MDB libera apoio à Lula no Nordeste

Partido não consegue combater força do ex-presidente junto a líderes regionais, e deixa Tebet sem palanque na região

Foto: Ricardo Stuckert

A senadora Simone Tebet (MDB) ficou sem palanque para sua campanha à Presidência da República no Nordeste, uma vez que tanto líderes históricos como pré-candidatos aos Estados fazem campanha aberta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo a coluna do jornalista Carlos Madeiro, no portal UOL, tanto a busca do ex-presidente por esse apoio como o aval nordestino pode ser explicado pela liderança petista em todas as pesquisas de intenções de voto na região Nordeste até o momento.

As costuras feitas pelo próprio Lula em suas viagens à região ajudam a explicar esse posicionamento: caciques regionais como Eunício Oliveira (CE), Garibaldi Alves (RN) e Renan Calheiros (AL) já se posicionam a favor do presidente.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente.

Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

Além disso, candidatos como Paulo Dantas (AL) e Veneziano (PB) já deixaram a terceira via e declararam que vão dar palanque a Lula na região, assim como o ex-governador de Alagoas Renan Filho, que vai disputar vaga no Senado Federal.

No Maranhão, Roseana Sarney (MDB) já declarou que a tendência do partido no Estado é apoiar a reeleição do governador Carlos Brandão (PSB), que terá o ex-governador Flávio Dino (rival histórico dos Sarney) na chapa para o Senado.

No Rio Grande do Norte, o presidente estadual do partido, Walter Alves (MDB), deve ser o vice na chapa para reeleição da governadora Fátima Bezerra (PT), depois de ser oposição à petista na eleição passada.

Leia Também

Lula é o preferido em São Paulo, o maior colégio eleitoral do Brasil

Reduto do PT, Lula e Bolsonaro têm agenda no Nordeste este final de semana

“Gritaria dos descontentes” não vai impedir posse dos eleitos em outubro, diz Alexandre de Moraes

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador