Lewandowski desmente colunista sobre negativa envolvendo Ministério da Justiça

Jornalista Lauro Jardim chegou a listar os supostos motivos pelos quais o ministro aposentado do STF teria negado a vaga para assumir o MJ

Foto: Nelson Jr./SCO/STF

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, informou nesta quinta-feira (7) que não foi consultado ou “sondado” por ninguém a respeito de eventual convite para assumir o Ministério da Justiça. A informação foi dada pela assessoria de imprensa do magistrado ao GGN.

O jornalista Lauro Jardim, de O Globo, afirmou que Lewandowski havia sido “sondado” para assumir a eventual vaga ocupada pelo ministro Flávio Dino, que foi indicado à Suprema Corte pelo presidente Lula (PT). 

A coluna, publicada ontem (6), informou que a procura não foi feita pelo chefe do Executivo e destacou que Lewandowski “não quer” substituir Dino.

Os motivos da suposta negativa ainda foram listados. Segundo o jornalista, Lewandowski teria avaliado como ruim a situação da Segurança Pública e estaria satisfeito trabalhando na iniciativa privada.

A assessoria do ministro negou todas as informações e afirmou ainda que ele sequer conversou sobre o assunto com quem quer que seja.

Leia também:

Ana Gabriela Sales

Repórter do GGN há 8 anos. Graduada em Jornalismo pela Universidade de Santo Amaro. Especializada em produção de conteúdo para as redes sociais.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Nota 1
    Lula vai nomear Chico Bento para Ministro da Justiça.

    Lula nomeia outra pessoa, claro.

    Nota 2
    Lula recua e desiste de Chico Bento.

    As vendas caem e culpamDona Internet…

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador