“A prisão foi um ato político”, dispara Steve Bannon

Guro do bolsonarismo foi indiciado por desviar recursos de campanha que arrecadou US$ 25 milhões para a construção de um muro na fronteira com o México

Steve Bannon e Eduardo Bolsonaro, | Foto: Reprodução/Redes sociais

Jornal GGN – Ex-estrategista do governo de Donald Trump e guru do bolsonarismo, Steve Bannon afirmou que sua prisão na quinta-feira, 20 de agosto, teve ‘motivação política’. Ele é acusado de desviar parte do dinheiro de uma campanha em que arrecadou US$ 25 milhões para a construção de um muro na fronteira dos Estados Unidos com o México.

Leia as acusações que recaem contra Bannon no desvio de mais de US$ 1 milhão

Bannon foi solto nesta sexta-feira, 21 de agosto, após pagar fiança. Logo, ele usou o seu programa War Room, para se pronunciar. “Não vou recuar. A prisão foi um ato político. Todo mundo sabe que eu amo uma briga. Por muito tempo, eu fui chamado de texugo-do-mel. Você sabe, o texugo-do-mel nunca desiste. Então, a luta é longa”, disse em referência ao animal considerado um dos mais corajosos do mundo.

Ainda na quinta-feira, Trump tentou se distanciar da figura de Bannon, após sua prisão. O líder republicano criticou o grupo We Build the Wall (em português, “Nós Construímos o Muro”), por interferir em uma ação que seria do Estado.

“Eu não sei nada sobre o projeto [do muro], além de que eu não gostava. Quando li, não gostei, porque era um trabalho para o governo, não é para a iniciativa privada”, disse Trump.

Em resposta, Bannon evitou debater e concordou com o presidente americano. “O que ele disse está absolutamente correto”, afirmou. “Construir o muro é função do governo. Mas veja quantos problemas o presidente Trump teve.”

Com informações do jornal Estado de S. Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Mas é claro que foi um ato político, todos os atos são políticos, a justiça, as leis, os aplicadores das leis…..todos são políticos. Até o choro dele é um ato político.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome