O caso das APAEs do Paraná, os Arns e a esposa de Sérgio Moro

Circula na Internet um vídeo editado de palestra que proferi no mês passado em um evento em São Paulo. O vídeo é fiel ao que eu disse. Mas o título e o texto podem induzir a conclusões taxativas que não fiz ou passar a ideia de que o vídeo faz parte dessas guerrilhas que ocorrem periodicamente em redes sociais. As informações foram divulgadas em 2014 e 2015. Estão sendo agitadas agora.

O trecho em questão faz parte de um seminário no mês passado, do qual participei com a colega Helena Chagas

Limitei-me a apontar indícios, indícios fortes, sem dúvida, que merecem ser investigados, mas não acusações frontais.

Aqui, o que falei sobre o tema, não editado.

A história é a seguinte.

Historicamente, as APAEs (Associações de País e Amigos de Excepcionais) fizeram-se contando, na ponta, com cidadãos bem intencionados, mas passando a trabalhar com recursos públicos, sem prestar contas para os órgãos formais de controle.

Essas liberalidades abriram espaço para desvios e uma utilização política da estrutura das APAEs, através da Confederação e das Federações estaduais de APAEs, incluindo a do Paraná.

Na sua gestão, o ex-Ministro da Educação Fernando Haddad decidiu assumir a tese da educação inclusiva – segundo a qual, o melhor local para desenvolvimento de crianças com necessidades especiais seria as escolas convencionais, convivendo com crianças sem problemas.

Sabendo da resistência que seria feita pelas APAEs – já que a segregação de crianças com deficiência, apesar de tão anacrônica quanto os antigos asilos para tuberculoses, é o seu negócio – Haddad pensou em um modelo de dupla matrícula: a escola pública que acolhesse um aluno com deficiência receberia 1,3 vezes o valor original da matrícula; e uma segunda matrícula de 1,3 se houvesse um projeto pedagógico específico para aquela criança. Imaginava-se que essa parcela seria destinada à APAE de cada cidade, atraindo-a para os esforços de educação inclusiva.

As APAEs mais sérias, como a de São Paulo, aderiram rapidamente ao projeto, sabendo que a educação inclusiva é pedagogicamente muito superior ao confinamento das pessoas, tratadas como animais.

O jogo das Federações de APAES foi escandaloso. Trataram de pressionar o Congresso para elas próprias ficarem com as duas matrículas, preservando o modelo original.

O ápice desse jogo é a proposta do inacreditável senador Romário, nesses tempos de leilão escancarado de recursos públicos, visando canalizar para as APAEs e Institutos Pestalozzi todos os recursos da educação inclusiva.

É um jogo tão pesado que, na época da votação do Plano Nacional da Educação, a própria Dilma Rousseff pressionou senadores a abrandar a Meta 4, que tratava justamente da educação inclusiva, com receio de que as APAEs do Paraná boicotassem a candidatura da então Ministra-Chefe da Casa Civil Gleise Hoffmann.

O caso do Paraná

Comecei a acompanhar o tema através da procuradora da República Eugênia Gonzaga, uma das pioneiras da luta pela educação inclusiva.

Em 2002, Eugenia levantou princípios constitucionais – do direito à educação – para forçar o poder público a preparar a rede para crianças com deficiência. Na ocasião, foi alvo de 3.500 ações judiciais de APAEs de todo o país.

No auge da pressão política das APAEs, ainda no governo Dilma, decidi investigar o tema.

As APAEs tem dois lobistas temíveis. A face “boa” é a do ex-senador Flávio Arns, do Paraná; a agressiva de Eduardo Barbosa, mineiro, ex-presidente da Federação das APAEs, que pavimentou sua carreira política com recursos das APAEs.

Uma consulta ao site da Secretaria da Educação do Paraná confirmou o extraordinário poder de lobby das APAEs. O então Secretário de Educação Flávio Arns direcionou R$ 450 milhões do estado para as APAEs, com o objetivo de enfrentar a melhoria do ensino inclusivo da rede federal.

No próprio site havia uma relação de APAEs. Escolhi aleatoriamente uma delas, Nova California.

Indo ao seu site constatei que tinha um clube social, com capacidade para 2.500 ou 4.500 pessoas; uma escola particular. Tudo em cima das isenções fiscais e dos repasses públicos dos governos federal e estadual.

O argumento era o de que o clube era local para os professores poderem confraternizar com a comunidade; e a escola privada para permitir aos alunos com necessidades especiais conviverem com os demais.

Telefonei para a escola. Não havia ninguém da direção. Atendeu uma senhora da cozinha. Indaguei como era o contato dos alunos com deficiência e os da escola convencional. Respondeu-me que havia um encontro entre eles, uma vez por ano.

A república dos Arns

As matérias sobre as APAEs, especialmente sobre o caso Paraná, tiveram desdobramentos. Um dos comentários postados mencionava o controle das ações das APAEs do estado pelo escritório de um sobrinho de Flávio, Marlus Arns.

Entrei no site do Tribunal de Justiça. Praticamente toda a ação envolvendo as APAEs tinha na defesa o escritório de Marlus.

Uma pesquisa pelo Google mostrou um advogado polêmico, envolvido em rolos políticos com a Copel e outras estatais paranaenses, obviamente graças à influência política do seu tio Flávio Arns.

Quando a Lava Jato ganha corpo, as notícias da época falavam da esposa de Sérgio Moro. E foi divulgada a informação de que pertencia ao jurídico da Federação das APAEs do estado.

Por si, não significava nada.

No entanto, logo depois veio a dica de um curso de direito à distância, de propriedade de outro sobrinho de Flávio Arns, irmão de Marlus, o Cursos Online Luiz Carlos (http://www.cursoluizcarlos.com.br).. No corpo docente do cursinho, pelo menos um da força tarefa da Lava Jato.

Finalmente, quando Beatriz Catta Preta desistiu de participar dos acordos de delação, um novo elo apareceu. Até hoje não se sabe o que levou Catta Preta a ser tão bem sucedida nesse mercado milionário. Nem o que a levou a sair do Brasil.Mas, saindo, seu lugar passou a ser ocupado justamente por Marlus Arns que, pouco tempo antes, escrevera artigos condenando o instituto da delação premiada.

Sâo esses os elementos de que disponho.

Recentemente, fui convidado pela Polícia Federal para um depoimento em um inquérito que apura um suposto dossiê criado pela inteligência da PF supostamente para detonar com a Lava Jato – conforme acusações veiculadas pela Veja.

Fui informado sobre o dossiê na hora do depoimento. Indagaram se eu tinha tomado conhecimento das informações.

Informei que o dossiê tinha se limitado a reproduzir os artigos que escrevi acerca da República dos Arns.

https://jornalggn.com.br/noticia/a-historia-do-novo-campeao-das-delacoes-premiadas 10/8/2015

https://jornalggn.com.br/noticia/a-lava-jato-e-a-influente-republica-dos-arns  de 1/10/2015

 

66 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Viva Roda

- 2017-12-29 19:38:29

inscrevam-se no canal

youtube.com/VivaRoda

Viva Roda

- 2017-12-29 19:38:25

inscrevam-se no canal

youtube.com/VivaRoda

Élio Farias

- 2017-05-18 00:50:08

Título generalizado!

Tem como botar "Apaes do Paraná" no título, pelo menos para reduzir um pouco a generalização? Vocês prejudicam as Apaes de outros estados adotando esses títulos. As pessoas não leem as matérias, só leem títulos e confundem. As outras Apaes não têm nada a ver com essa história. Cada Apae é um movimento de pais e amigos de cada cidade, de cada comunidade, que se matam para manter atendimentos que o governo não realiza da forma como discursa. As Apaes são filiadas ao movimento apenas para ter o direito de usar o nome e compartilhar do mesmo estatuto social. O resto (definição de diretores, conquista do espaço físico, procura de voluntários, de parceiros, de doações, gestão e condução de todos os projetos locais) tudo é resolvido pelo grupo de cada cidade, sem nenhum vínculo direto com as outras regiões. Basta ler os estatutos. Essas acusações divulgadas sem o devido cuidado e esses "títulos" generalizados estão criando um grande preconceito contra inúmeros pais e familiares que se dedicam honestamente para fazer da Apae um movimento de bem. Isso é muito triste! Revejam isso, por favor!

Élio Farias

- 2017-05-18 00:45:53

Sugestão/ Crítica

Tem como botar "Apaes do Paraná" no título, pelo menos para reduzir um pouco a generalização? Vocês prejudicam as Apaes de outros estados adotando esses títulos. As pessoas não leem as matérias, só leem títulos e confundem. As outras Apaes não têm nada a ver com essa história. Cada Apae é um movimento de pais e amigos de cada cidade, de cada comunidade, que se matam para manter atendimentos que o governo não realiza da forma como discursa. As Apaes são filiadas ao movimento apenas para ter o direito de usar o nome e compartilhar do mesmo estatuto social. O resto (definição de diretores, conquista do espaço físico, procura de voluntários, de parceiros, de doações, gestão e condução de todos os projetos locais) tudo é resolvido pelo grupo de cada cidade, sem nenhum vínculo direto com as outras regiões. Basta ler os estatutos. Essas acusações divulgadas sem o devido cuidado e esses "títulos" generalizados estão criando um grande preconceito contra inúmeros pais e familiares que se dedicam honestamente para fazer da Apae um movimento de bem. Isso é muito triste! Revejam isso, por favor!

Ético

- 2017-05-17 17:09:10

APAES x ensino inclusivo

Simples, é uma questão de ética, quem não tem, não pode discutir ética.

Simples assim...

Maria Torres

- 2017-05-10 22:15:47

https://www.youtube.com/watch

https://www.youtube.com/watch?v=VyjOeP7qeDs

Carlos Agonias

- 2017-05-10 19:37:18

Não existe questão
Não existe questão ideológica, existem modos de abordar e tratar questões levando em conta principalmente o aspecto humanista das coisas. A luta para mudar a terapia no tratamento das doenças mentais hoje pode-se dizer que está ganha, mas ela foi uma luta renhida e causou muito sofrimento. No decurso dessa luta houve também quem dissesse que se tratava de questão ideológica, pode acreditar.

Carlos Agonias

- 2017-05-10 19:19:12

Amigo Zezinho, têm razão, o
Amigo Zezinho, têm razão, o Brasil mudou com Lula e o povo também não é mais o mesmo. Pode parecer que ganharam, se enganam, logo estarão nas profundezas. Aguardem, vagabundos.

Brasileiro Cansado

- 2017-05-09 11:19:44

Vergonha nacional

Bom dia pessoal

As pessoas que estão no poder público trabalham único e exclusivamente para melhorar o país e utilizam nosso dinheiro para isso.

Se qualquer um deles desvia verba, manipula resultados....etc..... tem que ser punido, bem simples né?!

Então, não é a lava jato ou qualquer outra ação investigativa que merece ser alvo de críticas ou elogios.

Isso é apenas um hábito que não será mais deixado de lado. Sempre haverá investigação FORTE a partir daqui.

E isso custa muito dinheiro também -> nosso dinheiro sendo gasto com investigações sobre atos que desviaram nosso dinheiro (punk né?).

Mas então, alguém ainda quer discutir sobre abuso de poder, sobre falhas da esposa do primo do cachorro do amigo....velho de boa, vai dar uma banda, pensa melhor no que escrever aqui e em qualquer outro lugar, põe a mão na consciência e olha pro que o país tá passando, olha essa sujeirada de mais de décadas acumulada.

Expulsa os mal intensionados e combata os ruins que virão depois e estaremos bem.

E detalhe:

Se os candidatos à cargos públicos acreditam que somos capazes de votar neles,  em tempo de candidatura, não temos condições de votar as mudanças que eles propõe na câmara: previdência, reformas, aumentos salariais........não é um exercício complicado de se fazer.

Cansado...

gutoconde

- 2017-05-06 16:31:44

Também estou cego...

Também sou cego. Não vi relação. A esposa do Moro é apenas uma das advogadas da APAE. O que falar então do Ministro Tófoli que foi advogado do PT e participou de alguns julgamentos no mensalão. E o próprio Barroso que foi advogado do caso Cesare Batiste, ao lado do colega petista Luiz Eduardo Greenhalgh, e ainda julgou decisões relacionadas ao impeachment da mesma presidente que o indicou. É fácil fazer ligações em tudo. Mais fácil ainda é dar foco só naquilo que se quer enxergar.   

Lucimar Gomes

- 2017-05-06 13:12:48

respostas

Cara...alguém como vc que nada enxerga, pode morrer de procurar......a cegueira de vcs jogou o país nas mãos da máfia de Curitiba e do PSDB.....seria espetacular se vc encontrasse alguma coisa mesmo, daria pra ter esperança de um país desenvolvido, mas com cabresto, pode morrer de procurar...a única coisa que vc vai conseguir enxergar, são as botas do seu capataz e ainda , como narcizo, é capaz de se admirar no brilho delas. Bando de antas.

Liety Caruso

- 2017-05-04 15:50:46

Ainda tô procurando a relação dela com a bandidagem = Nenhuma!

Estou procurando a relação até agora e só notei um bando de acusados sem defesa, inventando mídia para desviar a atenção do povo!!! Fala sério!!!

sem partido Amo o Brasil

- 2017-05-04 15:48:46

Muita coincidência a esposa

Muita coincidência a esposa do juiz está ligada diretamente aos que mais lucram finaceiramente com a indústria da delação na lava jato. É no mínimo suspeito que procuradores e até mesmo o juiz responsável pela oficialização das delações sejam tão próximos dos advogados que cobram milhões para negociar as mesmas você não acha? 

ARNALDO PERES SOUZA

- 2017-05-03 20:29:21

APAES

Oh... Brasil e brasileiros, os caras roubam são presos e ainda tem gente que fica com dó.

Só no Brasil pra acontecer estas inversão de coisas, será que o Dirçeu ainda é um heroi para os petistas?

Major Zero

- 2017-05-02 23:32:53

Me desculpem a ignorancia,

Me desculpem a ignorancia, mas qual a relaçao ilícita com a mulher do moro, ou do moro?

Paulo Quadros

- 2017-05-02 21:31:48

Dossiê que tenta envolver a mulher do Moro...um lixo..

É impressionante a CEGUEIRA dos PANELEIROS!!!!

O ONUS DA PROVA CABE A QUEM ACUSA!!!!!

LULA NÃO TEM QUE PROVAR NADA!!!

DanielP

- 2017-05-02 14:33:14

Nassif, chega a notícia

Nassif, chega a notícia absurda que hoje, a "força-tarefa" da lava jato vai apresentar nova denuncia contra Dirceu, pois estariam preocupados com a sua soltura pelo STF. 

É realmente muito descaramento. Nem fazem mais questão de esconder. Nem ligam mais para manterem as aparências. 

A perseguição é assim mesmo, explícita. Ouvia agora na jovam pan reporteres comentando que a nova denuncia seria requentada e o objetivo único é ou pressionar o STF para que ele não seja solto ou mesmo conseguir uma nova ordem de prisão em seguida ao possível HC que o STF poderia dar hoje. 

Enfim, um abusrdo completo para qualquer um que tenho um mínimo de bom senso. 

Simples assim, como o STF vai julgar um HC, e dizem, há chances reais, dele ser solto, a promotoria quer apresentar outra denúncia, simples, o motivo é este. 

É uma perseguição descarada. 

Se os advogados de Dirceu foram minimamente antenados, expoem isso hoje, no plenário do STF e pedem uma solução aos ministros. 

Aliás, não há outra solução que não tirar o caso de Dirceu dessa vara atual, que mais parece um circo de perseguições. 

Se Dirceu for esperto ele sai hoje, ja pede asilo em alguma embaixada e vai denunciar e expor toda essa perseguição no exterior. 

Essa notícia que saiu hoje extrapolou todos os limites, a meu ver. 

 

 

Luiz Marcelo Matavelo

- 2017-05-02 12:56:42

Apoio ao Jornalista

Em tempos de muitas muitas falsas noticias. É preciso dar apoio e  ajudar jornalistas sérios. Você é um deles. E eu farei minha parte.

Vitor Sorenzi

- 2017-05-02 01:47:10

Convicção

Esqueceste que somos o pais da convicção!

Eu estou convicto que o Nassif tem razao.

Voce não?

WELINTON NAVEIRA E SILVA

- 2017-05-01 23:48:57

O preto no branco

 

A velha conhecida pilantropia, lamentavelmente, presente em inúmeras instituições voltadas para a caridade, poderia ser evitada se as elites quisessem. Por exemplo, com leis obrigando a total transparência econômica e financeira de todas as instituições voltadas para a caridade, sem exceção alguma. Melhor ainda, se essa transparência fosse permanentemente expostas na internet, atualizada dia a dia. Por certo que sobreviveriam apenas as instituições sérias, recebendo crescente doações de muitos que gostariam de contribuir, mas não contribuem, por dúvidas sobre a honestidade e seriedade dessas instituições. Acreditem!

jose carlos lima...

- 2017-05-01 17:11:40

A lucrativa Fábrica de Delatores

A lucrativa Fábrica de Delações é a excrescência  revestida de bela embalagem que serviu golpe de Estado para a tomada de poder pelos verdadeiramente corrruptos deste pais.

Muito triste assistirmos a esta escalada de imbecilidade proporcionada pela Lava Jato.

Espero não ser levado debaixo de vara por criticar a Lava Jato...pois a violencia aumentou e muito por conta dos justiceiros lavajateiros com sua sede de justiça ao arrepio da lei

Rejeitar o odio se faz necessario nesse momento de horror incitado pela midia e Instituições nada republicanas

Denuncie este evento para que ele seja derrubado, que absurdo,


https://www.facebook.com/events/411720519212986/

Sérgio T.

- 2017-05-01 15:24:06

Ele não acusa
No texto em si, o Nassif não faz nenhuma acusação à esposa de Moro e a põe no texto apenas pela relevância da ligação com Moro. No que li, ele apenas passa a informação que ela pertence a banca de advogados da APAE (assim como da Shell). Acho fato relevante sim!

 

Ana Oliveira

- 2017-05-01 14:32:05

Melhor comentário!
Melhor comentário!

Sérgio T.

- 2017-05-01 13:49:09

Hã?

Anti petistas doentes não aprendem!

O senador Arns foi eleito pelo PT, portanto a sua insinuação de "petismo" ao jornalista não procede. Aliás a matéria não trata de política partidária.

O Lula não tem que provar nada, quem tem que provar algo é o juiz Moro. Coisas da justiça moderna...

Não entendi a relevância que o sr. dá ao que o seu cachorro pensa. Se ele mudar de ideia o sr. o apoia e muda também?

 

Maria Rita

- 2017-05-01 02:41:01

QUEM VAI BARRAR SERGIO MORO

QUEM VAI BARRAR SERGIO MORO? QUEM VAI INVESTIGAR SERGIO MORO? ATE ONDE VAI DESMANDO DE SERGIO MORO?

Miguel

- 2017-05-01 02:27:46

Obrigado

Fico agradecido pela resposta.
Espero que isso possa estimular pesquisas a respeito. Nada mais útil e urgente ao país do que destricharmos quem seja esse juiz.

Quem sabe o Requião possa ajudar.

roubrdario diniz valerio

- 2017-05-01 01:14:52

APAE

Sobre os trambiques envolvendo a as APAES conheço um acontecido em Paraopeba/mg. Dr Guilherme Mascarelhas Dalle , médico e benfeitor da cidade criou um centro de acolhimento e trtamento de crianças deficiente de Paraopeba e região. Todo o terreno foi doado pelo Dr Guilherme. Um representante da APAE abusando do extremo sentimento de solidariedade convenceu o Dr guilherme a fazer um convenio com a APAE. Em resumo a APAE simplesmente "deu um tombo" no Dr Guilherme e ficou com  a propriedade do terreno com as benfeitorias construidas pelo Dr Guilherme Mascarenhas Dalle.

Sérgio Delbel dos Santos

- 2017-05-01 01:10:53

Lava à jato!

Certamente com este nome muito brasileiro o senhor deve estar reaalmente preocupado com o problema desses brasileiros. Ora, fora o que sempre soubemos, temos a oportunidade mais importante e imperdível da nossa história recente, do que aproveitar oba oba para reaparecer na mídia... Lamentável caro crítico.

Artur Richter

- 2017-05-01 00:53:52

Dossiê que tenta envolver a mulher do Moro...um lixo..

O PT não APRENDE, continua fazendo tudo errado isso não pega mais viu seu Lula...se você é o cara mais honesto do mundo prove, com verdades e naõ com essas coisas que nem o meu cachorro não acredita mais...

 

Marcos Videira

- 2017-05-01 00:12:47

A mulher de Moro e a Shell

O escritório de advocacia Zucolllo defende os interesses da Shell.

O próprio Moro (em representação ao MP do Paraná) admite:

(1) que sua mulher Rosangela participa do citado escritório visando "apenas a partilha de honorários".

(2) que sua mulher nunca trabalhou diretamente para a Shell.

Então, ficamos assim: enquanto Lula defente diretamente a Petrobrás, a mulher de Moro não defende diretamente a Shell,mas partilha os honorários do escritório que defende a Shell.

Você entendeu a diferença ?

J. Sculder

- 2017-04-30 23:40:40

É tudo conjectura. Mas onde

É tudo conjectura. Mas onde há fumaça pode haver fogo.

Wagner Pinheiro

- 2017-04-30 21:38:02

GOLPISTAS...

E aproveita...e manda colocar no filme...(mas não tem tucano indiciado...pq NÃO VEM AO CASO...)...a sua senhora nas grades...e vai ter um final feliz...nada contra a sua pessoa...mas espero que (vc)...seja honesto pelo menos uma vez...SERÁ...

Wagner Pinheiro

- 2017-04-30 21:37:57

GOLPISTAS...

E aproveita...e manda colocar no filme...(mas não tem tucano indiciado...pq NÃO VEM AO CASO...)...a sua senhora nas grades...e vai ter um final feliz...nada contra a sua pessoa...mas espero que (vc)...seja honesto pelo menos uma vez...SERÁ...

Zezinho

- 2017-04-30 21:34:10

Uma hora cai.
Uma hora cai. A verdade é que esta equipe de mafiosos diplomados do país estão tentando reverter a curva de superação do Brasil rumo a uma melhor qualidade de vida para o povo. Pode parecer que estão em vantagem, mais a forma escancarada com que estão agindo mostra que estão em declínio. Não estamos mais em 1800, estamos em 2017.

Leonan Bernardini

- 2017-04-30 20:33:44

APAES x Ensino Inclusivo
Não tenho conhecimento pedagógico para me posicionar sobre essa questão que virou o ensino inclusivo versus as APAES. As pessoas que conheço e precisam das APAES, tecem muitos elogios. O filho de um dos meus primos tem síndrome de Dawn, frequenta a APAE num turno e vai a escola pública no outro. E para ele é ótimo. De fora não consigo ver conflito na atuação das duas instituições, acho que são complementares.Cada uma tem seu papel e essa briga parece ser mais pelo dinheiro envolvido e por questões ideológicas do um interesse real em quem precisa de atenção especial. 

 

Júnior 5 Estrelas

- 2017-04-30 20:15:15

Além de apodrecido,figuramos
Além de apodrecido,figuramos à condição de avacalhado.Geramos um Chacal Brasileiro para conter a fúria sanguinária de Jair Bolsonaro,João Dória,Sérgio Moro e quejandos.Pois bem,bastou uma simples brincadeira para o dito cujo empreender fuga para o Sudão.Imite sinais claros que de lá não deve retornar.

Eduardo​

- 2017-04-30 19:26:11

Não vi nenhum "indício forte"
Não vi nenhum "indício forte" de esquema de corrupção, mas percebo que o texto faz muitas suposições baseando-se em julgamentos morais sobre o modo de operação das Apaes. O cara liga pra uma escola, fala com a tia da cozinha, que não é identificada, obtém uma informação e publica sem buscar o contraditório, e chama isso de jornalismo investigativo? Deve ser brincadeira.

Jorge Fernandes

- 2017-04-30 19:09:19

Eu pensava

que roubar o dinheiro das merendas das crianças era o mais baixo que se podia chegar.

Daí descubro que a mulher do amigo do traficante rouba criança excepcional

+almeida

- 2017-04-30 18:09:40

efeito bumerangue

Juiz Sérgio, se prenderem sua mulher, não esqueça de colocar grampo na cela dela; não esqueça de fotografá-la no leito do encarceramento e divulgar as fotos para um possível filme que poderá ser feito dela, não esqueça de promover o passeio de celebridades pelo corredor onde se poderia encontrá-la na cela reservada a ela e, para encerrar, promova um vazamento espetacular das imagens, para que os seus ídolos da grande mídia possam divulgar em horário nobre nacional.

João de Paiva

- 2017-04-30 17:26:52

Prova cabal de que a Fraude a Jato é ORCRIM institucioal

Prezados,

Alguns consideram exagero ou muito fortes certas afirmações que faço, como a de que a Fraude a Jato é uma ORGAIZAÇÃO CRIMINOSA ISTITUCIONAL.

Mas basta ler reportagens como estas do Nassif e as do Marcelo Auler, para comprovar isso de forma cabal.

ze sergio

- 2017-04-30 16:31:11

o....

E meu segundo comentário? A censura não esconde nada, mas revela muito. abs. 

Emilio GF

- 2017-04-30 16:07:24

CONSELHOS AO JUIZ(?) MORO, NO CASO DA APAE E SUA ESPOSA.

Quer desvendar a corrupção da APAE, Morinho? Siga o que já fez inúmeras vezes:

 

# Atentes de qualquer investigação conclusiva, prenda a sua mulher.

 

# Isso, Morinho, naquelas celas 2 x 2,5; sem latrina, só com um buraco pra cagar (o chamado boi).

 

# Sozinha não, né Morinho. Põe 4 mulheres na cela, como você gosta e acabe com qualquer privacidade.

 

# Tire jornais ou revistas, para interromper o contato com o mundo exterior, como você aprendeu no FBI e sempre faz.

 

# Não esqueça do carcereiro que senta do lado de fora e fica falando como você é severo e que elas vão apodrecer lá.

 

Pronto. Agora deixa elas aí por 2 anos e chama pra delação.

De nada, Morinho, de nada. Não precisa agradecer os conselhos. Aprendi com o mestre - você.

 

Meire

- 2017-04-30 15:40:23

Respeito, com quem merece respeito.

Golpistas vivem de guerrilhas. Esperar que tenham discussão de alto nível, e que  prezem por justiça, implicará em ficar a ver navios.

Ficar a ver navios é uma expressão popular da língua portuguesa que significa ser enganado, ludibriado, ver suas expectativas serem frustradas e ficar desiludido.

Júnior 5 Estrelas

- 2017-04-30 15:04:41

Vocês são uns porretas.De que
Vocês são uns porretas.De que adianta um Chacal,seja Venezuelano ou Paraguaio,sem uma Ponto 40.Estão se comportando igual a Globo com a Greve de Mentirinha.Para esconderem as estrelas,saíram do mundo real.

Júnior 5 Estrelas

- 2017-04-30 14:58:09

Vai continuar sem entender.As
Vai continuar sem entender.As ligações dela não comportam vazamentos.

jorge Mendes

- 2017-04-30 14:00:00

Ele é tão obcecado pelo Lula

Ele é tão obcecado pelo Lula que nem presta atenção no que a mulher dele faz

aderbal alves

- 2017-04-30 13:19:48

Isso..

pra mim também ficou claro.

Júnior 5 Estrelas

- 2017-04-30 12:14:57

Continuo no rastro da bala,Eu
Continuo no rastro da bala,Eu e o Moreno de Poços de Caldas.Até Élio Gaspari,dos Chapéus para os íntimos,coloca Lula como Mártir se preso for.A Greve Geral + Datafolha,mais para menos do que para mais,leva-me a afirmar peremptoriamente,segundo a anta Galvão Bueno,que a situação para a Globo e para Moro já teve bem melhor.Ja não teria dúvidas em afirmar,novamente ou de novo,peremptoriamente que o Chacal daqui é Paraguaio.Ele não entendeu os pontos fora da curva que mencionei em comentário meu.Se tivesse ficado calado,poderia ser brindado com um Ponto 40.

Aldo Franzoi

- 2017-04-30 12:08:40

Dúvida?
Desculpe, mas não entendi as ligações com a esposa do fulano ?

adroaldo lima linhares

- 2017-04-29 23:40:02

DITADURA NORTE AMERICANA JURÍDICA MIDIÁTICA 2016

O fato dos demotucanos estranhamente trazerem, do nada, em todas as eleições as APAES como tema de discussões nos debates televisivos, parece que já trazia por trás o grande interesse da gangue mafiosa golpista ditadora. Sempre estranhamos e sentíamos como uma coisa asqueirosa e nojenta o USO de deficientes para sensibilizar eleitores e desqualificar adversários. Hoje parece que as coisas começam a ter sentido. O fato deles sempre usarem os deficientes da APAE em suas propagandas eleitorais, e o fato do moro e da escórte-guél terem ligações com as APAES de cúritiba, são apenas coincidências... Mas, é bom já ir reservando uma suite para 2 lá naquela cadeia que reformaram em cúritiba, já nas cores da gangue, azul bandeira e amarelo tucano. ABAIXO OS DITADORES SAQUEADORES DEMOTUCANOS PEEMEDEBISTAS!

Resultado de imagem para SENADOR ARNS ROSANGELA MORO IMAGENS

MaGon

- 2017-04-29 23:32:42

Igual ao casos do Mossack Fonseca, privatizações do FHC e outros

o destino das "investigações" é o arquivo morto (e bem enterrado).

nosde

- 2017-04-29 23:25:03

SEGUNDO FONTE:

O lance aquele tá depois da parada, e é bom segurar a onda porque o bagulho pode fazer aparecer uns e outros, e inclusive o neguinho aquele.

ze sergio

- 2017-04-29 22:48:58

o....

meu comentário?

WG

- 2017-04-29 22:15:14

No quadro atual de

No quadro atual de perseguição política promovida por juízes tirânicos, é preciso ter coragem para ser jornalista e poucos, como Nassif, estão na linha de frente. Esse momento de inflexão da história no Brasil é propício para o surgimento de novos talentos no jornalismo, mas o que vemos são novos e velhos ex-jornalistas se curvando ao poder econômico. 

paulmoura

- 2017-04-29 22:09:11

E à época

de secret´rio da educação o Flávio era vice-governador de Beto Richa, pelo psdb.

fernando oliveira

- 2017-04-29 22:08:20

Eu ficaria admirado é se não

Eu ficaria admirado é se não existisse tanta corrupção por trás de tanta seriedade. Lava jato é só um grupo de pessoas usando o Estado para se defender da sociedade.

Jofran Oliva

- 2017-04-29 22:03:11

Esse Flávio Arns, nunca me enganou. . .

Se  elegeu senador pelo PT do Paraná, no senado foi totalmente omisso, nunca defendeu o PT nem o governo, nem mesmo recolhia ao Partido o percentual que cada político recolhe, só fez isso quando mudou de partido. É uma pessoa fria e arrogante. Esse Flávio Arns, nunca me enganou.

Geraldo Horta

- 2017-04-29 20:18:43

República de Curitiba

Se houvesse mesmo combate à corrupção em Ciritiba ....

 

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/?s=republica+de+curitiba+continua+co+seu+quintal+imundo&x=1&y=10

franciscopereira neto

- 2017-04-29 20:02:39

Viralizou

Esse vídeo do Nassif, que eu já conhecia, viralizou na internet.

O que me deixa espantado é que uma notícia dessa e a credibildade do Nassif, apenas repercute e não define ações do público que recebe a informação a ponto de influenciar na hipocrisia da Lava Jato.

Outro caso que também é notório é a bandidagem do caso Banestado, cujo juiz é o mesmo Moro e o doleiro é o mesmo Youssef, mas que não deram em nada.

E a grande maioria das pessoas se dizem a favor da lava jato, até políticos da oposição, como se fosse esse negócio, algo sério.

 

peregrino

- 2017-04-29 19:41:04

revelada a implacável lógica da propriedade privada...

da qual nenhum desses aí se afastou um dia

explorar ao máximo o potencial econômico da própria função em benefício próprio e dos seus familiares

inclusão com encontros uma vez ao ano? a pessoa tem que ser muito canalha para tanto

nunca me saiu da cabeça que o que move tais canalhas é a cobiça e a desfaçatez

Jorge Fernandes

- 2017-04-29 18:22:30

Na minha opinião

Essa advogada, é esposa de um sujeitinho que frequenta festas com um notorio traficante e drogado.

Certeza que não e uma pessoa honesta.

Tenho plena convicção de que ela compactua com os roubos.

Fica claro isso no Power point do Nassif

Reinaldo Lopes

- 2017-04-29 18:01:12

SEM ÁUDIO

Não consigo abrir o áudio do vídeo.

Wilton Santos

- 2017-04-29 17:39:23

Infelizmente são muito poucos os jornalistas brasileiros que pos

Infelizmente são muito poucos os jornalistas brasileiros que possuem a coragem e a competência do Luís Nassif. No momento histórico que estamos vivendo é fundamental que jovens jornalistas sigam o exemplo do Nassif.

Essas questões obscuras envolvendo a lava jato e o juiz moro deve ser analisada com muita atenção. A comunidade acadêmica do país tem assuntos de sobra para pesquisaram e desvendarem todos os podres dessa operação fascista e seus protagonistas que estão destruindo o país.

Marcos Carvalho

- 2017-04-29 17:16:09

Faltou assinar a matéria.

Faltou assinar a matéria.

Júnior 5 Estrelas

- 2017-04-29 17:09:15

É meu caro Carlos,o
É meu caro Carlos,o Chacal,não saberia dizer se Venezuelano ou Paraguaio,mas os pontos fora da curva mencionados em comentário da minha lavra,para baixo ou para cima,relacionados com a Greve Geral de ontem,começam a aparecer.Teria essa lebre levantada pelo Moreno de Poços de Caldas,alguma coisa a ver?Se essa não tiver,outras terão,e pode ter certeza,que nesse caso, conto com a precisão cirúrgica de sua mira.

Giuseppe Junior

- 2017-04-29 16:32:00

Imagino a quantidade de

Imagino a quantidade de jornalistas progressistas sendo grampeados neste momento. Até pensamento deve estar sendo monitorado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador