Revista GGN

Assine

O desaparecimento dos manifestantes contra a corrupção, por Francisco Toledo

Jornal GGN - Em artigo no Brasil Post, o fundador da agência Democratize, Francisco Toledo, falou sobre a hipocrisia das manifestações contra a corrupção. “Sim, talvez você faça parte desse grupo. Capaz que você nem imagine o quão hipócrita é, por apenas ter servido como massa de manobra de interesses mesquinhos de um grupo bem específico”.

Para ele, o silêncio que veio depois do impeachment da presidente Dilma Rousseff é inaceitável. “Faço esse texto porque não ouço panelas batendo. Não vejo manifestantes com a cara pintada e a bandeira do Brasil nas ruas. Muito menos congressistas irritados com a corrupção na frente das câmeras, e a abraçando antes de dormir longe dos holofotes”.

Do Brasil Post

Procura-se: Um manifestante que seja contra a corrupção

Por Francisco Toledo

O poeta e escritor francês Honoré de Balzac dizia que "os costumes são a hipocrisia de uma nação". Acho que essa frase vale mais do que nunca para nós, brasileiros.

Não acredito em generalização, claro. Não somos todos nós os hipócritas. Pelo menos os hipócritas da vez. E sim eles, os "manifestantes contra a corrupção".

Sim, talvez você faça parte desse grupo. Capaz que você nem imagine o quão hipócrita é, por apenas ter servido como massa de manobra de interesses mesquinhos de um grupo bem específico.

Mas, talvez você saiba da sua hipocrisia, e não tenha a menor vergonha de admiti-la.

De qualquer forma, foram alguns os milhões de brasileiros que ocuparam as ruas desde o ano passado para protestar contra a corrupção - e consequentemente pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Veja bem: a impopularidade de Dilma era algo que quase partia do senso comum do brasileiro. A diferença se encontra nos motivos e causas que geraram tal indignação.

Por exemplo, as classes C, D e E não gostavam de Dilma não por achar ela culpada de toda a corrupção denunciada pela Lava Jato. Eles não aprovavam seu governo por justamente não ter dado continuidade aos programas e avanços do governo Lula. O ajuste fiscal, a perda de consumo, tudo isso foi um reflexo de sua impopularidade com a classe trabalhadora.

Já vocês, os "manifestantes contra a corrupção", pouco se importam com o ajuste fiscal. Terceirização, privatização e corte em programas sociais é visto como algo positivo por boa parte daquela massa confusa que ocupou as ruas.

Digo boa parte porque não são todos assim em sua totalidade. Como disse acima, talvez você seja "manifestante contra a corrupção", mas também tenha sido parte de uma massa de manobra bem articulada.

Faço esse texto porque não ouço panelas batendo. Não vejo manifestantes com a cara pintada e a bandeira do Brasil nas ruas.

Muito menos congressistas irritados com a corrupção na frente das câmeras, e a abraçando antes de dormir longe dos holofotes.

Pelo menos 7 dos novos ministros indicados por Michel Temer estão sendo investigados pela Justiça. Alguns até mesmo são investigados pela Polícia Federal na operação Lava Jato.

Nem por isso o grupo fascistoide Revoltados On Line fez protesto na frente da casa desses novos ministros - assim como o fizeram quando Lula foi quase indicado para o Ministério da Casa Civil por Dilma.

E o senador Aécio Neves? O ministro do STF, Gilmar Mendes, em menos de 24 horas, aceitou os argumentos do tucano e seus advogados, suspendendo as investigações sobre Aécio no caso de Furnas.

Resolvi fuçar a página dos liberais do Movimento Brasil Livre. Nenhuma postagem sobre.

NENHUMA. NENHUMA NOTA. NADA.

Pensei em pegar um cartaz e escrever em letras garrafais: PROCURA-SE O MANIFESTANTE CONTRA A CORRUPÇÃO. Onde ele foi parar?

A resposta é mais simples do que você imagina.

Nunca existiu nenhuma campanha popular contra a corrupção. A corrupção nada mais é do que o instrumento de grupos políticos pré-estabelecidos em um sistema corrupto para atacar seu rival, geralmente da situação (governo). Quando o cenário muda de lado, é a vez desse grupo político se defender das acusações.

A corrupção faz parte de um sistema que concilia partidos políticos com os interesses de multinacionais e empresas privadas, aceitando doações generosas para campanhas políticas.

E meu amigo, nenhum desses que estão no novo governo defendem o fim do financiamento privado. Nem os fascistoides do Revoltados Revolts. Nem os liberuxos do MBL. Nem mesmo o Temer, oras.

"Mas, primeiro derrubamos a Dilma, agora iremos derrubar o restante".

Não, amigo. Não vão não.

Esses grupos que organizaram os protestos contra Temer já fazem campanha em defesa de seu novo governo. Talvez porque enquanto vocês torravam no sol durante a mega-ultra-manifestação na Avenida Paulista, esses caras que lideram tais grupos estavam ali nos bastidores, negociando cargos e ganhos em cima de tudo isso.

É diferente de 2013.

Em 2013 não havia lideranças. Não era preciso três carros de som gigantescos para colocar milhões de pessoas na rua. Muito menos era preciso protestar só nos domingos - pelo contrário, era todo dia, toda noite, toda madrugada se for preciso.

Ainda dá tempo de negar essa hipocrisia, e entender o jogo como funciona.

Antes que seja tarde. Não é preciso "temer".

Média: 4.6 (40 votos)
37 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de serralheiro 70
serralheiro 70

hipocrisia

Hipocrisia e rede groubo, tudo a ver!  Não tem mais apelo para saúde padrão fifa? e educação de qualidade para todos? e o passe livre no transporte público ? tá tudo dominado.

Seu voto: Nenhum
imagem de JeffBrasil
JeffBrasil

VOLTA DILMA ! !             

VOLTA DILMA ! !              VOLTA DILMA ! !                VOLTA DILMA ! !                 VOLTA DILMA ! !              VOLTA DILMA ! !              

              VOLTA DILMA ! !                VOLTA DILMA ! !              VOLTA DILMA ! !                         VOLTA DILMA ! !     

Seu voto: Nenhum
imagem de Felipe Lopes
Felipe Lopes

Os manifestantes contra FHC também sumiram quando Lula chegou...

Os manifestantes contra FHC também reclamavam contra a corrupção, contra o coronelismo, a favor de um plano de carreira para os funcionários públicos, etc, etc, etc. Mas quando Lula chamou Sarney de "homem incomum" em público e o blindou contra as acusações de corrupção, tivemos um silêncio de cemitério nas esquerdas. Quando Lula optou por criar mais e mais cargos de confiança, jogando no lixo qualquer tipo de plano de carreira para o funcionalismo, silêncio mais uma vez. O PT não promoveu simplesmente nenhuma reforma em 13 anos, nunca tentou mudar o status quo. Agora que voltou a ser oposição, poderá até fingir que é contra a estrutura de poder podre do estado brasileiro. Mas quem tem memória não vai se esquecer que o partido nunca teve interesse nisso, nem do silêncio vergonhoso que a esquerda manteve durante as manipulações ideológicas descaradas patrocinadas pelo Sr. Lula.

Seu voto: Nenhum
imagem de Serjão
Serjão

Globo

Estão esperando o novo chamado da Globo. Ou Globo, ou Brasil. Ou um, ou outro.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Sabe quando esses

Sabe quando esses manifestantes "contra a corrupção" voltarão às ruas?

Resposta simples: no dia da votação do impeachment pelo Senado.

Hipocrisia é pouco.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

"O jornal de ontem mentiu. O de hoje está mentindo. O de amanhã não será mais verossímil."

Essa classe média burguesa só queria se livrar de pobres e

pretos nos aeroportos, shoppings e universidades. E pra isso quer se livrar do PT, porque se tem uma coisa que eles entendem é de corrupção, falam do assunto com amestria de quem corrompe e se corrompe com a facilidade de se respirar!

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Ana Bednarski

imagem de Márcia Fernandes
Márcia Fernandes

O desaparecimento dos manifestantes contra a corrupção

Durante as manifestações "anti-corrupção" as ruas se transformaram num grande palco. O espetáculo, pra lá de grotesco, protagonizado por senhoras e senhores que até então circulavam nos espaços entre grades dos condomínios da alta classe média trouxeram às ruas o ambiente doméstico de suas vidas medíocres e hipócritas. Loiras bêbadas e seminuas na Av Paulista chacoalhando garrafas de champagne na cara de dóceis PMs, senhoras e senhores de idade gritando os mais sujos palavrões, espumando de ódio, jovens "sarados" frequentadores dos mais caros e finos ambientes perseguindo, com sangue nos olhos para espancar e linchar, aqueles que, por acaso ou não, vestissem uma peça de roupa vermelha ou que não correspondesse ao seu perfil de branco elite... Quem imaginaria um espetáculo dessa "natureza"? Que roteirista poderia conceber a cena de uma juíza girando a bandeira em total estado de exacerbação e simulação de histeria? Qual diretor teria a visão de cena tão ampla para coordenar a ação de tantos figurantes vociferantes? Que cenógrafo teria a ideia de colocar um enorme pato amarelo em cena como totem da turba?

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de wendel
wendel

Então..............

Esta observação do Toledo é muito oportuna, pois eu tb a sinto entre os que convivo. Os midiotas sumiram, talvez porque, não sei se têm, mas suas consciências talvez os culpem de terem se deixando manipularem. Foram massa de manobra sim, e infelizmente todos nós iremos pagar pela insensatez deste grupelho que não soube ou não sabe se definir politicamente.

Massa de manobra pelos corruptos, isto sim !!!!!!!!!!!!!!!!! 

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Jossimar
Jossimar

"Nem por isso o grupo

"Nem por isso o grupo fascistoide Revoltados On Line fez protesto na frente da casa desses novos ministros - assim como o fizeram quando Lula foi quase indicado para o Ministério da Casa Civil por Dilma."

Estes movimentos tendem a desaparecer visto que não são mais necessários e suas fontes de financiamento secarão.

Outra burrice do governo Dilma que nunca mandou investigar quem eram e quem pagava a conta destes "movimentos".

Por falar em movimento, alguém tem notícia do tal movimento passe livre? Não vi este movimento democrático protestando contra o golpe desfechado contra o Brasil pelos maiores ladrões que já pisaram neste solo.

ah. Eles são apolíticios. Tinha esquecido.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Vocês não estão batendo mais panelas...?!!!

O vídeo no link abaixo, de uma estudante, que recebi e acabei de postar é muito sugestivo a propósito da corrupção e suas indefectíveis panelas que sumiram...

https://www.youtube.com/watch?v=7pK9uy8Jfmw

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Onde estão? (também me pergunto)

As pessoas que se diziam contra a "corrupção do PT" se baseando em matérias da Veja e de O Globo repercutidas no Jornal Nacional, quando essas mesmas pessoas fechavam, e fecham ainda,  seus olhos para os casos onde políticos do PSDB principalmente (como Aécio Neves e José Serra) estão envolvidos?

As pessoas que citavam um barquinho de alumínio, dois pedalinhos, e uma mini-estátua do Cristo Redentor, como provas cabais de que Lula é um ladrão sanguinário; comandante de uma "quadrilha de petralhas" que desvia, desde 2003, de 3% de todos os contratos sob sua responsabilidade?

 (Claro, não pode faltar a pérola dizendo que seu filho é sócio majoritária da Friboi, dono de umas 6 fazendas, e também um dos donos da Oi Telefonia... pausa pra raciocinar: Tasso Gereissati deve ter sido tungado nessa, Lulinha é mesmo um expert na arte de roubar um ladrão, uma vez que foi ele, Jereissati - uma estrela tucana cearense - quem "alaranjou" e se arranjou quando a Oi foi criada no ápice da Privataria Tucana).

(Interessante, nenhum espanto pelo fato de Temer ser proprietário de uma fazenda da 1500 hectares... afinal... convenhamos... Michel Temer faz parte da “gente diferenciada” da nata dos “homens bons”).

As pessoas que ficavam repetindo no facebook e no zap-zap os mesmos hoax de sempre, sempre incriminando Lula e Dilma, sempre os chamando de ladrões, de "corja nojenta do PT" (corja da qual faço parte, pois sou filiado a esse partido)?

As pessoas que se revoltaram quando Dilma chamou Lula para ser seu Ministro Chefe da Casa Civil, por ele ter sido citado (não condenado) em “delação premiada” no âmbito da vaza-jato e agora se calam quando Temer numa canetada só empossa pelo menos 7 “homens bons” citados em depoimentos registrados (não apenas delatados) na mesma operação comandada pelo “semi-deus” Sérgio Moro?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A "corrupção do PT"

É extremamente didática a experiência do esculacho, menosprezo, aviltamento.

Meu voto foi cancelado nessa farsa do "Impíxi". Porque teve o azar de ser voto no mesmo projeto escolhido pelos que não são considerados gente, no sentido pleno do termo.

Foi o mesmo voto dos herdeiros da senzala, nordestinos, iletrados que compõem a maioria do país.

No que dependesse de muitos herdeiros da casa grande, o voto seria censitário. Pobre e iletrado não teria direito de fazer valer sua vontade nas urnas.

A escravidão foi abolida no Brasil, mas não sua estrutura. Ainda existe uma divisão radical, um abismo separando os que são considerados plenamente "pessoas" e os que não o são.

Uma forma prática de verificar isso é comparar como é tratado pela mídia brasileira o assassinato de um favelado e o de um branco morador de bairro nobre.

Pobre favelado e iletrado "não é gente". Pior ainda se for preto.

Sempre tive o tratamento que no meu país se dispensa aos que são considerados "gente".

Mas agora meu voto está sendo tratado como os votos da ralé, dos que não contam. "Pobre não sabe votar"!

Quem manda eu andar mal acompanhada?

Da próxima vez, eu que me corrija e vote nos corruptos dos partidos certos, os da ordem, tradição, família, propriedade... e Deus! Nesses, a corrupção "não pega". (Minha avó, na educação que dispensou a minha mãe, advertiu-a: "homem não pega nada. Mulher que se cuide". Machismo e patrimonialismo, estruturas análogas!).

Nada deve ameaçar a sagrada hierarquia, o santo appartheid social, a intocável distinção, que asseguram sermos tratados como Doutor e Doutora, com direito a mesuras, mordomias, criadagem farta, barata, submissa e dócil.

Esse olhar do porteiro, da faxineira, do manobrista, da atendente na padaria, do garçon no restaurante... que nos reverencia como "VIPs". Seres essencialmente superiores, de outra casta, outra ordem de existência. Importantes. Aduláveis.
Seres nobres, revestidos de um valor diferencial apriori.

Quando viajamos a países estrangeiros mais ricos e desenvolvidos, é incômodo observar como somos tratados: temos que nos esforçar muito para que o europeu, ou americano, ou canadense... não nos reenvie uma imagem desvalorizada de nós mesmos. Lá, não somos Doutor e Doutora; somos estrangeiros provenientes de um país "em desenvolvimento", desprovidos, até prova em contrário, de capital simbólico suficiente, dos bons modos, do "network", das manhas locais. Não somos tratados com mesuras; recebemos a mesma gélida atenção polida que os demais outsiders. Isso, quando não somos ostensivamente esnobados.

Como é reconfortante voltar ao Brasil e retomar nosso lugar entre os paparicáveis, os invejáveis, os "top"!

Por outro lado, como é penoso pagar o preço desses privilégios! Conviver com o espesso sentimento de iniquidade, o esforço para não prestar atenção nas favelas nem nas crianças fazendo malabarismo nos sinais de trânsito, a insegurança, o medo da violência... Nos países decentes, não existem grades nas janelas nem seguranças armados nas portas dos bancos. Não existe medo de andar na rua de dia, nem de noite.

O crime inafiançável cometido pelo PT não foi "aparelhar o Estado", financiar candidaturas com dinheiros obtidos em "esquemas". Não foi nem ter tido vários membros que caíram na tentação de desviar parte dessas verbas para o próprio bolso.

As feministas dizem: se fossem os homens que engravidassem, aborto não seria crime, seria sacramento...

Quando são os partidos da Ordem Neo-Escravista que abrigam corruptos, isso lhes é amplamente perdoado. Haja vista a composição da Quadrilha Temer, onde se reúne, numa curiosa convergência, tudo o que de pior existe na política brasileira - dos que superfaturam obras para fazer um rachid aos que desviam dinheiro dos pobres; dos picaretas neopentecostais aos oligarcas de estilo clássico tipo Sarney, Collor etc. Mas todos são do lado certo, o Partido da Ordem Hierárquica Excludente. Então, Salvadores da Pátria. Têm licença para trair, roubar, extorquir, chantagear, mentir e estuprar o Estado Democrático de Direito. Licença para tudo, afinal. Neles, "não pega nada".

Mas eles vieram salvar o país da pior corrupção de todas: aquela promovida pelo PT. A que corrompe a Ordem Fundamental das Coisas, a Hierarquia Excludente. Como ficaríamos nós, os detentores de capital material e simbólico, desnudados daquele olhar, privados daquele tratamento que merecem os Superiores de Nascença? Ficaríamos estrangeiros em nosso próprio país? Ficaríamos como o protagonista do conto "O Espelho", de Machado de Assis, cuja leitura recomendo?

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Méritos para ser um post

Licença para tudo, afinal. Neles, "não pega nada".

Sim, não pega nada porque, para a eventualidade de algum respingo involuntário em suas vestes nobres, Gilmar as limpa em tempo vapt-vupt.

Seu comentário poderia subir porque é top da hora.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Jus Ad Rem
Jus Ad Rem

O Brasil está cheio de gente

O Brasil está cheio de gente estúpida conduzida pala mídia.

Se a Rede Globo disser que Temer não é um bom presidente, os midiotas acéfalos o tiram  do cargo no dia seguinte.

Acéfalos batedores de panela!  “Raciocinam” com o cérebro do Ali Kamel.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Maria C.
Maria C.

Excelente texto. Diz tudo o

Excelente texto. Diz tudo o que penso...

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Marcos K
Marcos K

Tenho quatro hipóteses para

Tenho quatro hipóteses para explicar porque essa gente fez o que fez:

1. Hipocrisia;

2. Ingenuidade;

3. Preconceito;

4. Porque a Globo mandou.

Acho que é um pouco de cada coisa, mas não tenho nenhuma dúvida que foi a última que pesou mais. Essa gente é amestrada e acéfala. Não tem QI para raciocinar sozinha. Alguém lhes mostrou o caminho da Terra Prometia e esse alguém não foi Moisés a mando do Todo Poderoso. Foi a Globo a mando do Tio Sam.

Nem sei se estão envergonhados, mas eu estaria se fosse enganado com tanta facilidade.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Vagalume do Brejo
Vagalume do Brejo

Foi a quarta turbinada pelas

Foi a quarta turbinada pelas outras três!

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Juliana Roncon
Juliana Roncon

Os prostestos aqui em São

Os prostestos aqui em São Paulo acontecem quase diariamente.  A manifestação de domingo dia 15 de maio lotou a Paulista. 

 

O que não teve foi cobertura da mídia.  Ignorou o Fora Temer das ruas e as panelas do discurso do Temer no Fantástico.  E as manifestações em rde como os vomitaços.

Quando analisamos as manifestações cometem o mesmo pecado da mídia tradicional que só considera brasileiro,  manifestações que defendem sua pauta golpista. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Jus Ad Rem
Jus Ad Rem

"A manifestação de domingo

"A manifestação de domingo dia 15 de maio lotou a Paulista."

 

É verdade! A globo não mostrou! A única emissora que mostrou rapidamente ao vivo foi a Rede TV e ainda cometeu a irresponsabilidade de dizer que haviam dois grupos se manifestando; um contra e outro a favor da presidente. UMA MENTIRA!! Só havia um grupo, o grupo de manifestantes a favor de Dilma e contra o Golpe.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de resistente
resistente

não é preciso temer poderia

não é preciso temer poderia ser um bom slogan

para a resistencia a esse governo golpista....

Seu voto: Nenhum (5 votos)

O Golpe têm seu preço

A hipocrisia é o tributo que o vício paga a virtude..( La Rochêfoucalt)

O Temer entrou para consumar a pizza contra os envolvidos em falcatruas, sem mais, nem menos.

Se quiser surpreender de forma positiva dê Norte, Rumo e Estrela para o Brasil.

Acorda, Temer!

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Follow the money, follow the power.

imagem de Ale Nogueira
Ale Nogueira

No lugar do bater de panelas,

No lugar do bater de panelas, o barulho das máscaras caindo.

Me faz lembrar um pouco o "silêncio" pós confisco no plano collor.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Nunca me enganaram, merce de

Nunca me enganaram, merce de jamais deslegitimá-lo porque a "rua é livre", faz parte do jogo da democracia. Mas que eram em grande parte hipócritas, isso na época era uma suspeita; agora, uma certeza. E o alvo era o PT em razão mais das mudanças estruturais na área social e menos pelos erros deste nesses últimos 13 anos.

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Nosde
Nosde

Bem poucos se encaixam no

Bem poucos se encaixam no perfil que você taçou, observando os diveros depoimentos colhidos nas tais caminhadas, e analisando comportamentos, fica evidente que estavam pilhados pelos meios de comunicação, era e ainda é, impressionante o nível da alienação, da má informação por parte destas criaturas, verdadeiros zumbis politicos sociais fantasiados de CBF. Agora que a Central parou de enviar sinais, a robozada vai se desativando, até o momento em que "do nada" apareçam coléricos nas ruas, gritando contra 0,0000001 Centavos de Reais de aumento no extrato de semente de girasol, logicamente importado de Cuba.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Jossimar
Jossimar

Esperar o quê de um país onde

Esperar o quê de um país onde 75% da população é formada por analfabetos funcionais.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Concordo em parte. Claro que

Concordo em parte. Claro que sempre existirão os alienados, os simplórios. os analfabetos funcionais, os "maria-vai-com-as-outras", em toda e qualquer manifestação de cunho popular.

Entretanto, amigo, o perfil da maioria dos manifestantes aponta para pessoas de classe média e alta, na sua grande maioria com ensino superior e outros adereços que indicam capacidade de discernimento político e de julgamento. Em suma: sabiam, sabem, sim, o que estão querendo. Corrupção serviu apenas de biombo. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Cícero de Paulo Monteiro Lobato
Cícero de Paulo Monteiro Lobato

Golpe

Quando a classe média se une à elite para derrubar um governo legitimamente eleito, o vale tudo ultrapassa o limite da justiça e logo após vem o retrocesso no desenvolvimento econômico e social - não há como governar para a elite e para o povo ao mesmo tempo; ou se prioriza a maioria em detrimento dos 10% mais ricos, ou se prioriza os 10% e esquece os demais.

Como consequência, o mercado consumidor cai, a produção diminui e o IDH vai para o fundo do poço - baixa produção, baixa arrecadação, baixo investimento em infraestrutura e no social, aumento da pobreza... 

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Nada de novo no front

Mas esses manifestantes eram dos antiPT. Apenas isso. Eu conheço alguns que sairam para manifestar e agora eles parecem satisfeitos de terem um governo golpistas desde que não seja o PT. Os conservadores conservando o que sempre tiveram.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Ninguém vai admitir nem para o outro e nem para si.

"Sou um grande otário."

 

 

Defesa dos lobos contra os cordeiros

                                                               Hans Magnus Enzensgerger

Querem que o abutre coma miosótis?
O que exigem do chacal,
do lobo, que mude de pele? Querem
que ele mesmo extraia seus dentes?
O que é que não apreciam
nos comissários políticos e nos papas,
por que olham, feito burros,
o vídeo mentiroso?

Quem costura a faixa de sangue
nas calças do general? Quem
trincha, diante do agiota, o capão?
Quem pendura orgulhoso, a cruz de lata
sobre o umbigo que ronca de fome? Quem
aceita a propina, a moeda de prata,
o centavo para calar-se? Há
muitos roubados, poucos ladrões; quem
os aplaude, quem
lhes põe insígnias no peito, quem
é sequioso de mentiras?

Olhem-se no espelho: covardes,
temendo a fadiga da verdade,
sem vontade de aprender, entregando
o pensar aos lobos
um anel no nariz como adorno preferido
nenhuma ilusão burra o bastante, nenhum consolo
barato o suficiente, cada chantagem
ainda é clemente demais para vocês.

Ó cordeiros, irmãs
são as gralhas comparadas a vocês:
vocês se arrancam os olhos uns aos outros.
Fraternidade reina
entre os lobos:
andam em alcatéias.

Louvados sejam os salteadores: vocês
convidam para o estupro
deitando-se no leito preguiçoso
da obediência. Mesmo gemendo
vocês mentem. Querem
ser devorados. Vocês
não mudam o mundo.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Retificando o nome do autor...

Hans Magnus Enzensberger

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de João de Paiva
João de Paiva

O cara ia bem, depois surtou.

O autor começou bem, desenvolveu idéias, desmascarou os hipócritas. Mas no final do artigo deu aquela defecada. Os últimos cinco parágrafos são de um primarismo digno dos que se informam pelo PIG. E o que dizer em relação ao auto-engano sobre as manifestações de 2013? Fico surpreso que, mesmo após o conhecimento da trama urdida nos EUA para desestabilizar governos populares na América Latina e derrubá-los, ainda existam jornalistas, estudiosos, pesquisadores e articulistas que cometam esses erros e auto-enganos infantis.

No dia 12 foram publicados no wikileaks documentos comprovando a atuação de michel temer como informante do consulado dos EUA. Luís Nassif, que durante muito tempo relutou e se auto-enganou, admitiu e expôs em análise detalhada toda a trama, relacionando a Lava a Jato, as manifestações de 2013, as ONGs, os pseudo-movimentos contra a corrupção, a atuação do PIG, a cooptação da PF, do MPF e do PJ, as manifestações prógolpe do ano passado e deste ano. E mesmo assim ainda nos deparamos com essas bobagens com que Francisco Toledo fechou o artigo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Chico2
Chico2

Concordo plenamente com você,

Concordo plenamente com você, 2013 foi o prefácio (teleguiado) de toda a crise atual.

Seu voto: Nenhum
imagem de mello
mello

Compartilho com a sua

Compartilho com a sua opinião. Não  há como contestar a influência exercida de fora, um verdadeiro e descarado "doping" dos irmãos Wright  e m outros sobre as lideranças dos manifestantes de 2013. Inclusive "doping " financeiro.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Tem um posto de gasolina BR

Tem um posto de gasolina BR aqui em Vila Velha (de vez em quando fico aqui) que fez a maior campanha pelo golpe. O dono todo santo dia colocava uma faixa malhando o PT e dizendo que a culpa de qualquer aumento na gasolina era da Dilma. Depois do golpe as faixas contra a corrupção sumiram.

Maso castigo vem a cavalo. Li um notícia hoje de que o Meirelles acena para o aumento da CIDE, imposto que incide sobre os combustíveis. 

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Jorge L. Pinto
Jorge L. Pinto

Também moras no ES?  Tamo

Também moras no ES? 

Tamo mal...

Sofro aqui em Derrota, digo, Vitória. Só dá coxinha. E dos mais mal educados que se possa imaginar...

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Gerusa Contti
Gerusa Contti

Eu também moro no ES, e sim,

Eu também moro no ES, e sim, você tem razão. Vitória (capital desee estado, que tem um espírito e tanto, mas nem tão santo assim) é o paraíso dos coxinhas trouxinhas. Mas, é nossa obrigação brigar contra isso. Morro de vergonha dos nossos representantes na política estadual e nacional. Todos os dias eu coloco uma mer.. do TEMERidade e sempre provoco. E aí coxinhada, quem está feliz bate palmas. Ou, e aí coxinhas trouxinhas, quando vamos ouvir o soar de vossas panelas? Mas, pelo que me parece estão todos em estado de graça. Deve ser porque muito em breve terão de volta as empregadas e os jardineiros mansos e cordatos em suas belas residências. Esse golpe está saindo mesmo muito caro, mas, não demora e alcança em cheio a classe média também. Ei de ver!!

 

Seu voto: Nenhum

Caro Francisco O golpe foi

Caro Francisco

O golpe foi dado, o resto era manobra para essa finalidade.

A maior de todas corrupção, era dar o golpe em nome da luta contra a corrupção, sendo que os maiores corruptos, eram a liderança do golpe.

Saudações

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Marconde
Marconde

Saúde padrão FIFA vem aí no finfra dos coxinhas

Não há recursos para dar tudo a todos, diz novo ministro da Saúde sobre SUSAgência Brasil Publicidade 

O novo ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse hoje (17) que vai buscar, junto à equipe econômica do presidente interino Michel Temer, a aplicação do que foi previsto para o setor no Orçamento 2016. Houve, segundo ele, um corte de R$ 5,5 bilhões no setor, feito pelo governo da presidenta afastada Dilma Rousseff.

“Espero poder recompor esses valores para que todos os compromissos do ministério sejam cumpridos. Se a equipe econômica, que acaba de se instalar, não tiver condições de recompor esses valores, aí, sim, nós iniciaremos uma análise de que áreas poderão cooperar com o ajuste fiscal.”

Questionado sobre a possibilidade de reduzir o tamanho do Sistema Único de Saúde (SUS), Barros destacou que trata-se de uma cláusula da Constituição que prevê saúde universal para todos, mas admitiu que “não há recursos para se dar tudo a todos”, disse o ministro. “O SUS tem funcionado com os recursos que tem, atendendo ao máximo de pessoas com as melhores condições possíveis.”

“O SUS tem funcionado com os recursos que tem, atendendo ao máximo de pessoas com as melhores condições possíveis”, disse ministro“O SUS tem funcionado com os recursos que tem, atendendo ao máximo de pessoas com as melhores condições possíveis”, disse ministro

Em entrevista à Folha de S. Paulo, o ministro afirmou que a capacidade financeira do governo para suprir garantias a que os cidadãos têm direito não são suficientes e que o país não está em um nível de desenvolvimento econômico que permita garantir esses direitos por conta do Estado. Sobre o material, publicado hoje, Barros disse estar se referindo à reforma da Previdência e não ao SUS.

“Tratei, na entrevista que dei, sobre a repactuação da Previdência, porque ela consome 50% dos recursos que nós arrecadamos. Houve um acordo, uma repactuação em Portugal, na Grécia, na Espanha. E haverá um momento em que isso precisará ser resolvido”, disse. “Foi uma fala de contexto, do porquê das dificuldades para o financiamento do SUS e as dificuldades ocorrem porque não há o equilíbrio fiscal.”

“A equipe econômica dará respostas à questão. Eu fui incumbido da área da saúde e, na área da saúde, procurarei garantir os recursos que estão no Orçamento, mas reconheço que não devo pedir mais recursos do Orçamento no momento. Eu relatei o Orçamento, e sei que não é possível ampliar recursos para nenhuma área, pelo contrário, a queda na arrecadação promoverá cortes que eu espero que não atinjam a saúde.”

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.