Spoofing: Lava Jato mirou Wadih Damous em represália à sua atuação

Lava Jato usava do acesso às informações do Estado como instrumento de intimidação ou chantagem

Na Lava Jato, a perseguição a Lula estava patente. Nos diálogos captados pela Operação Spoofing, vê-se com clareza como a organização da Lava Jato atuava para avançar sobre todos os relacionamentos de Lula.

Aqui, o homem da Receita na Força Tarefa, Roberto Leonel, ajuda o Ministério Público Federal a investigar os filhos de Lula. Posteriormente, foi indicado por Sérgio Moro para o COAF.

O material é passado para o procurador Douglas Fischer. Tentam, também, levantar material contra o deputado Wadih Damous, em represália contra sua atuação crítica à Lava Jato.

Nesse ponto, revela-se o caráter extraordinariamente autoritário do grupo. Valendo-se do acesso a todas as informações do Estado, usavam como instrumentos de intimidação ou chantagem.

Uma figura chave nessa história – e que poderia fornecer enormes subsídios à corregedoria do Conselho Nacional de Justiça – é a ex-diretora da secretaria da 13ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba, e ex-chefe de gabinete de Sergio Moro no Ministério da Justiça, Flávia Cecília Maceno Blanco. Atualmnente ela trabalha no gabinete da deputada Rosângela Moro.

Era a longa mão de Sérgio Moro na Justiça Federal, encaminhando documentos sigilosos aos procuradores da Lava Jato e tendo informações estratégicas sobre o destino dos depósitos judiciais.

5/16

18:55:09 Julio Noronha Delta, pedi para o Leonel checar aquela questão do telefone e as empresas dos filhos tb alteraram o telefone:

18:55:22 Julio Noronha Positivo Várias alteraram no mesmo dia 21/3/2016 Flexbr Lils LLF Engesaer ? De jairo Cândido Há outras com este telefone ainda no cnpj Luna tecnologia Voloex participações de um chinês Biosyntetica Urban Value

19:01:54 Diogo safadinhos

19:28:54 Julio Noronha Já passamos a info para o Douglas Fischer

19:49:50 Welter Prr http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/05/1767427-janot-oferece-denuncia-contra-ex-presidente-lula-ao-stf.shtml

20:00:20 Laura Tessler Ijuí

20:00:35 Laura Tessler Ijuí

20:00:54 Laura Tessler Uhuuuu

21:10:42 Paulo Q história é essa de temer cassado??

21:11:16 Paulo Condenado pelo tre

21:31:24 Deltan shou

23:10:33 Paulo Wadih damous era suplente e agora o titular voltou… Será q tem material p investigação contra ele?

23:12:33 Roberson MPF Ele “embaraçando” na investigação do Lula

23:12:42 Roberson MPF Mas autos não estão conosco

23:13:28 Athayde esse fdp merece grade… e qdo quiser colaborar vamos virar as costas pq ele disse q preso nao faz espontaneamente.. rs

23:14:27 Roberson MPF Boa Tata! Ótima!!

23:14:34 Diogo To gostando

23:50:03 Deltan Tem sim o projeto que propôs caracteriza embaraço à inv kkk

23:52:41 Deltan Laura e Isabel, dará tempo das improbidades novas para coletiva de sexta? Deixem-me saber Qdo souberem. Seria bom oferecer um pacote

23:53:17 Deltan Precisaremos dos números e dados centrais e um release tb

19 agosto 2015

Aqui Deltan vaza para uma jornalista um documento contra Gleisi Hoffman, que tinha foro no STF. Gleisi era alvo do Deltan..pq ele queria ser candidato ao Senado

6:33:32 Camila Bonfim Oi. Me disseram que há um relatório que aponta o envolvimento de Paulo Bernardo e de Gleisi (como já tínhamos conversado em off que estava em apuração). Estou atrás desse material. O Sr pode me ajudar em off? Documento detalha a participação dos dois
16:33:40 Camila Bonfim Podemos fazer naquele molde

Luis Nassif

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Quando lemos essas reportagens, sem juízo de valor das afirmações do portal, cidadãos comuns não tem como checar e cravar a veracidade, porém, o portal é respeitável, se isso se confirmar, estamos mesmo diante de uma quadrilha organizada para o crime persecutório e com credenciais de agentes do estado, infiltrados, para crimes e para beneficio ideológico politico, fora completamente do dever funcional, republicano e constitucional, é inimaginável porque ainda não estão presos.

  2. Por concursos públicos que incluam um psicotécnico rigoroso! Estamos rasgando muito dinheiro com indivíduos visivelmente desequilibrados, sádicos e de indole perversa.

  3. A coligação facínora na Lava Jato além do plano para usurpar dinheiro da Petrobras, também estava cheia de planos políticos. Queriam ser penetras no STF. no senado e onde mais houvesse imunidades e foro privilegiados para ampliar seus poderes e tentáculos e ficarem protegido cdos crimes e das bandidagens. No final toda a ganância da quadrilha só serviu para desmascarar a face bandida, criminosa e delinquente dos meliantes facínoras de boa parte da justica do Paraná.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador