Revista GGN

Assine

Dilma não critica postura do STF mas manifesta preocupação por Genoino

Jornal GGN - Tantos reclamando que a presidente Dilma não se pronunciava a respeito das prisões de José Genoino, José Dirceu e Delúbio Soares, como também de seu silêncio sobre as decisões monocráticas de Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal. Nas redes sociais, o grande lamento por sua mudez, como se apoiadores se sentissem traídos por este silêncio.

Mas, finalmente, em entrevista concedida na quarta-feira (20), para rádios de Campinas, a presidente rompeu seu silêncio. Seu posicionamento não deixa de ser uma boa resposta aos anseios daqueles que esperavam uma declaração bombástica de defesa dos petistas, em especial José Genoino. Dilma declara, como presidente, ser impedida de dar declarações sobre atos dos outros Poderes, justamente para manter uma relação harmônica. Mas, segundo ela, isso não significa que não tenha suas convicções, mas sim, enquanto for presidente, não vai fazer “críticas ou análises a respeito de sentenças da Suprema Corte”, e também que acha que “esse é um procedimento exigido dos presidentes dos poderes, não é só de mim, é no sentido de respeito ao outro poder e de convivência harmônica, pois caso contrário eu estaria desrespeitando a Constituição”, declarou Dilma.

Dilma diz ainda que este respeito não a impede de fazer considerações sobre “aspectos humanitários”. E é neste sentido que manifestou-se sobre saúde de José Genoino, e enfatizou que é importante que saibam que tem uma relação pessoal com a família do deputado, pois esteve encarcerada junto com rioco, mulher de Genoino, durante o período da ditadura militar. “Portanto, manifestei a minha procupação com a saúde dele em caráter estritamente pessoal”, concluiu a presidente.

Veja a íntegra da matéria publicada no Blog do Planalto

Dilma: Não faço observações, críticas ou análises a respeito de sentenças da Suprema Corte do meu país

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (20), em entrevista para rádios de Campinas, que a saúde fiscal do país está robusta e que foi necessário desonerar vários setores da economia para melhorar a produtividade e a competitividade do país. Dilma falou sobre o portal Empresa Simples, que terá como função reduzir o tempo de abertura e fechamento de empresas para um prazo máximo de cinco dias. Na entrevista, a presidenta também disse que não faz observações, críticas ou análises a respeito de sentenças da Suprema Corte. Ela manifestou ainda “preocupação humanitária” com a saúde do deputado José Genoino. Leia abaixo os principais trechos da entrevista:

Sentenças do Supremo Tribunal Federal

Eu sou presidenta da República e queria te dizer que eu tenho, como presidenta, ter e cumprir alguns requisitos. Um deles é o absoluto respeito à Constituição. Para você ter uma ideia, o artigo 2º da Constituição diz que são poderes, sei assim praticamente de cor, são poderes da União e independentes e harmônicos entre si o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Quer dizer que somos independentes uns dos outros, mas somos harmônicos. Eu não me permito como presidenta fazer qualquer observação, análise ou avaliação sobre atos do poder Judiciário, em especial, aí no caso, eu estou me referindo a decisões do STF. Isso não significa que eu não tenha minhas convicções, eu as tenho. No entanto, enquanto eu for presidenta, minha condução vai ser essa. Eu não faço observações, críticas ou análises a respeito de sentenças da Suprema Corte do meu país, e acho que esse é um procedimento exigido dos presidentes dos poderes, não é só de mim, é dos presidentes dos poderes no sentido de respeito ao outro poder e de convivência harmônica, pois caso contrário eu estaria desrespeitando a Constituição. Isso não me impede de fazer considerações sobre aspectos humanitários. Eu manifestei de fato uma grande preocupação humanitária em relação à saúde do deputado federal José Genoino. Fiz porque sei as condições de saúde dele, ele teve uma doença extremamente grave do coração, e sei que ele toma anticoagulante, e ao mesmo tempo é importante que eu te diga que tenho uma relação pessoal com a família do Genoino, eu estive encarcerada com a mulher do Genoíno, que se chama Rioco, durante o período da ditadura militar. Portanto, manifestei a minha preopcuação com a saúde dele em caráter estritamente pessoal.

Economia

A saúde fiscal do pais está bastante robusta. E quero dizer que a gente sim tinha de desonerar, porque melhora a vida das pessoas, melhora a produtivdade e competitividade. A folha de pagamento foi desonerada em 56 setores (…) Eliminamos a incidência de IPI sobre bens de capital e materiais de construção para viabilizar investimentos e construção de moradias (…) Reduzimos em R$ 44,5 bilhões o que o Brasil pagava de imposto em 2012. Em 2013 serão R$ 70 bilhões e isso vai produzir uma diminuição do custo e aumento da competitividade. Nosso objetivo principal foi estimular o crescimento e gerar mais empregos.

Empresa Simples

Com a Redesim queremos para as pequenas e microempresas unificar esse guichê, fazer com que o Estado unifique sua relação com o contribuinte e diminua as exigências, torne elas mais racionais. Com isso também queremos ampliar a Redesim para além dos micro e pequenos, queremos também que atenda o grande empreendedor (…) Queremos reduzir para cinco dias o prazo total que o dono do negócio vai ter para abrir seu negócio. Importante que se diga que 95% das empresas que abrem seu pequeno negócio podemos perfeitamente fazer essa abertura de empresa em cinco dias.

 

Média: 5 (3 votos)
13 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Orlando Soares Varêda
Orlando Soares Varêda

  Entendo que a presidenta

 

Entendo que a presidenta Dilma e o ex-presidente Lula, em não sendo suinocultores, não devam alimentar, dando lavagem aos suínos. Mesmo porquê, quem com porcos se mistura, farelos vem a comer.

Orlando

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Compreendo o silêncio da Dilma.

Eu como petista compreendo o silêncio da Dilma neste caso do mensalão.

Não devemos esquecer que a Dilma não é presidente do PT, e sim de todos os brasileiros.

Portanto, não cabe como presidenta da nação defender um partido.

Outra, ela como chefe do executivo, não pode criticar o chefe do judiciário, senão haverá choque entre os poderes.

Agora, não duvido se a Dilma encontrar o Barbosa nos corredos do palacio, chama-lo no canto, um dá-lhe um esporro, pagar geral.  Pô cara, tu tá pisando na bola, está vacilando, não se esqueça que quem colocou você lá fomos nós, vacilão ! rs !

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Consagre os seus sonhos e projetos ao Senhor, e eles serão bem sucedidos, creia.

gAS

imagem de Durvalino
Durvalino

..... serah q em toda PAPUDA

..... serah q em toda PAPUDA   so tem um prisioneiro com problemas cardiacos ????  tadinho ne´´´´.

enquanto a  maré estava a favor prosopopeiou a vontade, agora é soh remedinhos e exames !!

Seu voto: Nenhum

Ok, só que não é que ela fala

Ok, só que não é que ela fala ou deixa de falar que me preocupa. É o que ela deixa de fazer. Porque de fato seu governo teve particpaçao nesse circo midiático. Todas as ilegalidades foram cometidas com os presos sob a custódia da PF, que é subordinado (?) ao ministro da justiça, que por sua vez é subordinado (?) à presidencia.

Ninguém é obrigado a cometer ilegalidade, mesmo que sob ordens do presidente do Supremo

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Juliano Santos

Alfinetada

Entendo que Dilma deu uma alfinetada do presidente do stf ao dizer que: "enquanto eu for presidenta, minha condução vai ser essa. Eu não faço observações, críticas ou análises a respeito de sentenças da Suprema Corte do meu país, e acho que esse é um procedimento exigido dos presidentes dos poderes, não é só de mim, é dos presidentes dos poderes no sentido de respeito ao outro poder e de convivência harmônica, pois caso contrário eu estaria desrespeitando a Constituição."

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Marcinha
Marcinha

Apoio a Dilma quanto ao que

Apoio a Dilma quanto ao que julga impossibilidade de se manifestar. Nossa democracia é muito frágil para suportar crises institucionais.

Se ela não pode se manifestar, nada impede a nós e é por isso que estamos aqui dia e noite apontando as ilegalidades do julgamento - como não pudemos fazer em 2005.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Concordo com vc em gênero,

Concordo com vc em gênero, número e grau. Lula e Dilma não tem que se meter nesse rolo. O barulho é nosso com a Mídia, no caso, representada, sabe-se lá pq pelo STF mais especificamente, na figura de JB que valendo-se de sua condição de Presidente,Relator, Promotor, Perito, Fical, carimbador e costurador de um processo só, passou a perseguir cidadãos.

A briga é nossa e muita calma nessa hora, pq ao que tudo indica, a Mídia vai pular do barco e deixar o STF na podre. Pressionaram os ministros que atacaram ,fortemente, a sociedade, que revidou pesado, pelas redes sociais e que vai acabar sendo retaliada pelo STF... Mídia e MPF, vão ficar de boa na lagoa.  A mídia vai fazer do STF, a milicada da vez e a sociedade vai acabar nutrindo por seus membros o mesmo sentimento que nutriu pelos militares. Na hora em que tivermos que optar entre STF e Mídia, é a hora de nos livrararmos da mídia. O resto acerta depois.

Seu voto: Nenhum
imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Infelizmente a nossa

Infelizmente a nossa Presidente mostra pequenes nas atitudes. Para não dizer covardia.

Ora, ela é presidente legitimamente eleita, goza de popularidade alta. Qual o problema em se manifestar em um caso de flagrante injustiça ? Ela tem medo do que ? Até setores da mídia oposicionista iriam defendê-la, tenho certeza. E quem não defendesse e criticasse não iria mudar nada, visto que sempre assim o fazem. Quem é Joaquim Barbosa perto da Presidente ?  Ninguem.

É muito medo para pouca coisa.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Dilma é presidente da República

Quando se assume a presidência, passa-se a representar todos os brasileiros e o próprio Estado.

E como representante do Executivo, Não convém à presidente entrar em choque com outro poder, por mais destrambelhada que seja suas deliberações.

Para isso, há os representantes do partido. Destes sim, deve-se extranhar o silêncio, Inclusive o de Lula.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Motta Araujo
Motta Araujo

Brasileiros não gostam de ser

Brasileiros não gostam de ser claros e objetivos. Estrangeiros inteleigentes e observadores percebem logo isso.

Quando um executivo estrangeiro vai a um Ministro propor um projeto é sempre bem recebido e tem a impressão que vai vender sua ideia. Nada a ver. Ninguem lhe dirá que seu projeto não tem nenhuma chance. Brasileiros preferem ser gentis e causar boa impressão e com isso não são claros como um alemão ou americano.

Não existe absolutamente nada de improprio a  Presidente do Pais fazer criticas fundamentadas ao Supremo. Os Ministro do Supremo costumam fazer criticas a tudo e a todos. É um direito da Presidente. Ser claro e apresentar objeções e sua visão do que achar errado faz parte da Democracia.

O Presidente Roosevelt teve uma batalha contra a Suprema Corte, batalha aberta, franca, clara. Achava Suprema Corte conservadora demais, impenetravel aos novos tempos e aos desafios causados pela Grande Depressão de 1929.

Roosevelt manifestava seu ponto de vista contrario à Suprema Corte sempre que podia, pelo radio e pelos jornais.

Tentou ampliar em 6 o numero de juizes, não conseguiu passar no Congresso mas no final teve maioria na Corte.

Lutou contra os juizes nos seus quatro mandatos, nunca deu tregua e dizia porque, tinha razões e as expunha.

 

http://content.time.com/time/specials/packages/article/0,28804,2085383_2...

Seu voto: Nenhum

André concordo com a lembrança do Roosevelt mas...

hoje a situação da Dilma é bem diferente: está claro que a real oposição "política" é a globo (+ os demais jornais/revistas mas estes estão a caminho do fechamento). O grupo globo controle o discurso da "oposição" partidária, e conseguiu controlar as altas esferas do "judiciário".

Dilma não se sente segura em comprar uma briga direta com a globo, alias nem o Lula fez isso. Ambos devem estar esperando um momento de enfraquecimento do inimigo real. Estão á espera de um momento que vai chegar, é só ver a queda de penetração do grupo. E o apodrecimento da AP 470, que deve começar a aparecer logo vai certamente dar mais cacife político para Dilma. 

Mas também não sei se ela terá coragem para esta guerra, sem desmerecer a capacidade e coragem dela alias.

Seu voto: Nenhum
imagem de Daytona
Daytona

Concordo com você, em tempos

Concordo com você, em tempos de ditadura judiciária, com a prisão de Dirceu e Genoíno, o que Lula está fazendo?Mobilizando forças pela aprovação do Marco Civil da Internet.

A aliança entre os grupos de mídia e o Judiciário fazem todo o sentido, não apenas por serem instituições conservadores, verdadeiros resquícios da ditadura, mas também pro serem ambas instituições que dependem tão somente das aparências: a TV, criando sua realidade fantasiosa, principalmente no que deveria ser não-ficção, como so telejornais;o Judiciário, a instituicionalziação do bacharelismo, ideologia responsável pelo que o Brasil possui de mais atrasado, desde seus princípios, no século XIX, quando bacharéis, filhos de fazendeiros escravocratas, ostentavam desavergonhadamente seus diplomas, e abusavam da retórica liberal em voga, cujo principal mote era o princípio da Liberdade.

São duas instituições baseadas nas asparências, sem qualquer ligação com o mundo real. O Judiciário é a principal mãquina de injustiças do país, a televisão, fabricante de ilusões. Nada mais natural que se alinhem.

Seu voto: Nenhum
imagem de DanielQuireza
DanielQuireza

Mas a briga não seria com a

Mas a briga não seria com a Globo, no máximo com o JB. Até integrantes da Globo ficariam a favor dela. Lembrando que o JN de outro dia deu um minuto do manifesto contra o JB. Ela não precisaria defender os réus, mas dizer claramente que ele deveria ter sido preso em regime semi aberto, em seu local de residencia e ainda gozar de prisão domiciliar devido ao seu estado de saúde. Não faria mal algum. Se soubesse comunicar bem, a grande opinião pública ficaria a seu favor. As mídias já são contra ela, nada mudaria.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de J Fernando
J Fernando

Só você acredita nisso

Qualquer manifestação de Dilma e Lula sobre as prisões vira manchete de capa de todos os jornais.

Neste momento, em que a prisão de Genoína já causou muita indignação, seria ingenuidade da presidente se manifestar com maior rigor sobre o assunto.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.