Bolsonaro “perdeu a batalha da comunicação” e reforma da Previdência é alterada na Câmara

Líderes de bancadas assinaram documento em que se comprometem a vetar propostas na reforma que prejudicam trabalhadores rurais, mais pobres e deficientes (BPC)

Jornal GGN – O governo Bolsonaro “perdeu a batalha da comunicação” em torno da reforma da Previdência. Foi assim que, nesta terça (26), o deputado Elmar Nascimento (DEM) anunciou à imprensa a decisão de alterar a proposta enviada à Câmara para remover itens que prejudicam a aposentadoria rural e que atacam a população idosa e carente assistida pelo BCP (Benefício de Prestação Continuada), entre outros pontos.

A decisão foi tomada após reunião de líderes de bancadas que representam um total de ao menos 278 votos na Câmara. São partidos de centro e centro-direita que assinam um manifesto contra a perda de direitos dos mais pobres, que seriam afetados pela reforma da previdência de Bolsonaro.

Outro ponto anunciado pelos parlamentares foi a retirada dos gatilhos que permitiram, no futuro, que mudanças na previdência fossem feitos pelos governos sem necessidade de ter a aprovação de 2/3 do Congresso, como acontece com a PEC.

Nas contas da Folha, com os 278 dos deputados representados no manifesto e os votos dos partidos de oposição ao governo, Bolsonaro deve assistir à alteração da proposta original de reforma da previdência.

Segundo o jornal, “os líderes negam que o ato desta terça seja uma retaliação ao governo, mas, nos bastidores, reconhecem que é uma reação às divergências entre o presidente Jair Bolsonaro e o Congresso, especialmente diante das críticas ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).”

As bancadas de oposição – PDT, PT, PCdoB, PSB, PSOL e Rede – anunciaram nesta terça que votarão contra a Previdência de Bolsonaro. Juntas, essas siglas têm 133 votos. Esses partidos tentarão derrubar a proposta na CCJ.

8 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

RANIERE SALUSTRIANO DIAS

- 2019-03-27 10:59:13

Se querem ser justos começa tirando tanto benefícios que esse congresso samisuga têm mais caro do mundo....

Jorgina Sodré

- 2019-03-27 10:42:48

Como saber o que é verdade ou mentira,até hoje não consegui auxílio para minha filha que tem autismo,já não acredito em mais nada.

PAULIRAM Gomes da silva

- 2019-03-26 23:06:39

Esse Paulo Guedes virou a cabeça do PResidente, prestem atenção BOLSONARO ta metendo os pés pelas mãos porque ta dando ouvidos ao PG Paulo GUedes vai ferrar os trabalhadores desse pais

Agnaldo Vinicius de Lima

- 2019-03-26 23:01:16

Vanessa , está torcendo para que a reforma passe, só para te explicar, política não é jogo de futebol. Independente se votou no Bozo ou não, deveria ser contra esta reforma que vai prejudicar milhões de trabalhadores.

Vanessa Muhlhausen soares

- 2019-03-26 20:51:43

Contada de forma errada a verdade nuca chegará aos leitores deste jornal.Viva bolsonaro!!!

Roberto torres

- 2019-03-26 20:40:42

Como sempre falta respeito com o povo, porque não começar com uma reforma política?

All

- 2019-03-26 19:31:30

26/03/2019. Guardem esta data. Em breve comemoraremos.

Atílio Dengo

- 2019-03-26 17:27:28

Hoje - 26/03/2019 - o governo bolsonaro acabou.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador