Paulo Guedes tentará capitalizar a Previdência depois da pandemia

Cada brasileiro deixará de contar com o apoio do Estado na sua contribuição previdenciária e deverá poupar dinheiro para sua própria aposentadoria

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – É destaque no UOL desta quarta (15) o plano de Paulo Guedes para o pós-pandemia de coronavírus no Brasil. O ministro da Economia dará encaminhamento ao seu pacote de reformas, que inclui a capitalização da Previdência Social. Na prática, cada brasileiro com carteira assinada deixará de contar com o apoio do Estado na sua contribuição previdenciária e deverá poupar dinheiro para sua própria aposentadoria.

Nas palavras da reportagem do UOL, o governo Bolsonaro quer “criar o regime previdenciário de capitalização para quem se formalizar. (…) Não há contribuições do governo” no regime geral. Para atenuar a resistência no Congresso, a equipe econômica pensa em “garantir uma complementação do governo para quem não conseguir atingir o valor do salário mínimo como valor da aposentadoria.”

Em 2019, quando Guedes começou a fazer os primeiros movimentos pela capitalização da Previdência no Brasil, a jornalista Patricia Faermann, repórter do GGN no Chile, produziu um documentário inédito sobre os efeitos dramáticos da privatização da aposentadoria naquele País. Assista abaixo:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Mortes diárias por coronavírus vão aumentar em outubro, diz OMS

9 comentários

  1. Ele quer fugir do país com o escangalhamento feito.
    A pergunta é se vamos deixar esse fazer estas duas coisas.

  2. Não há chance dele vazar antes de destruir o Estado brasileiro e, do lado do trabalhador, chegar perto de abolir a Lei Áurea. Ele é o interventor nomeado pelo mercado parasita, que esteve por trás do golpe jurídico-parlamentar-midiático de 2016 e é quem manda DE FATO no atual “governo”.

  3. Já soubemos, ontem pela internet, que foi publicado um edital favorecendo a ele, atraves do seu banco BTG PACTUAL, que recebeu do governo ao qual ele faz parte, titulos do governo chamados de títulos podres, e sem dar quaisquer explicaçoes bem fundamentadas sobre muitos detalhes dessa transação espurea, muito menos ainda sobre o detalhamento dos titulos, quais sao esses titulos, a quem pertencem etc. a operação representa apenas 2,5 BILHOES DE REAIS, pouquinho, apenas uma gorjetinha. Grande bandido. Grandes bandidos. Hao de pagar.

  4. Cadê os titulos podres que foram passados ao seu banco BTG PACTUAL ainda essa semana passada, já divulgado o edital, inclusive, sem quaisquer explicaçoes a midia ou a quem quer que fosse.

  5. Ora, o botafogo e o nhonho são totalmente favoraveis a desgraça do povo, simplesmente são eles que chancelam no congresso as patifarias desse desgoverno, não podem sair impunes da patranha…..

  6. Façam sua escolhas!
    Samba de uma nota só.
    São dois prá dois prá cá.
    Pagode russo, que mais; que mais

    O mundo diante de uma pandemia econômica ser par em sua história, governos das mais variadas colorações ideológicas buscando alternativas inovadoras para aquecer seus mercados, procurando agir quando possível em bloco com fortes incentivos às famílias para voltarem a consumir, tal que se aterrissasse algum astronauta vindo da Estação Espacial Internacional e não tivesse tido conhecimento do corona, chegaria fácil a conclusão que o mundo está passando por uma revolução planetária nos moldes trotskistas, tal a convergência em ermos econômicos.

    E o que faz o nosso Boss, tá? Fica patinando entre uma proposta antiga e fracassada e outra mais antiga ainda, quando deveria estar promovendo palestras com economistas de várias tendencias para se chegar a uma síntese.

    Mas não, parece um jegue empacado, que quanto mais é aconselhado a mudar de rumo mais se aferra ao rumo torto.

    Isso tem um explicação e não é econômica, é psicológica e o Nassif já disse aqui; ele foi vitima de bullyng por colegas de mercado e agora tenta passar suas ideias como quem passa uma boiada ou melhor dizendo a jumentada que é o coletivo de jumento.
    Tamiflú, tofú, tamofú

  7. Interessante como essa gente que está no governo atua: acabam com a previdência dos civis- porque a dos militares não é preciso mexe, afinal eles vão em muitas guerras-, e insistem em dizer que isso será ÓTIMO para todo mundo. Acabam com o SUS e dizem que vai ser melhor ainda, acabam com a mínimo proteção trabalhista e dizem que agora será o mundo dos sonhos de todos. Acabam com a aposentadoria e dizem que será maravilhoso trabalhar até morrer!!! De galho em galho, a classe média embrulhada na horrorosa bandeira verde amarela, vai se aproximando cada vez mais do proletariado e tudo indica que está achando muito bom!!! Quem lembra da canção: “Esse é um país que vai pra frente/ de uma gente amiga e tão contente…oHOHOHOH !!!! Tudo está a indicar que é isso mesmo!!!!

  8. Acho legal. É um “revival” da época da ditadura, quando pipocavam “cadernetas de ” poupança premiada “, as Haspas, as Delfins, os títulos de capitalização, as previdências privadas garantidas pelo exército, os Montepios, as Caixas de Pecúlio, as Capemis da vida, que embolsaram gloriosamente o dinheiro dos contribuintes e faliram no meio do caminho, deixando seus segurados sem dinheiro e sem direitos.
    Bendito seja o Guedes, o ungido de satanás e reverenciado em suas hostes.
    É mesmo de se apagar a história e matar os velhos de COVID.

    Tem certas coisas que o povo não deve lembrar e os jovens não podem saber ou aprender, como por exemplo, que o litro de óleo tem 1000 mililitros e não 900, que uma embalagem de produto não contém o peso que indica no rótulo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome