Centrão frustra Guedes após votação do Fundeb

Ministro da Economia mostrou frustração com negociação; propostas enviadas pelo Executivo foram praticamente ignoradas por deputados

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O centrão praticamente ignorou as propostas enviadas pelo Executivo na votação da PEC do Fundeb na Câmara dos Deputados, o que decepcionou tanto a equipe econômica como o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Desde o final de semana, Guedes tentou emplacar uma proposta em que parte dos recursos do fundo para a educação subsidiariam o Renda Brasil, programa nos moldes do Bolsa Família que o governo Bolsonaro está tentando estruturar. Contudo, ele foi avisado que a PEC do Fundeb está em debate há três anos, e existe consenso a respeito do conteúdo.

O líder do PP na Câmara, Arthur Lira (AL), trabalhou como articulador do governo e tentou adiar a votação por duas vezes, no colégio de líderes e através de um requerimento apresentado no dia da votação. Contudo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), colocou o assunto para votação.

Na votação, os deputados liderados por Lira indicaram que não comprariam a briga de Guedes por serem favoráveis ao projeto, que aumenta os recursos investidos por aluno no Brasil.

Segundo fontes consultadas pelo jornal O Globo, Paulo Guedes chegou a declarar que a ligação de Bolsonaro com Lira não adiantou de nada, uma vez que o governo não montou uma base aliada capaz de aprovar votações de interesse do governo.

Também se deve ter em vista a disputa pela presidência na Câmara ano que vem: enquanto Lira se aliou ao governo e vem comandando uma parte do centrão que se desligou de Maia, o atual presidente quer emplacar um sucessor aliado.

 

Leia também:  Guedes diz que se depender do governo, auxílio emergencial não será prorrogado

 

Leia Também
Governo Bolsonaro tenta se apoderar da aprovação do Fundeb
Novo Fundeb é aprovado na Câmara dos Deputados
Especialistas apontam mentiras de Bolsonaro sobre o Fundeb
Governo quer usar parte do Fundeb para financiar creches particulares

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome