Início Tags Esquerdas

Tag: esquerdas

Aumentarão as pressões pela saída de Bolsonaro e Guedes, por Luis Nassif. Comentário de...

Não será desta vez que o país sairá da sua imaturidade para caminhar em direção de uma nação íntegra porque não tem lideranças ou instituições que farão a travessia.

Bolsonaro torce para o PT se aliar ao bloco do Maia, por Wilson Luiz...

É por essas e outras que Bolsonaro está sorridente, que não consegue parar de rir. Ele e seus generais estão conseguindo emplacar seus planos estratégicos; todos cumprem o papel bem do jeito que eles planejam.

O candidato de Maia e o próximo passo da esquerda, por Luis Felipe Miguel

Por fim, uma derrota de Bolsonaro, que está priorizando fortemente a eleição na Câmara, está longe de ser desimportante.

A fisionomia cinzenta das esquerdas, por Aldo Fornazieri

As esquerdas entram no bloco de Maia de forma subalterna, condição que enfraquece sua autonomia e fere os princípios e a lógica da política.

É preciso disputar territórios ocupados por igrejas e dialogar com evangélicos, diz Esther Solano

Uma série de fatores ainda garantem um certo predomínio do bolsonarismo sobre as esquerdas, e um deles, na visão de Solano, é o projeto territorial e político das igrejas neopentecostais

Autocríticas-propositivas no timing adequado, por Francisco Celso Calmon

Como preparar as forças de esquerda e as classes dos trabalhadores para sustentar a democracia e estar empoderada para vencer no timing da ruptura?

Eleições 2020/22: na guerra híbrida, esquerda precisa fazer comunicação anticíclica, por Wilson Ferreira

COMUNICAÇÃO: Enquanto a esquerda confunde com “propaganda”, esquece do seu papel estratégico de criação de “acontecimentos comunicacionais” num cenário de guerra semiótica.

Eleições 2020: a esquerda não está morta! Conseguirá estar viva em 2022?, por Erick Kayser

Três conclusões gerais são aventadas nas análises dos resultados: 1 – Bolsonaro foi derrotado nas urnas; 2 – a “velha direita” está fortalecida; 3 – a esquerda segue viva.

Observações assimétricas, por Francisco Celso Calmon

A militância de esquerda está de animus novo e está surgindo entre os eleitos quadros oriundos do movimento social.

Boulos, as esquerdas e a resistência, por Luis Felipe Miguel

E o PSOL avançou um pouco, mas continua um partido pequeno. Tem cinco prefeituras num universo de mais de 5.500 municípios.

Análise geral das eleições de 2020: derrota das esquerdas, mas com sinais de alento,...

O PSOL é um dos exemplos em quem o PT deve se inspirar: abrindo o partido para movimentos sociais, sabendo usar as redes sociais, e garantindo militância nas ruas e não de gabinete

A derrota das esquerdas e 2022, por Aldo Fornazieri

As esquerdas não se organizaram na base, levantaram bandeiras equivocadas e enfrentaram Bolsonaro de forma errada

A missão da esquerda não é ser gestora de um sistema destrutivo diz Massimo...

As insatisfações populares e a incapacidade do sistema de representação da democracia liberal em atender demandas crescentes pôs em xeque os partidos políticos tradicionais

Procura-se um partido de esquerda para 2022, por Ricardo Mezavila

Pregando o famigerado voto útil, os esquerdistas liberais do Leblon, como sempre fazem, ignoraram a existência da candidata Benedita da Silva

Esquerda será colocada à prova com segundos turnos dolorosos, por Gustavo Conde

Haverá muitas feridas abertas em um possível apoio a Boulos. E será uma faca de dois gumes: se o PT apoiar Boulos, a imprensa vai começar a atacar ferozmente a candidatura Boulos e, consequentemente, Covas estará eleito.

Neoliberalismo platônico x Aristotelismo esquerdista, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Como fazer a política penetrar num ambiente dominado pela propriedade sem causar uma ruptura com o próprio conceito jurídico de propriedade?

O presidente Lula, as esquerdas e o pobre do interior, por Roberto Bitencourt da...

A esquerda precisa se orientar por aquela filosofia, aquela moralidade cotidiana, simples e cristalina, que orienta o sujeito pobre do interior do Brasil: “Você só tem a tua palavra”.

Boulos no segundo turno?, por Aldo Fornazieri

A campanha de Boulos tem o desafio de decidir se quer ser a campanha de uma fração da esquerda ou a campanha do “partido orgânico” do povo.

Coerência, por Wilson Ramos Filho (Xixo)

Parte da esquerda não perde oportunidade para falar mal de nós. Só consegue existir criticando o PT.

Meu pitaco de Paris sobre o debate de São Paulo, por Marilza de Melo...

Será a partir da conquista do poder local que vamos salvar o Brasil das mãos dos teocráticos fundamentalistas e da extrema direita.

Leia também

Últimas notícias

GGN