Presidente do PL é preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo

Lourdes Nassif
Redatora-chefe no GGN
[email protected]

A arma em questão encontrada com Waldemar da Costa Neto estava registrada em nome de terceiro. Por isso a prisão em flagrante.

Reprodução Redes Sociais via RBA

Waldemar da Costa Neto, presidente do PL, foi preso em flagrante na Polícia Federal por parte ilegal de arma de fogo. A prisão ocorreu na manhã desta quinta-feira durante busca e apreensão que era alvo por tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado Democrático de Direito.

A arma em questão encontrada com Waldemar da Costa Neto estava registrada em nome de terceiro. Por isso a prisão em flagrante.

A Polícia Federal cumpre 30 mandados de busca e apreensão, 4 mandados de prisão preventiva e 48 medidas cautelares diversas da prisão, com entrega de passaportes, proibição de sair do país e de entrar em contato com os demais investigados, além da suspensão do exercício de funções públicas.

As medidas judiciais expedidas por Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, estão sendo cumpridas nos estados do Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Ceará, Espírito Santo, Paraná, Goiás e Distrito Federal.

Segundo as investigações, o grupo em questão atuava em duas frentes, uma espalhando fake news sobre fraude nas Eleições Presidenciais em 2022, antes do pleito, para poder legitimar uma intervenção militar, atuando como uma milícia digital.

A segunda frente praticava atos que davam suporte para a abolição do Estado Democrático de Direito, via golpe de Estado com apoio de militares com conhecimentos e táticas de forças especiais no ambiente político.

Os fatos investigados configuram, em tese, os crimes de organização criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito e golpe de Estado”, informou a PF, em nota.

Leia também:

Lourdes Nassif

Redatora-chefe no GGN

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador