Questionado sobre Lula, Fachin nega perseguição e diz que sente “paz na alma”

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro Edson Fachin negou que julgue os recursos de Lula com parcialidade. Ao contrário disso, segundo o Estadão desta quarta (27), Fachin disse que deixa as convicções pessoais “do lado de fora da sala de julgamento” quando o assunto é o petista. “É assim que tenho me portado, e isso que me dá paz na alma”, afirmou.

A manifestação de Fachin sobre Lula ocorreu após o jornal questionar o “isolamento” do relator da Lava Jato em relação os outros ministros da segunda turma. Na semana passada, em tabelinha com o TRF-4, Fachin retirou da pauta de terça (26) uma medida cautelar que poderia levar Lula à liberdade. Quando a defesa recorreu, o ministro jogou a ação no plenário, onde as chances de construir uma maioria contra Lula são maiores.

“Integrantes da Segunda Turma acreditam que o relator da Lava Jato fez isso como uma manobra para evitar uma nova derrota no colegiado”, escreveu o Estadão.

Fachin, porém, nega o isolamento e diz que a divergência de opiniões no Supremo é natural. “(…) juízes não tem ideologia nem segmento para pender para um lado A ou lado B”, disse. “O colegiado é formado por posições distintas, o dissenso é natural, e é por isso que nessa mesma medida os julgamentos se deram e vão se dar na luz da ordem normativa constitucional, e cada magistrado aplicando aquilo que depreende da Constituição.”

Na sessão de terça, Fachin saiu derrotado em 4 de 5 ações julgadas pela segunda turma com relação à Lava Jato. Numa delas, a maioria dos ministros colocou José Dirceu em liberdade com uma liminar em habeas corpus.

Leia também:  Conluio entre PGR suíço e Lava Jato pode ter consequências no Brasil

“Foi um dia de atividade normal, assim está sendo e assim será”, amenizou Fachin. 

13 comentários

  1. Que sera… Sera!

    Na foto acima além de certo cansaço parece bem preocupado…  Eh, senhor Fachin, imagino que durma bem tranquilo apesar de suas manobras pouco dignas de um grande magistrado para manter Lula preso. 

  2. Velha rima

    Sobre as almas a mentira abunda,

    e bundas há quem logo as venda.

    Vendo alma tão pequena em paz,

    é capaz que algo atrás contunda

    o âmago de quem superior se acha,

    mas se rebaixa à condição de verme.

    Inerme juiz! Se tens alma, entenda

    A reprimenda: bunda tens também,

    porém não fazes Justiça, nem quase,

    se pões crase em bunda a venda.

    • Quem ainda conhece métrica?

      Foste tu o autor das oportunas rimas?

      Os versos ficaram  tão interessantes que se cada uma das linhas for isoladamente analisada, além de comportar interpretações ambíguas ainda  tem um significado próprio;

         

  3. ESSE É MAIS UM ESTRUME DE TOGA……E EU SÓ LHE

    EU SÓ DESEJO A ESSE VERME UM CÂNCER QUE DEVORE SUAS CARNES BEM LENTAMENTE E COM MUIIIIIIIIITA DOR…….MALDITO, QUE SEUS  DESCENDENTES MORRAM UM A UM DO MODO MAIS DOLORIDO POSSÍVEL……TOMARA QUE ARRASTEM SEUS NETOS PELADOS PELA TRASEIRA DE CAMINHÕES, PELO MENOS UNS 10 KM CADA NO ASFALTO, ATÉ SE DERRETEREM TUDO NO PICHE E PEDRISCO…………MALDITO, MALDITO, MALDITO……..E SE EXISTIR CAPETA, QUE ELE RECEBE VOCÊ E SEUS FILHOS E SEUS NETOS NO BRASEIRO………PARA ARDEREM EM CHAMAS…..MALDITOS VÍBORAS………

  4. Que convicções o Fachin leva para dentro da sala de julgamento?

    O Fachin leva todas as suas convicções para dentro da sala de julgamento, exceto suas convicções pessoais. Qual a justificativa prá essa exceção?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome