Guedes defende economia para evitar impeachment de Bolsonaro

“Não tem jeito de fazer um impeachment se a gente tiver com as contas arrumadas, tudo em dia. Acabou! Não tem jeito”, disse ministro da Economia

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O ministro da Economia, Paulo Guedes, diz que é preciso defender as reformas da economia para que se evite um impeachment de Jair Bolsonaro, uma vez que “não tem jeito de fazer um impeachment se a gente tiver com as contas arrumadas”.

“Nós tamo defendendo liberdade: liberdade econômica, liberdade política. É … nós sabemos o que nós tamo defendendo. E num … e num … e tamos agora no meio dessa confusão, derrubando a última… a última torre do inimigo. Que uma coisa é que nós vamos fazer a reconstrução e a nossa transformação econômica”, disse Guedes, como mostra a transcrição da reunião ministerial de 22 de abril.

“A outra coisa são as torres do inimigo que a gente tinha que derrubar. Uma era o excesso de gasto na previdência, derrubamos assim que entramos. A segunda torre era os juros. Os juros tão descendo e vão descer mais ainda. O… o Campos (Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central) tem o mapa já”, disse.

Guedes também fala da necessidade de se manter as exportações para a China: “A China é aquele cara que cê sabe que cê tem que aguentar, porque pro cês terem uma ideia, pra cada um dólar que o Brasil exporta pros Estados Unidos, exporta três pra China”.

“Você sabe que ele é diferente de você. Cê sabe que geopoliticamente cê tá do lado de cá. Agora, cê sabe o seguinte, não deixa jogar fora aquilo ali não porque aquilo ali é comida nossa. Nós tamo exportando pra aqueles cara. Não vamos vender pra eles ponto crítico nosso, mas vamos vender a nossa soja pra eles. Isso a gente pode vender à vontade. Eles precisam comer, eles precisam comer”.

Leia também:  Governo não quer aumentar benefício a trabalhador com corte salarial

O ministro da Economia citou ainda o funcionalismo público como inimigo: “Então nós sabemos e é nessa confusão toda, todo mundo tá achando que tão distraído, abraçaram a gente, enrolaram com a gente. Nós já botamo (sic) a granada no bolso do inimigo. Dois anos sem aumento de salário. Era a terceira torre que nós pedimos pra derrubar. Nós vamos derrubar agora, também. Isso vai nos dar tranquilidade de ir até o final. Não tem jeito de fazer um impeachment se a gente tiver com as contas arrumadas, tudo em dia. Acabou! Não tem jeito. Não tem jeito”.

 

Leia Também
Guedes e Novaes defendem privatização do Banco do Brasil
Bolsonaro: “Se essa cambada chegasse no poder em 64, a gente tava fodido”
Guedes quer ganhar dinheiro ajudando as grandes empresas
Moro x Bolsonaro: Leia a transcrição do vídeo da reunião ministerial divulgada pelo STF
Bolsonaro quer “todo mundo armado” para reagir a quem pensa diferente dele
A vida pregressa de Moro: GGN investiga a trajetória do ex-juiz com ajuda de leitores

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. Ate quando este idiota vai mentir?
    O brasil ja estava na merda, e o virus fez o papel dele; ressaltou as cormobidades e jogou o pais na UTI.

    6
    1
  2. Defende? O ultraliberalismo “pinochetiano” dele é em tudo o contrario do que necessita a economia do Brasil. Com ele não haverá a mínima condição de reeleição do animador de alienados.

    4
    1
  3. O mais interessante que ví nessa reunião, quanto ao Guedes, não foram as obsessões neoliberais, que não são novidade. Foi o fato de que ele e uma outra nulidade ainda maior, cujo nome nem me lembro, estavam fazendo um lobby descarado em favor de um cassino.
    Com toda a certeza há sujeira grossa aí.
    Outra, a pasta dele não é a responsável pelo combate à sonegação?
    E, não são os cassinos notórios antros de sonegação, corrupção e lavagem de dinheiro no mundo todo?

  4. Impeachment? Será mesmo um bom negócio tirar o Bozo e colocar o Mourao? Essa laia tem que sangrar até 2022 e levar uma surra nas urnas. Fora disso, só guerra civil.

    • General ou capitão não faz diferença… quem representa mesmo os interesses de nossa Elite Rentista é P. Guedes. O medo do “cara” é fracassar por conta da crise econômico-sanitária que pode se agravar com o bloqueio que Trump ameaça impor ao nosso país…

  5. O GSI é responsável pela segurança dos amigos do Presidente?

    É que o Bostonaro afirmou que não ia esperar foder sua familia e seus AMIGOS para trocar o manda chuva do GSI.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome