China suspende exportações da Minerva após encontrar coronavírus em carne

Autoridades declararam ter encontrado vestígios do vírus no porto de Dalian; Minerva é a terceira maior produtora de carne bovina do Brasil

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Após a detecção de rastros de coronavírus em um lote de asas de frango importadas do Brasil, as autoridades chinesas fizeram a mesma afirmação, mas em relação à carne bovina.

Segundo o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, as autoridades detectaram vestígios de coronavírus na carne bovina produzida pelo frigorífico Minerva, especificamente na unidade de Barretos (SP). A inspeção foi feita no Porto de Dalian.

A embaixada do Brasil em Pequim já foi informada a respeito, e a embaixada da China no Brasil já publicou uma nota confirmando a detecção de “ácido nucleico do novo coronavírus em uma amostra de embalagem de carregamento de carne congelada e desossada da empresa brasileira Minerva S.A”. Confira a íntegra abaixo.

(via https://twitter.com/jana_radarchina/status/1314640197737422849/photo/1)

A China é o principal comprador de carne bovina brasileira: entre janeiro e julho, foram exportadas 1,1 milhão de toneladas, com um faturamento de US$ 4,7 bilhões – e 60% desse faturamento veio dos chineses.

A suspensão da Minerva ocorreu no mesmo dia em que a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou em audiência pública no Senado que as queimadas no Pantanal teriam sido menos intensas se o bioma contasse com mais cabeças de gado.

“Aconteceu um desastre porque nós tínhamos muita matéria orgânica seca, e, talvez, se nós tivéssemos um pouco mais de gado no Pantanal, teria sido um desastre até menor do que o que nós tivemos neste ano”, disse Tereza Cristina. “Eu falo uma coisa que, às vezes, as pessoas criticam, mas o boi ajuda, ele é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim”, afirmou a ministra, segundo o jornal Correio Braziliense.

Leia também:  Manchetes dos jornais dos EUA

 

Leia Também
Medo do coronavírus leva Filipinas a suspender compra de frango brasileiro
Justiça dá sentença favorável à Anffa Sindical sobre decreto 10.419
Sindicato apresenta representação contra decreto 10419
Desmonte do trabalho do SIF é estratégia política
Qualidade dos alimentos consumidos no Brasil e exportados será afetada por decisão do governo Bolsonaro
A importância do SIF para a saúde pública e a economia
Governo Bolsonaro age para privatizar fiscalização de frigoríficos

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome