Aliança pelo Brasil quer ‘qualificar’ direita bolsonarista

Partido criado por Jair Bolsonaro pretende dar curso com instituto fundado pelo deputado Eduardo Bolsonaro, e evitar ser um ‘novo PSL’

Partido de Jair Bolsonaro quer 'qualificar' bolsonaristas com curso em instituto fundado por Eduardo Bolsonaro (PSL - foto)

Jornal GGN – O Aliança pelo Brasil, partido fundado pelo presidente Jair Bolsonaro que ainda não obteve seu registro oficial, pretende ‘qualificar’ a direita bolsonarista com um curso elaborado em parceria com o Instituto Conservador Liberal (ICL), fundado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

A ideia de consolidação do pensamento da direita bolsonarista vai de encontro com o que é pregado por Olavo de Carvalho – que considera a eleição de Bolsonaro à Presidência algo “precipitado”, uma vez que os espaços intelectuais não foram conquistados por essa nova direita. Na visão do astrólogo, existe uma pretensa hegemonia de esquerda na intelectualidade brasileira, em especial nas universidades.

A programação do curso conta com aulas que abordam “noções mínimas de ética e filosofia na antiguidade e modernidade”, “valores e história do conservadorismo”, “como se comunicar com o seu público na internet” e “eleições, comportamento eleitoral e opinião pública”.

Segundo o jornal O Globo, o objetivo é alinhar os quadros do novo partido para evitar um “novo PSL” – segundo a ala bolsonarista, o partido de Luciano Bivar teria “infiltrados” sem alinhamento com o bolsonarismo.

 

Leia Também
O raciocínio plano de Magnolli, o Bolsonaro com notas de rodapé, por Luis Nassif
PSL deve derrubar Eduardo Bolsonaro do comando da Comissão de Relações Exteriores
Como o amigo dos Bolsonaro fez o BNDES deixar de ganhar R$ 4,7 bilhões
Eduardo Bolsonaro desmente aliado sobre dossiê contra antifascistas

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora