Pazuello entra na mira do Ministério Público Federal em Brasília

Ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello é pré-candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro. Foto: José Dias/PR

O ex-ministro Eduardo Pazuello e outros ex-integrantes da cúpula do Ministério da Saúde são alvo de inquérito aberto pelo Ministério Público Federal em Brasília, que busca apurar omissão dos gestores no enfrentamento à pandemia de covid-19

Segundo auditorias, os ex-dirigentes do Ministério da Saúde não atenderam a ordem do TCU para preparar uma política nacional de testagem da população contra a covid-19.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente

Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

No caso, seria necessário estabelecer a quantidade de testes a serem comprados, o prazo para atendimento, público-alvo, frequência de exames e os critérios de distribuição a Estados e municípios.

Pazuello e outros integrantes da pasta também ignoraram a ordem de organizar um plano de assistência farmacêutica para garantir e acompanhar os estoques de itens para diagnóstico e tratamento da doença, entre outros pontos.

Como lembra a jornalista Bela Megale no jornal O Globo, o general da reserva Eduardo Pazuello é pré-candidato ao posto de deputado federal pelo Rio de Janeiro.

Leia Também

Covid-19 – Máscaras, máscaras e máscaras, por Felipe Costa

Evento com Queiroga deixa 50 pessoas com diarreia

Governo descumpre lei que aumentaria oferta de remédios contra Covid

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador