fbpx
domingo, abril 5, 2020
  • Carregando...
    Início Tags Esquerdas

    Tag: esquerdas

    Coronavírus precipitou o fim do bolsonarismo, por Gustavo Conde

    O coronavírus é um choque de realidade no discurso delirante do bolsonarismo e na negligência temática habitual da nossa imprensa de cativeiro.

    Contra o genocídio e o desespero, criar opção e usar a TV, por Roberto...

    O que mais interessa no momento é a formulação e repercussão de alternativa! Especialmente os trabalhadores subempregados e desempregados precisam tomar conhecimento da existência ou da possibilidade de opções!

    O “dia depois” do coronavirus  e a esquerda, por Renato Dagnino 

    Depois da gripe espanhola, tanto no centro quanto na periferia, ocorreu um ciclo de acumulação capitalista orientado pela ação governamental. 

    As esquerdas precisam influir na construção da agenda pública, por Roberto Bitencourt da Silva

    O jogo está sendo definitivamente jogado e decidido por cima, entre as camadas altas e poderosas da sociedade brasileira.

    Krugman e o enigma Bernie Sanders

    Muitas coisas a dizer sobre isso, mas o mais importante é que ele NÃO é uma versão de Trump à esquerda.

    As esquerdas e os privilégios, por Aldo Fornazieri

    O Brasil vive uma situação assemelhada à da França de 1789. Os ricos estão cada vez mais ricos. Cerca da metade da população vive com até R$ 400,00 por mês. Aos pobres da periferia resta o abandono, a violência, a pobreza

    Xadrez das eleições municipais e a busca do novo com discernimento, por Luis Nassif

    Eleições municipais são a oportunidade dos cidadãos locais retomarem o controle sobre as ações do Estado. 

    Os rumos das esquerdas e problemas de hegemonia, por Aldo Fornazieri

    A direita está travando uma ampla guerra no campo dos valores, na disputa pela hegemonia. As esquerdas precisam entrar com força nesta guerra, com estratégias e meios eficazes. 

    Luta de classes e conflitos entre grupos de status: uma estratégia contra governos populares, por...

    A leitura dos textos de Florestan sobre as classes sociais na América Latina nos ajuda a compreender a dinâmica do capitalismo selvagem

    O genocídio do social, por Rogério Mattos

    Na alucinose, os mecanismos psíquicos ligados ao ódio são formados por desejos irrefreáveis, que não admitem sua frustração, mesmo diante de dados elementares da realidade

    Uma onda vermelha?, por Ricardo Cappelli

    O mundo está passando por turbulências e instabilidades. Sintomas clássicos de uma era de transição de hegemonia. A Ásia, liderada pela China, está reconfigurando o globo.

    Alguns debates urgentes para as esquerdas mais à esquerda: uma reflexão a partir da...

    Urge debater o mínimo para ao menos podermos defender ou vir a cometer erros diferentes e acertos mais precisos. E falta teoria, muita teoria.

    Ao invés de conquistar corações e mentes, Esquerda prefere ser o cão de Pavlov,...

    A guerra semiótica criptografada tem jogado a esquerda e oposições num labirinto de informações desconexas, transformando-as em um cão de Pavlov pós-moderno que reage de forma reflexa aos estímulos.

    Marx de “carro velho”, por Ricardo Cappelli

    No debacle da glamurosa classe operária, o desafio da esquerda parece ser dialogar com os excluídos, os “inúteis”, os “inimpregáveis”.

    Como vencer os Dráculas II ou A reconquista da ágora, por Zegomes

    Se o povo não tem nem emprego nem capital deve ser liberado para ir à praça comerciar. A RECONQUISTA DA ÁGORA. Isso tem de ser uma ação de esquerda moderna.

    As esquerdas encurraladas, por Aldo Fornazieri

    Aversão à crítica gerou militantes com pendores fascistóides que, diante de qualquer crítica, ao invés de debater o conteúdo, partem para a agressão. São bolsonaristas de sinal invertido. 

    O grotesco no bolsonarismo e a inépcia das oposições, por Aldo Fornazieri

    Bolsonaro, com suas locuções agressivas e destrutivas, pauta toda a mídia, incluindo os sites de esquerda, pauta todos os partidos e políticos e pauta o debate da sociedade. Prisioneiras de sua inépcia, as oposições mostram-se incapazes de reagir. 

    A via ilusória do impeachment II, por Gilberto Maringoni

    HÁ UM NÓ HISTÓRICO a mais. Se a esquerda avalia quase unanimemente que o impeachment de Dilma foi golpe, precisará fazer uma ginástica conceitual para justificar o investimento nessa seara agora. Ou abrir mão de classificar o fatídico 17 de abril de 2016 como "golpe".

    Auto-golpe, escalada autoritária, derrotar punitivismo, por Josias Pires

    O caminho para a montagem de um estado policial vem sendo percorrido desde o impeachment.

    As esquerdas distraídas, por Aldo Fornazieri

    Se as esquerdas não tiverem senso de prioridade e não souberem travar a luta no campo que lhes é favorável e desvantajoso para Bolsonaro terão um segundo semestre de derrotas. 

    Mais comentados

    Últimas notícias