda muito.  Desse jeito, vamos acabar enfraquecendo, por desestímulo, o que ainda presta nas instituições. O país foi tomado por um grupo de narcotraficantes e, TODOS estamos reféns não só ministros do STF. QQ um que queira dar uma de herói vai se ferrar. Agir, isoladamente contra uma organização criminosa é suicídio. A lutas nas ruas, pode, no máximo,tirar o Temer, o mais merda do bando. o resto todo fica aonde está.

      É verdade que o STF é que abriu as portas da frente para esse grupo, qdo ajoelhou pro MPF ( talvez lá já tivessem reféns mas, atitudes isoladas, nos fazem crer que havia possibilidade de resistência, ainda naquela época.  Mas tb é verdade que hoje muitos estão tão encurralados qto todo mundo e, pior, além de pressionados pela quadrilha são pressionados pela sociedade. #TáPuxado!

  25. CARTOMANTE
    O juiz Sergio Moro estava muito preocupado com o futuro da LavaJato e procura as previsões futuristas de uma cartomante. Qual o meu futuro? Cartomante diz: “no futuro próximo serás o clone de Gilmar Mendes”.

  26. Marco Aurélio deveria fazer o

    Marco Aurélio deveria fazer o que se espera dele e liberar o julgamento de Gilmar Mendes pelo Senado.

    Mas quem tem coragem de fazer algo contra o Presidente De Facto da República?

    Talvez Marco Aurélio tenha.

    1. Talvez pelos holofotes e 15 min de fama

      Vaidoso como é, Marco Aurélio Mello pode até liberar esse julgamento. Mas  o risco dele ser mais uma vez desmoralizado é enorme. Ou alguém acha que os atuais senadores serão capazes de aprovar o impedimento de Gilmar Mendes? Da última vez que arriscou uma jogada midiática, pavônica e de populismo judicial – afastando o senador Renan Calheiros da presidência da casa legislativa  por meio de uma monocrática e inconstitucional decisão – MAM foi humilhado pelo pleno do STF. Nem mesmo os elogios hipócritas em forma de consolo, que alguns colegas de côrte lhe dirigiram, livraram o ‘alagoano’ do vexame.

  27. Um exemplo

    Para  mim o objetivo  do  Gilmar é ser  cada dia   mais   audacioso e  sem  NENHUM  compromisso ético/moral . 

    Ele   vai conseguir. Infelizmente

  28. O Supremo é uma corporação…

    O Supremo é uma corporação cujos integrantes se revelam por suas qualidades exclusivas que se exprimem em muitos defeitos e algumas virtudes, sendo ao cabo um por todos e todos por um, razão porque não vejo Marco Aurélio assumindo o papel de boi de piranha lançando seu confrade às chamas mesmo porque, se seus pares quizessem, de há muito já teriam dado a GM ser apenas ele e não a coorte como vem sendo

  29. “Né é por falar, não que eu

    “Né é por falar, não que eu num gosto de fofoca” MAS tá parecendo que o “sorteio eletrônico” tá enquizilado com o Min. MAM.  Todo elemento de alta periculosidade que, segundo lendas urbanas é de passar o cerol nos obstáculos, o “sorteio” despacha pro Min. MAM. Se eu fosse ele tirava o papelzinho com meu nome do saco. Fala sério…

  30. Um Supremo para chamar de meu

    Nesse fim de semana, conversando com gente da tal “nata da nata”, ouvi tantas bobagens sobre politica, Reformas, Judiciario, que pelas tantas parei de escutar a conversa e fiquei pensando em Caetano “Esse papo seu ta qualquer coisa…. Que eu ja estou para la de Marrakesh…”  O Brazil não conhece o Brasil. Até hoje é assim.

    Esse preâmbulo é para dizer que Marco Aurélio Mello, como todos os ministos, faz parte dessa crème de la créme e sabe bem da ignorância crassa dela e que é sempre mais facil fazer parte do status quo, que defender suas ideias. E até onde me lembre, existe também um pedido de impeachment no senado contra MAM… Logo…. Ja dizia Gil “Quem sabe de mim sou seu”.

    E vai saber o que se passa por tras da cortina vermelha do STF.

  31. Acho que MAM não possui

    Acho que MAM não possui Estatura Patriótica para legar à nação uma decisão dessa magnitude, especialmente contra o Coringa do psdb. Mas… se tal acontecer, aí estará uma grande oportunidade de baixar a crista do grande Membro-Desmoralizante do STF. 

  32. “ACORDÃO”: COMEÇA O FIM DA LAVA JATO

    “ACORDÃO”: COMEÇA O FIM DA LAVA JATO (“TOO BIG TO FAIL”, ESTÚPIDO!)

    Por Romulus & Núcleo Duro

    – A Medida Provisória que permite ao Banco Central celebrar acordos de leniência – secretos! – com os Bancos muda o jogo.

    – Esvazia sobremaneira o poder de chantagem da Força Tarefa da Lava a Jato – e de Palocci! – sobre o Mercado: a “bomba atômica” está em vias de virar uma…

    – … biribinha (!)

    – Esse fato – tomado isoladamente – é ruim para o PT. E para Lula (!)

    – Mas…

    – Sempre se pode contar com a estupidez dos Procuradores de Curitiba. Eles que – até agora! – ainda não entenderam que o Acordão é…

    – … I-NE-VI-TÁ-VEL!

    – Por quê?

    – Ora, “é o too big to fail, estúpido!”.

    – No caso, literalmente “estúpidos” M E S M O.

     

    LEIA MAIS »

     

  33. O inesperado pode nos fazer outra visita…

    As nossas instituições passam por seu pior momento.

    Esse fato ficou escancarado com o golpe contra Dilma!

    Um golpe feito para roubar o país e para fechar essa conta, quem pagará é o povo!

    Olhando para cena temos dois poderes da república – executivo e legislativo – apequenados por seus ocupantes, medrosos e acuados, pois são sabedores do que são – corruptos – pelo outros poderes – o judiciário e quarto poder: econômico/midiático, que de puros não têm nada – a posição aqui é apenas circunstância – é muito telhado de vidro!

    Mas, após a absolvição do Temer, algumas conclusões são possíveis!

    Não há uma linha de conduta ética dentro do mundo jurídico – há os que aceitam e há os que não aceitam – O certo é o certo e o errado é errado não funciona no judiciário, o que funciona são opiniões, pontos de vista!

    Não aceitaram as pedaladas da Dilma, mas fecham os olhos ao “mar de lama” que o Temer impôs ao país em nome da governabilidade!

    O executivo e o legislativo estão no mesmo lado da fronteira – claro de se ver após a união entre PMDB + PSDB.

    O quarto poder é mercantil e está no jogo para levar vantagem – disponível para quem der mais!

    A junção PMDB + PSDB só tem um sentido – virar o jogo na justiça – o terceiro poder – que não é coeso!

    É só “cutucar” uns 4 a 6 juizes que os incomodam e tchan! tchan! “acabaram-se os problemas”!

    O MP e a PF não darão nem mais um pio, não terão mais acesso a mídia!

    Pelo Brasil a fora cada juiz cuida de sua comarca e dane-se o resto…

    Vão ganhar no tapetão mais uma vez e quem sabe derrubar – ou amarrar – mais uma presidente mulher, só que a do STF!

    Por que o quarto poder, se compra com propaganda paga!

    Então o jogo, não é mais mostrar inocência é ganhar por debaixo dos panos!

    Quem no STF e mundo jurídico pode jogar a primeira pedra?

    A sujeira veio para ficar…

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador