Delegada da PF tentou adiar operação contra aliados de Bolsonaro

Ela também esboçou preocupação com a demora da PF em analisar os dados, provocando um "risco desnecessário" para as vítimas

Reprodução/O Globo

Jornal GGN – A delegada da Polícia Federal Denisse Dias Rosas Ribeiro tentou prorrogar a fase ostensiva do inquérito dos atos antidemocráticos que tramita na Suprema Corte, argumentando que o volume de provas que seria gerado poderia prejudicar os trabalhos de investigação.

Segundo ela, as novas diligências – executadas contra blogueiros bolsonaristas no dia 16 de junho – provocariam “perda de energia” e tornariam a investigação “menos objetiva, menos transparente e mais onerosa”.

Ela também esboçou preocupação com eventual demora da PF em analisar todos os dados, provocando um “risco desnecessário” para as vítimas e para a “estabilidade das instituições.” As informações foram reveladas pelo jornal O Globo nesta sexta (19).

Leia mais:

Allan dos Santos diz que ouviu “desculpas em nome da PF” durante busca e apreensão

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Com hospitais em colapso, Líbano teme aumento de casos da Covid-19 em Beirute

7 comentários

  1. Agora que é cada um por si, pois o presidente está muito enrolado com os rolos familiares. Queiroz já passou a noite chorando, agora que estão atrás também da esposa. A globo até tira uma casquinha colocando na tela em matéria sobre o Queiroz e colocam o “Cadê a Marcia?”. Matéria diz que Queiroz tem chorado bastante.

    https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2020/06/19/queiroz-chorou-muito-no-presidio-dizem-agentes-ex-assessor-esta-isolado-em-cela-de-6-m.ghtml

  2. Enviesada a preocupação dela, as vítimas somos nós, o povo, os trabalhadores, as mulheres, os índios, os que são avacalhados por estes propagadores de mentiras e incitadores de violência, porra!

  3. Fiquei curiosa com relação às vítimas. Quem são as vítimas? seriam os investigados?

    Falo mais nada. Creio que, com essa, batemos no limite,né? Essa situação foi criada pra se arrastar até que os EEUU tenham uma ideia de como ficará o tabuleiro geopolítico depois da a morte anunciada do neoliberalismo ocidental que pretende atribuir sua morte à pandemia. Ou melhor, a morte já ocorreu mas o cadáver putrefato ainda aguarda para ser enterrado. Só depois do enterro é que o Brasil vai poder respirar. Até lá, o medo que a esquerda assuma e, volte a alinhar-se à China e Russia,vai manter o país nas mãos da milícia, colocada no poder por uma sequência de farsas que, mantém uma instituição nas mãos da outra. Hoje, a harmonia entre poderes é, apenas rabo preso. Ninguém pode acusar ninguém pq tava todo mundo junto
    Enquanto nossas instituições e milícias fazem teatro democrático, o número de casos de Covid bate 1 milhão e os mortos estão na casa dos 50 mil.
    Deve ter alguém faturando e se divertindo muito.

  4. O autor da carta para suspender a investigação contra os bolonaristas (Delegada Federal Denisse Dias Rosas Ribeiro) também é o autor da investigação contra Moraes. Parece um caso clássico de chantagem – será difícil para Moraes discutir com quem pode retomar a investigação ou publicar dados que comprometam Moraes.
    http://www.adpf.org.br/adpf/admin/painelcontrole/materia/materia_portal.wsp?tmp.edt.materia_codigo=8415&tit=Operacao-Acronimo-investiga-o-pagamento-de-R$-4-mi-ao-ministro-da#.Xu0t05ozaUl

  5. A polícia federal só estava interessada em monitorar constantemente o poder e manter o presidente sob controle (a ameaça de prisão como uma espada de Dâmocles).
    Nosso conselho aos políticos de esquerda:
    Jogue um jogo mais complicado – use o conflito de Bolsonaro com o STF e a PF no interesse público. Recupere o controle público da polícia federal e do judiciário! A polícia federal protege apenas sua influência e interesses, e não o estado de direito. Você verá isso em breve vendo operações da polícia federal contra governadores do nordeste e políticos de esquerda.
    http://worldanalytica.com/index.php/features/braziliya/item/307-kto-pravit-braziliej

      • Concordo. Eu acho que Moro é o melhor candidato da PF. Mas esse não é o candidato mais popular, portanto as taxas podem mudar. Qualquer candidato que esteja sob investigação é benéfico para a PF – isso permitirá o uso do fator chantagem para gerenciar o candidato.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome