Anvisa libera uso emergencial de segundo lote da CoronaVac

Decisão foi tomada de forma unânime em reunião realizada nesta sexta-feira (22/01), mesmo com recomendação para monitorar incertezas

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A diretoria da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o uso emergencial de um segundo lote de vacinas CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, em decisão unânime.

“A vacina atende aos critérios de qualidade, segurança e eficácia para o uso emergencial”, afirmou a diretora da Anvisa Meiruze Freitas, relatora do pedido feito pelo Instituto Butantan. Seu voto foi acompanhado pelos diretores Rômison Mota, Alex Machado Campos, Cristiane Rose Jourdan Gomes e Antonio Barra Torres acompanharam o voto da relatora.

A Gerência Geral de Medicamentos e a Gerência Geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária da Anvisa também emitiram parecer favorável pela aprovação da CoronaVac, embora a área de medicamentos tenha ponderado pela necessidade de se monitorar incertezas observadas na análise dos estudos realizados pelo Instituto Butantan.

Na última segunda-feira (18), o Instituto Butantan entrou com o pedido de autorização para o uso emergencial de um novo lote da CoronaVac, que serão envasadas no Brasil pelo laboratório.

 

(com informações do UOL)

 

Leia Também
Coronavírus: Sindicato chinês se compromete a ajudar no envio de insumos ao Brasil
GGN Covid: o salto exponencial dos casos em São Paulo
Vai faltar oxigênio: um país que nega as evidências, por Pedro Pontual 
Vacinas de Oxford chegam hoje e Fiocruz trabalhará de madrugada para distribuição

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome