STF pauta julgamento de recurso de Arthur Lira

Tatiane Correia
Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.
[email protected]

Presidente da Câmara é acusado de receber R$ 106 mil em propina; caso será julgado na próxima terça-feira pela Primeira Turma da Corte

Presidente da Câmara dos Deputaos, Arthur Lira. Foto: Lula Marques/ Agência Brasil.

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar na próxima terça-feira (06/06) o recurso onde o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), contesta a decisão que o tornou réu por corrupção passiva.

O caso foi liberado para julgamento depois que o ministro Dias Toffoli liberou o caso, suspenso por um pedido de vista desde 2020.

Em 2012, um dos assessores parlamentares de Lira foi pego no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, tentando embarcar para Brasília com R$ 106 mil em espécie, que seria fruto de propina.

Lira chegou a admitir que pagou as passagens de ida e volta do assessor à São Paulo, mas alegou não saber sobre o dinheiro.

Em 2019, o STF aceitou denúncia proposta pela Procuradoria-Geral da República (PGR), mas Lira não virou réu efetivamente por conta de recurso contra a decisão – e é esse recurso que será julgado na próxima semana.

Da Agência Brasil

Leia Também

Tatiane Correia

Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador