Coronavírus: Doria lançará campanha neste domingo

Vacinação com a Coronavac será aberta no Hospital das Clínicas caso uso emergencial do medicamento seja liberado pela Anvisa

O Governador do Estado de São Paulo, João Doria. Foto: govesp/via fotospublicas.com

Jornal GGN – O governo de São Paulo deve realizar a primeira aplicação da Coronavac na tarde deste domingo (17/01) caso a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprove o uso emergencial do medicamento.

O governador João Doria (PSDB) estará presente durante a inoculação, que está programada para ocorrer no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Não se sabe quem será a primeira pessoa brasileira a ser medicada com a Coronavac, mas a especulação é que seria alguém do próprio hospital – os trabalhadores da área da saúde vão receber a vacina de forma prioritária, o que está dentro tanto a programação estadual como a federal de imunização.

Doria acompanha a reunião da Anvisa com uma série de médicos e especialistas de outros estados. Segundo o jornal Folha de São Paulo, ele fará um pronunciamento ao final da reunião e a vacinação ocorrerá depois, de cunho simbólico. A Secretaria de Saúde de São Paulo diz estar preparada para começar a campanha de vacinação já nesta segunda-feira.

 

Leia Também
GGN Covid: um mapa da disseminação da doença por várias regiões do país
Secretários de Saúde criticam gestão Pazuello/Bolsonaro
GGN Covid: São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul lideram altas
GGN Covid: Brasil tem 2,8% da população mundial e 9,8% dos casos
De olho em 2022, Doria mantém subsídio a setores privilegiados

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora