Comentário do leitor: Uma oposição desarticulada na sabatina de Sergio Moro

Se a esquerda quer fazer oposição, tem de, no mínimo, sentar dias antes e trabalhar quais questões e como serão feitas. Distribuí-las pelos parlamentares. Recompô-las durante o depoimento e não deixá-las perecer sem resposta

Foto: Agência Senado

Comentário enviado por Giovani Zebende Borher

Assisti praticamente a todas as intervenções da oposição [na audiência com Sergio Moro] no Senado. E a meu ver a oposição estava muito pouco articulada. Perguntas longas e exageradas, algumas muito especificas e fora do contexto. Posso estar errado, mas o principal ponto a ser tratado era a conduta de um juiz. Contrapor suas práticas ao que a lei exige e ao que ele também já afirmou, de que é imparcial. Essa prática ele não pode negar. Ao contrário, ele assume. E se assume, é culpado de não ter dado o mesmo tratamento às outras partes. A melhor pergunta pra mim foi a do Senador Contarato (Rede), que ao final demonstra a prática irregular e criminosa do Moro. Esta prática invalida o julgamento do Lula. Talvez outros. Alcapone foi preso pelo whisky e não pelos assassinatos.

Ao fazerem muitas perguntas, as mais importantes se diluem nas respostas e até deixam de serem respondidas.

Se a esquerda, principalmente o PT, quer fazer oposição, tem de, no mínimo, sentar dias antes e trabalhar quais questões e como serão feitas. Distribuí-las pelos parlamentares. Recompô-las durante o depoimento e não deixá-las perecer sem resposta.

Por ser o tempo muito exíguo para que haja réplica, tréplica etc, bastaria um senador dar continuidade ao que o anterior iniciou. E aquelas perguntas sem respostas ou evasivas retornariam em pauta. Cada pergunta refeita, não respondida, retornada à pauta, diz ao expectador que não foi respondida. Sem resposta indica erro cometido pelo inquerido.

Para mim o Moro fez dezenas de embates ontem mas cada um foi uma batalha estanque. Não foi a bancada oposicionista contra o Mouro. Foi senador fulano x Moro. Batalhas individuais.

Teve aquela em que o Senador reporta que também sofreu nas mãos do Moro e ao final o Moro pergunta: foi absolvido? Sim! então fiz valer a justiça!

E quase a direita leva a pauta para as fake news contra o The Intercept.

Infelizmente Moro saiu-se melhor do que o esperado.

E quando levantou-se a hipótese do Moro ter usado uma empresa para se preparar para o embate, a questão se perdeu no simples fato de não apresentarem provas. Pelo amor de Deus! Isso é dar pontos pro adversário.

Acompanho o seu trabalho e hoje creio que é o momento de se fazer um programa crítico ao desempenho destes nossos representantes. Para construirmos uma oposição forte, coesa e inteligente. Não houve reunião antes do evento?

CARO LEITOR,

ESTAMOS EM CAMPANHA PARA SUBSIDIAR UMA GRANDE REPORTAGEM QUE MOSTRARÁ A REALIDADE DE QUEM VIVEU A CAPITALIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL NA PELE. CLIQUE AQUI PARA CONHECER O PROJETO E APOIAR O NOSSO JORNALISMO INDEPENDENTE

WWW.CATARSE.ME/OEXEMPLODOCHILE

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora