Embate contra STF está no radar internacional, diz Chade

Em artigo, jornalista afirma que indulto de Jair Bolsonaro a Silveira aumenta preocupação de órgãos internacionais sobre democracia no Brasil

O presidente da República,Jair Bolsonaro. Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O indulto ao deputado federal Daniel Silveira (PTB) concedido pelo presidente Jair Bolsonaro reforça a preocupação internacional sobre a democracia brasileira na reta final do governo bolsonarista.

Em artigo publicado no portal UOL, o jornalista Jamil Chade afirma que o embate entre Bolsonaro e o poder Judiciário é apontado por entidades internacionais como “um dos principais aspectos da ameaça autoritária que paira sobre o Brasil em 2022”.

As preocupações com o autoritarismo brasileiro já foram externadas em 2021, às vésperas do dia 07 de setembro, quando o Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos mostrou sinais de preocupação com as ameaças contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

As preocupações sobre casos de discurso de ódio contra povos indígenas e ameaças contra o STF foram inclusive reiteradas pelo Escritório Regional para a América do Sul da entidade.

Outra autoridade que externou sua preocupação sobre o avanço do autoritarismo no Brasil foi Clément Nyaletsossi Voule, relator especial da ONU sobre o direito à liberdade de reunião e associação pacífica, que externou seu temor sobre a possibilidade de que alguns políticos “não reconheçam a legitimidade dos resultados” das eleições presidenciais.

Leia Também

A graça constitucional de Jair e a desgraça do Brasil, por Eliara Santana

Eleições 2022 – Como respeitar os dados pessoais e a privacidade dos Eleitores?, por Fernando Gomes Miguel

A invalidade do decreto de indulto individual por vício motivacional, por Paulo Calmon Nogueira da Gama

Após indulto de Bolsonaro a Silveira, especialistas analisam e criticam a medida controversa

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador