A Petrobras é a raiz do golpe, por André Araújo

A Petrobras é a raiz do golpe, por André Araújo

Não há nenhuma grande petrolífera estatal à venda no mundo e elas são 13 das 20 maiores empresas globais de petróleo. Especialmente não há nenhuma estatal petroleira à venda com grandes reservas de petróleo. É muito menos há estatais à venda com reservas de petróleo no Hemisfério Ocidental.

Nesse sentido a PETROBRAS  é única. Não só tem as reservas como tem os meios de extrai-la já prontos,  ganha-se três anos que levaria para explorar um campo virgem. Nesse quadro a PETROBRAS é o objetivo estratégico numero 1 na área de petróleo, especialmente com a elevação do nível de conflitos no Oriente Médio. Nada melhor que um governo frágil para permitir a execução desse projeto de privatização que já começou com a venda de ativos estratégicos da empresa, como oleodutos e a BR Distribuidora, já se anuncia a venda de refinarias, uma empresa em liquidação, a venda final será do pré-sal.

A assunção do grupo Temer ao poder só foi possível com o aval do “mercado”. O preço foi a entrega da totalidade da área econômica a delegados do mercado, Meirelles e Goldfajn na linha de frente, Paulo Pedrosa no Ministério de Minas e Energia, Maria Silvia no BNDES, Wilson Ferreira na ELETROBRAS.

 Mas a base ideológica do golpe foi o compromisso das privatizações dos dois maiores ativos do Estado brasileiro, a ELETROBRAS, prometida à venda por 12 bilhões de Reais para ativos físicos que valem 400 bilhões de Reais e a PETROBRAS , que vale só pelas suas reservas 350 bilhões de dólares, sem considerar o valor do mercado brasileiro do qual ela é a única fornecedora (até Parente abrir a importação para concorrentes), mais as refinarias, oleodutos, navios, enormes bases de distribuição, tancagem, apesar de boa parte desses bons ativos terem sido vendidos com sofreguidão pela desastrosa gestão Parente.

Uma das bases dessa gestão foi a lenda da PETROBRAS QUEBRADA, que já mostramos aqui em  dois artigos, PURA LENDA, a PETROBRAS lançou seis emissões de bônus no periodo de dois anos antes da gestão Parente, o mercado internacional fez ofertas para compra de três a cinco vezes mais que a oferta, houve inclusive uma emissão de CEM ANOS de prazo, também com demanda muito maior que a oferta, o que jamais ocorreria com uma empresa que mesmo remotamente estivesse com problemas financeiros. Essas emissões tiveram como líderes mega bancos internacionais como J.P. MORGAN, DEUTSCHE BANK e MORGAN STANLEY, que jamais patrocinariam emissão de bônus em dólar de uma companhia quebrada.

Esses dois ativos, ELETROBRAS E PETROBRAS valem dez golpes., especialmente com preços de fim de feira, especialidade de gestão tipo Pedro Parente.

A PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS

Vejo nesse movimento uma amplitude muito maior do que o preço do diesel. Atraves da Historia os grandes movimentos populares tem como gatilho uma questão menor mas além do fato detonador há um pano de fundo muito maior. Neste caso há de forma subjacente a neutralização da candidatura Lula, a paralisia da economia para atender o interesse dos bancos e rentistas,  as carências antigas de moradia, saneamento, educação e saúde que este governo nem sequer tocou porque seu programa é apenas atender ao mercado que lhe deu respaldo para assumir o poder e no caminho obter algumas vantagens, o resto não interessa.

Nesse pano de fundo também está o mau cheiro do projeto de privatização da PETROBRAS.

Muitas vezes os próprios personagens do movimento não tem consciência de suas preocupações mais amplas, mas elas existem, caminhoneiros são trabalhadores precarizados,

sofridos, arriscam a vida literalmente todos os dias em acidentes e assaltos, depois de paga a prestação do caminhão resta pouco para levar para casa, é uma classe fundamental para o funcionamento do Pais, mal reconhecida, sem nenhuma assistência do Estado e agora desprezada de forma cruel e insensível  pela desastrosa gestão da PETROBRAS.

A demissão de Pedro Parente seria uma obvia mensagem de paz do Governo aos caminhoneiros, não creio que o movimento cesse sem esse gesto, Parente tornou-se o símbolo de tudo que os caminhoneiros consideram  como agressão a sua sobrevivência e sua permanência no cargo, sendo ele o pai da politica de dolarização do preço do diesel, traz enormes e razoáveis desconfianças aos caminhoneiros. Parente mostrou-se um executivo ideológico, insensivel, teimoso na sua ideologia que serve somente e exclusivamente ao mercado, ele não está interessado na sobrevivência dos caminhoneiros e estes PERCEBEM isso.

Executivos ideológicos ao fim do dia são pobres intelectualmente, são tipos menores, inadaptáveis às circunstancias, Parente tem esse e outros vários defeitos de origem, dois dos mais salientes e ser tucano de carteirinha, foi Chefe da Casa Civil de FHC e ser do grupo dos “neoliberais cariocas”, um grupo único cujo DNA remoto vem de Eugenio Gudin, fundador  dos cursos de economia no Brasil e Ministro da Fazenda do desastroso governo Dutra, que achava que o Brasil não deveria ter indústria, já estava muito bom exportar café e algodão.

Os caminhoneiros estão desmontando o grande alvo do “projeto PETROBRAS”, que era a privatização para o qual Pedro Parente está preparando o terreno, dolarizando os preços dos combustíveis, uma insanidade porque o Brasil produz 2,3 milhões de barris/dia para um consumo de 2,6 milhões de barris dia, então o Brasil é auto-sufiente em matéria prima petróleo para 88,5% do consumo, só precisa importar 11,5%,  do ponto de vista comercial não há nenhuma logica em dolarizar os preços e referencia-los no mercado spot de Rotterdam MAS  a dolarização tem toda logica se for para atender aos acionistas americanos da PETROBRAS, a dolarização dos preços é uma LOGICA PARA OS ACIONISTAS ESTRANGEIROS, a quem Pedro Parente serve com exclusividade e entusiasmo, ele está no cargo para isso.

O PAPEL DE PEDRO PARENTE

Esse executivo de almanaque, que anda com crachá até para ir ao banheiro, tem cara, perfil e histórico de “organization man”, aquele tipo de executivo que subiu na vida seguindo as regras fanaticamente. Não espere desses tipos nenhuma criatividade, capacidade de enxergar longe, visão eclética, sensibilidade das circunstancias. É o tipo do executivo que não serve para a PETROBRAS se a ideia for de uma companhia  estratégica para o Brasil e seu povo.

Mas Parente não está no cargo para servir ao Pais, sua missão é atender ao “mercado”, ai representado pelos acionistas estrangeiros da PETROBRAS, é a estes que Parente atende.

Para que a companhia possa dar o melhor tratamento a esses acionistas especialmente os fundos americanos tipo Black Rock, hoje os maiores acionistas da PETROBRAS depois da União, Parente DOLARIZOU a Petrobras, porisso o preço do diesel é referenciado pelo dólar, é para atender os fundos americanos acionistas, não é para agradar caminhoneiro.

O GOVERNO TEMER

A delegação de plenos poderes a Pedro Parente tem como substrato ser ele o DELEGADO DO MERCADO FINANCEIRO na Petrobras, ele não trabalha para o Estado brasileiro, que ele odeia, ele trabalha para o mercado financeiro americano  de onde ele veio e para onde ele provavelmente vai voltar. O conglomerado BUNGE para o qual ele trabalhava antes de ir para a Petrobras tem sede em White Plains, New Jersey, perto de Nova York. O sinistro grupo BUNGE esteve por trás do golpe de 1976 que implantou o governo militar em Buenos Aires, levando ao sequestro dos irmãos Jorge e Juan Born pelos Montoneros.

O grupo BUNGE, cuja base era a Argentina mas com raízes no Seculo XIX em Antuérpia na Belgica, então conhecido como grupo Bunge & Born, por causa de sua péssima imagem que restou na Argentina mudou sua sede primeiro para São Paulo nos anos 80 (onde construiu o Centro Empresarial na Marginal Pinheiros, um imenso conjunto de edifícios). Bunge & Born, uma das quatro irmãs do trigo, um grupo tenebroso  há mais de 100 anos, é a alma mater  atual de Pedro Parente.

A submissão do Governo Temer a Pedro Parente na Petrobras  não tem nada de pessoal, é fruto de um grande acordo que avalizou a derrubada do Governo Dilma, porisso Parente parece firme na PETROBRAS (até quando ?), sustentado pelo Grupo GLOBO, as globetes a frente, Miriam Leitão é hoje a Leoa de Chácara de Parente e até a então elogiada Natuza Nery pulou para esse lado do muro, defendendo a PETROBRAx  NEW YORK, inimiga da PETROLEO BRASILEIRO S.A. criada por Getulio para dar independência de petróleo ao Brasil.

È bom não esquecer o laço que liga  Pedro Parente ao Governo FHC, o mesmo governo que colocou a frente da PETROBRAS tipos vindos do mercado financeiro como Francisco Gros, do MORGAN STANLEY, que não tinha nada a ver com petróleo mas tudo a ver com a Bolsa de Nova York, um estrangeiro nato que falava português com sotaque, o francês Henri Phelippe Reichstul e para fechar a caravana o publicitário Alexandre Machado que criou o nome PETROBRAX como preparação para a privatização, desde sempre o projeto neoliberal carioca para a PETROBRAS, era o sonho do “Grupo do Real”, Arida,  Bacha, Franco, sempre quiseram vender a PETROBRAS, ELETROBRAS, BANCO DO BRASIL, até hoje dão entrevistas para isso.

Não houve condições políticas e tempo para o grupo tucano carioca vender o controle da PETROBRAS mas eles prepararam o terreno, abrindo o capital para estrangeiros e listando a companhia na Bolsa de Nova York, era um importante etapa para em seguida vender o controle porque já haveria uma referencia de preço dada pela cotação na Bolsa de Nova York, a PETROBRAS não ganhou nada com essa listagem, só teve prejuízos.

Com a queda do Governo Dilma o “mercado”, via neoliberais cariocas que como abelhas infestam o governo Temer, viu uma oportunidade única para privatizar a ELETROBRAS e a PETROBRAS, não contavam com acidentes de percurso que podem acontecer.

O grande suporte do “projeto PETROBRAS”, como em todos os projetos anti-brasileiros é o Grupo GLOBO, que desesperadamente tenta segurar Pedro Parente exibindo-o como o melhor executivo do planeta, um medíocre que não teve a sensibilidade de PERCEBER E ANTECIPAR esse movimento dos caminhoneiros QUE É DE SUA LAVRA.

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

42 comentários

  1. Há muitos paralelos entre

    Há muitos paralelos entre Gustavo Franco e PEdro Parente. Franco bateu o pé em 99 quando a crise do câmbio estourou e Franco queria que se mantesse o câmbio fixo (seu sonho era dolarizar a moeda, estilo Menen-Cavallo) e FHC deu um chute na bunda dele e chamou Fraga pra introduzir as pragas da meta de inflação, por exemplo. FHC disse que naquele momento ou era ele ou Franco. O que aconteceu agora entre Parente e Temer, até agora, é o oposto. Como Temer não conta hoje com um voto de ninguém ( talvez só o de Marcelo, mas o voto de castigada rs ) Temer se moldou ao imperial Parente. Deixou claro = quebre-se o país pra manter a petrobrás. É o fim do mundo, ou melhor, do país. 

     

     

    • Parente rico

      Na íntegra:

      Banco presidido por sócio de Pedro Parente recebeu R$ 2 bi da Petrobras

           

      Do Jornal do Brasil:

      José Berenguer preside o JP Morgan no Brasil. O banco recebeu pagamento no valor de R$ 2 bilhões da Petrobras. Segundo a revista eletrônica Crusoé, Berenguer e Parente, na prática, são sócios.

      A informação é do repórter Filipe Coutinho, da revista eletrônica Crusoé. (…)

      “Um cruzamento de pessoas jurídicas mostra que, na prática, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, é sócio do presidente da JP Morgan no Brasil, José Berenguer”, diz a reportagem.

      Ainda de acordo com Crusoé, os R$ 2 bilhões teriam sido um adiantamento de um empréstimo que venceria apenas em 2022.

      Conflito de interesses na BRF

      O presidente da Petrobras já esteve envolvido em outras questões polêmicas. Ao assumir o conselho de administração da BRF, disse não haver “conflito de interesses”.

      O nome de Parente, que está à frente da Petrobras desde junho de 2016, foi proposto pelo empresário Abilio Diniz, no comando do colegiado desde 2013, e teve apoio da gestora brasileira Tarpon, e dos fundos de pensão Petros (Petrobras) e Previ (Banco do Brasil).

      Pedro Parente também é dono da Prada Ltda., especializada em gestão financeira de famílias milionárias. Sua esposa, que já teve passagem pelo JP Morgan, é sua sócia.

      Antes de assumir a presidência da Petrobras, a Prada atendia 20 famílias. Depois de ter sido nomeado presidente da estatal, o número de famílias atendidas pela Prada aumentou consideravelmente. Até mesmo bilionários passaram a requisitar os serviços. Além disso, empresas também entraram na lista de clientes da especializada em gestão financeira.

      https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/banco-presidido-por-s

  2. Se até o André…

    Bela matéria do André.

    Agora vai a pergunta:

    Se até o André Araújo conseguiu com precisão fazer um diagnóstico certeiro, no alvo, que a Petrobras é a raíz do golpe, vamos esperar, mas sem surpresas, como as forças armadas vão lidar com esse movimento dos caminhoneiros.

    Está claro, mesmo que não fosse citado pelo André, que o filé mignon sempre foi a Petrobras, prejudicada pela lava jato do Moro que acarretou até aqui as maiores perdas para o país, de longe, muito mais do que as roubalheiras do Paulo Roberto Costa, Cerveró, Duque, Alberto Yussef etc., mesmo  com dinheiro “recuperado” pelo Moro com as nojentas delações premiadas desses bandidos, porque além de estarem soltos, estão usufruindo suas liberdades com grande parte do dinheiro roubado com a benevolência do bandido Moro.

    Quer dizer: facilitar, com fake news, como empresa quebrada pela “roubalheira” do PT e abrir caminho para a sua venda pela quadrilha que assaltou o Planalto.

    Quero ver o comportamento das forças armadas, se ela realmente for entrar em ação.

    O que ela vai fazer?

    Defender os interesses dos brasileiros ou dos rentistas norte americano?

    É uma pergunta boba, ingênua, até prova em contrário.

    Mas é bom que saibamos o que eles vão fazer porque o previsível, a turma verde oliva nunca deram uma dentro para salvar o país para os brasileiros.

    Só que desta vez não podemos nos ajoelhar e esperar que os gorilas nos traiam mais uma vez.

    • Um senão, Francisco : “Se até

      Um senão, Francisco : “Se até o André conseguiu…”. Não conheço pessoalmente o André Araujo. Leio a maioria de seus escritos aqui no GGN e já expressei alguma discordância a suas idéias. Mas considero o Andre Araujo, pelos seus artigos, uma das pessoas mais lúcida e experiente entre as que aqui escrevem. Mais, um gentleman, sempre responde com lhaneza a seus poucos críticos, e possuidor de um conhecimento enciclopédico aparentemente não adquirido na Academia, mas na rua, na vida, na labuta. A mim, ao menos me parece, ser essa a razão de o André (sem o até) ter conseguido fazer com precisão um diagnóstico certeiro, e já ter feito também diversos outros. No mais, concordo com a maioria dos seus pontos de vista.

      • Lhanesa

        Eu já esperava essa “contestação” do “se até o André”(…)

        A língua portuguesa é tão bela quanto difícil de escrever e falar.

        Quantas palavras que começam com “lh” você conhece?

        Ela se tornou “pop” com o affair litigioso entre os bisonhos, Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes, naquela cena deplorável do STF.

        A questão Eduardo é a interpretação.

        Eu não quis depreciar os talentos, tão bem citados por você, sobre o André.

        Muito pelo contrário.

        Fora do contexto do GGN, quem conhece o André, tão bem avaliado aqui nos nossos comentários?

        É isso.

  3. Não consigo entender por que
    Não consigo entender por que os posts do Andre nunca têm a barra de links, faz muita falta. Quero posta-lo em um grupo do Whatsapp mas colar o endereço não funciona bem, fica capenga.

  4. O açambarcamento das empresas brasileiras

    Repito aqui comentários que postei em outro forum, ligado ao mercado de capitais.

    Pelo visto o empresariado nacional, especialmente o que processa alimentos, foi “violinado” por interesses difusos e camuflados que querem levar nossas riquezas por ninharia. ” A BRF SA (SA:BRFS3), JBS SA (SA:JBSS3) e Cooperativa CentralAurora, três das maiores processadoras de aves e suínos do Brasil, não quiseram comentar sobre os efeitos da paralisação, além das notas divulgadas mais cedo na semana. Eles fecharam temporariamente ou suspenderam produção em dezenas de plantas em conexão com os protestos dos caminhoneiros.

    Uma fonte de uma grande processadora doméstica de alimentos que não está autorizada a falar à imprensa disse que toda a cadeia de fornecimento, incluindo criadores de aves e suínos, precisará de meses para se recuperar.

    Uma planta com capacidade de abater 500 mil aves por dia exige cerca de 140 milhões de reais em capital de giro e emprega ao menos 3.500 pessoas direta e indiretamente, disse a fonte.

    “A situação é desesperadora e os prejuízos incalculáveis”, disse a fonte.

    (Reportagem adicional de José Roberto Gomes)”

    Empresas que já estavam em dificuldade agora foram empurradas ladeira abaixo. O governo têm de intervir e socorrer estas empresas, isto não é livre concorrência nem aqui nem na China.

     

  5. Duas coisas me chamam a
    Duas coisas me chamam a atenção neste jogo, quer pela passividade, quer pela submissão

    O primeiro ė o papel do sindicatos dos petroleiros que já faltaram com a empresa, com Lula e agora com o país e consumidores que se vergam diante destes golpistas autoritários, seus arbitrios e abusos

    O segundo é o papel das forças armadas que parecem acéfalas diante da tomada deste importante instrumento geopolítico e de desenvolvimento

  6. “…uma amplitude muito maior do que o preço…”

    Detalhe de “Masterstroke“, página 4:

     

    §§

    “Mientras medios y mediocres celebran una posible intervención militar, se perdieron de la verdadera primicia y es la inmolación de la soberanía de los Estados-naciones de Colombia, Brasil, Perú, Panamá y Guyana, sólo para lograr un objetivo que –aún- no es la intervención, sino una amenaza. La sodomía de Estados Unidos a los gobiernos de esos países es la historia no contada del escándalo y, a su vez, la más reveladora: si Washington decide atacar a Venezuela, la tragedia será continental.” (Larissa Costas @ Invasiones Silenciosas)

    §§

    Vejo alguma semelhança entre a situação do sr. Pedro Parente e a do sr. Paul Bremer às vésperas de deixar o Iraque.

    §§

    [video:https://youtu.be/prFVEaD8d0%5D

  7. AA ninguém tá falando q
    AA ninguém tá falando q Parente é tucano,se caminhoneiros soubessem disso,ficariam desconcertados,pq eles odeiam só “comunistas”(Lula/PT)
    Obs:Se todos souberem q Parente é tucano,ele cai,pode crer !

  8. LOCAUTE LESA-PÁTRIA

    Correta a tese sustentada no artigo, segundo a qual o objetivo espúrio de vender a Petrobrás é a causa e a meta do golpe que move a crise dos combustíveis.

    Todavia, considero que a afirmação exposta no título do texto está mal formulada, pois, conforme mostra o próprio texto, a Petrobrás é o alvo do golpe e da escalada de preços dos combustíveis que detonou este locaute lesa-pátria.

    Portanto, dizer que ‘a Petrobrás é a raiz do golpe’ é inadequado, inclusive por induzir ao equívoco de imaginar que o fato da petroleira ser estatal fosse a razão do descalabro.

    Entretanto, a argumentação apresentada demonstra, de forma expressa, as evidências de que a criminosa escalada de preços dos combustíveis resulta de uma política ideológica e entreguista, decorrente de uma conspiração golpista, responsável pela gênese e pela direção do governo ilegítimo, irracional, incompetente e temerário.

    O aspecto principal, suficiente para desnudar a natureza e o sentido da seqüência de factoides que detonou e que perpetua a crise gerada pelo locaute dos caminhões, é, sem dúvida a política absurda da dolarização dos preços dos combustíveis.

    Tal aspecto tem sido destacado por diversos observadores e especialistas. Agora, o mais interessante é que o tiro da construção do atual caos nas estradas atinge em cheio o pé dos golpistas, pois a farsa tem sido percebida e denunciada.

    Está evidente, para quem quer ver a realidade (ao invés de aceitar a lavagem cerebral dos farsantes), que a Petrobrás é vítima do golpismo irresponsável e insano.

    Falta difundir o entendimento de que é preciso exigir do governo e das instituições a solução adequada para a crise que hoje paralisa o país. E o caminho para isso passa por uma urgente decisão do STF que determine a intervenção da Polícia Federal, apoiada pela Polícia Rodoviária Federal e, se necessário, com emprego de efetivos das Polícias Militares, para desobstruir as estradas – e dar voz de prisão para quem quer que tente impedir a implementação da medida, inclusive com a apreensão dos veículos parados nas pistas, mesmo onde a obstrução for apenas parcial.

    Pois é obvio que as Forças Armadas não devem ser usadas para trabalhar como polícia, visto que tal tarefa gera um desgaste que avilta sua função constitucional.

    E é indispensável que a população seja conscientizada sobre a necessidade de reverter a política de preços dos combustíveis e de resgatar, de modo integral, a legalidade.

    • IMPEDIMENTO DAS AVALIAÇÕES

      Urge registrar que todos os comentários encaminhados por mim neste site são cerceados por um defeito que impede a avaliação dos leitores através do mecanismo de estrelas, apesar de não haver nada que justifique tal discriminação. Peço aos editores deste conceituado jornal que solucionem o referido problema. E vale informar aos navegantes que tal impedimento é superado com clique no ‘link permanente’.

  9. Estou trocando democracia por

    Estou trocando democracia por um presidente nacionalista e disposto a usar a força pra impedir a entrega do Brasil pros gringos e que venha a tomar tudo que os golpistas entregaram pra estes gringos, bem como fazer um ajuste de contas com os golpistas metendo os caras na cadeia ou no cemitério.

    • Vai entender…

      Pelo menos é o que eu suponho ser a maioria dos comentaristas que aqui comentam: nacionalistas.

      Agora, com o seu comentário, voce recebeu apenas uma estrela e a réplica de um outro corroborando o que voce escreveu recebeu cinco estrelas.

      Onde está a lógica?

      Quem pontua os comentários?

      Eu também concordo com voce.

      Tem que ser por ai mesmo.

  10. Nesse governo a privatização é impossivel
    Não dá mais tempo. O projeto tudo teria que estar concluído até julho.

    Nem Eletrobras será privatizada esse ano. Chance 0 e nem Petrobrás. Mesmo em 2019 vai ser impossível tocar os dois projetos juntos. Quiçar ainda tocar BB e caixa juntos. Acredito que a prioridade do próximo governo será vender a Eletrobras oq vai gastar 12-18 meses no mínimo.

    A Petrobrás para ser privatizada numa segunda metade de mandato é muito difícil.

    Ainda acho que a privatização da Petrobrás fica para depois de 2022, caso a esquerda não volte.

    • É claro que neste governo é

      É claro que neste governo é impossivel mas vaiios candidatos de centro de direita estão nessa linha, o guru economico de Geraldo Alkmin, Persio Arida,  deu varias entrevistas propondo a privatização de tudo, Eletrobras, Petrobras, Banco do Brasil, Caixa, o Paulo Guedes guru do Bolsonaro pensa a mesma coisa, o Amoeda, o Flavio Rocha nem precisa falar, o Meirelles idem, então esse é um programa d varios candidatos e é tambem o programa da Rede GLOBO.

      • Com certeza!
        Paulo Guedes ele quer tentar tocar toda essa agenda ao mesmo tempo e rápido. A chance é zero. Fora que o Bolsonaro não toparia. Única chance de fazer rápido e todas ao mesmo tempo seria fechando o congresso. Privatização de correios, Eletrobras e caixa precisa passar lei no congresso.

        Pérsio árida já disse que teria q ser uma por vez e cada frente de privatizar cada empresa dessas pode levar até 2 anos. Ou seja não dá para fazertudo de uma vez

        Acredito que a prioridade será a Eletrobras e isso vai gastar uns 18 meses do próximo governo. A Petro eles vão usar o próximo mandato para encolher ela.

        Os bancos o BB é bem mais fácil de privatizar que a caixa. Duvido mto fazerem os dois bancos em um mesmo mandato.

  11. As forças armadas e os “bois do pasto” do plano cruzado.

    Li a pouco numa reportagem da revista Exame, revista que é um dos arautos do liberalismo na economia, uma notícia que mais me surpreendeu devido a mesma ser o maior absurdo que só tem comparação a um fato ocorrido em outubro de 1986, o famoso caso dos “bois do pasto“ do plano cruzado. Para não dizer que estou exagerando vou colocar o título, o subtítulo e dois parágrafos básicos da reportagem:

    “Entenda como as Forças Armadas vão agir na greve de caminhoneiros” (Título)

    “Ministro Raul Jungmman disse que decreto presidencial permitirá a requisição de bens para que alimentos, produtos e insumos cheguem à população” Sub-título.

    Da Redação, com AFP e Agência Brasil access time 25 maio 2018, 19p2 – Publicado em 25 maio 2018, 19p4

    “…..

    O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmman, afirmou que o presidente Michel Temer deverá editar um decreto para permitir a requisição de bens, prevista na Constituição, para que alimentos, combustíveis, medicamentos e insumos cheguem à população, em todo o país.

    Ele acrescentou que os militares têm o respaldo legal para assumir a direção dos caminhões dos grevistas, se assim necessário. “O artigo 5, inciso 25 da Constituição Federal permite a requisição de bens, caso se faça necessário, em condições de pilotar veículo para que o desabastecimento seja contido e voltemos a ter distribuição regular.

    ……”

    A notícia é a criação de um fato político que seria motivo de riso se não fosse trágico. Esta notícia dando ciência que as forças armadas poderão assumir a direção dos caminhões dos grevistas para permitir a redistribuição de bens a população, lembra em muito um evento ocorrido em outubro de 1986, ainda no governo de José Sarney, que se transformou numa piada de péssimo gosto, que está em vias de se tornar algo pior do que isto, numa verdadeira tragédia anunciada.

    No governo Sarney a hiperinflação estava chegando a passos largos, atingia patamares em torno de 18% ao mês, e para combater-se isto se lançou um plano de congelamento de preços chamado “Plano Cruzado”.

    Além do congelamento de preços os salários foram congelados com um pequeno aumento do poder de compra e mais outros tipos de ações que em pouco tempo se mostraram ineficazes por não tocarem em princípios básicos da economia e sofrer interferência dos próprios governistas. Porém na época os brasileiros, sendo nominados “Fiscais do Sarney” ainda acreditaram no plano, que se fosse livremente modificado pelos economistas do governo durante a sua ação tinham evitado coisas bem piores que viriam mais adiante, onde a inflação chegou a atingir valores de 80% ao mês na antevéspera do famigerado plano Collor.

    Mas o que estou querendo falar não é sobre a hiperinflação e os diversos planos que surgiram para combate-la (Plano Cruzado, (Plano Cruzado II, Plano Bresser, Plano Verão, Plano Collor e por último Plano Real), mas sim por um evento que foi utilizado pelos liberais contra o congelamento de preços que foi denominado os “bois do pasto”.

    O plano consistia num congelamento de preços de produtos que impedia a remarcação do preço de qualquer produto, para burlar este congelamento o capital utilizou as mais diversas formas de farsas, tais como o lançamento de “novos produtos” que eram os mesmos que os anteriores maquiados, a cobrança de ágio por fora e por último a simples não entrega dos bens de consumo para forçar o fim do plano e poder remarcar os preços.

    Próximo ao fim do plano os pecuaristas simplesmente deixaram os bois no pasto e se recusaram a vender, para combater isto, dentro da legislação da época alguns funcionários públicos sem experiência em manejo com o gado foram enviados a algumas explorações pastoris para cataram sem a mínima experiência várias cabeças de gado. O que aconteceu que estas cabeças de gado que foram capturadas eram de bois magros que nem estavam prontos para o abate, e mais uma vez a golpista Rede Globo, filmou uma cena em que funcionários atabalhoados correndo atrás de algumas cabeças de gado para coloca-las nos caminhões.

    O resultado foi que algum tempo após, depois das eleições em que o PMDB praticamente ganhou todos os governos dos estados, o plano foi desfeito gerando um segundo surto de inflação, sucedido por outro plano e a cada plano a inflação voltava com maior vigor.

    O que o governo federal está propondo agora, segundo a reportagem da Exame, é uma reprodução da cena dos “bois do pasto”, pois simplesmente algumas centenas de motoristas do exército, assumindo a direção de caminhões parados na estrada, para transportar alguma centena de caminhões, não sabendo bem para quem ou para onde talvez melancolicamente se reproduza a nova cena dos “bois do pasto” do governo Sarney.

    Seria uma verdadeira repetição da história como farsa, pois se na época deste plano Cruzado o povo brasileiro tinha ainda confiança no plano econômico no novo “boi no pasto” será provavelmente a reprodução farsesca da história, com o agravante de colocar as forças armadas mais numa situação desmoralizadora do que salvadora.

     

    • Agradeço, este é o 7º artigo

      Agradeço, este é o 7º artigo que escrevo sobre a Petrobras aqui no blog, 4 foram republicados no Boletim da Associação dos Engenheiros da Petrobras, a AIPET, , o que muito me honra.

  12. ANDRE, pra sua reflexão
    Não

    ANDRE, pra sua reflexão

    Não tenho visto muitos analistas focarem a retomada GOLPISTAS do CONE SUL pelos EUA, vinculando o FATOR CRITICO DE SUCESSO que é se unir a causa da pré sal – produção e IMPORTAÇÃO de diesel pelo BRASIL  ..com enfraquecimento da VENEZUELA tb  ..hoje os EUA voltaram a ser senhores supremos do nosso combustível importado

     

    …seria interessante deixar claro a todos que existe este elo na cadeia desta CONSPIRAÇÃO dos gringos, justiça e milicos

    • Meu caro, não vejo nenhuma

      Meu caro, não vejo nenhuma conspiração no estilo classico de golpe militar. Hoje o modelo de cooptação e pela globalização

      financeira, comercial e juridica, ao qual cada Pais adere na extensão que sua elite politica quiser, existem elites que USAM a globalização em proveito de seus paises, como a China e outras que se deixam submter servilmente, como o Brasil, que entregou a gestão de sua economia a estrangeiros, Meirelles e Goldfajn, o primeiro porque suas raizes e residencia

       nos EUA e o segundo porque é nascido em Haifa, Israel , são dois que não precisam de visto de residencia  para se mudar para o exterior em 24 horas, lembrando que tambem Alexandre Tombi e Joaquim Levy hoje moram em Washington.

      A preferencia pela importação de combustiveis pela atual administração da PETROBRAS não tem logica economica mas tem logica ideologica. A atual PETROBRAS está estimulando a importação porque eles acham que assim INCENTIVAM potenciais compradores das refinarias, é um plano MALUCO se vc ver o interesse do Pais. A dolarização do preço do diesel visa a

      ESTIMULAR a concorrencia contra a propria Petrobras;

      Vc acha que a EXXON faria isso em um merado em que ela fosse dominante?

      • provalvel eu não ter me feito

        provalvel eu não ter me feito entender  ..um ELO, não é uma corrente, cadeia  ..aliás, vc mesmo ajuda na tese quando responde:

        “..A preferencia pela importação de combustiveis pela atual administração da PETROBRAS não tem logica economica mas tem logica ideologica..

        Pra mim a questão transcende MUITO a questão de se ser ato de Zés ou de Manés ..estes SUJEITOS menores citados sempre existiram e continuarão a existir, afinal, sempre tem que ter aquele que azeite e ligue a máquina, que ingrene e unte as peças, que faça o serviço por interesse ou crença  ..como Sergio Moro não citado por você

        ..pra mim este processo é muito maior ..no caso, o de hoje vem do NORTE  ..une sim interesses e crenças ..e denuncia-os, fenômenos interligados no tempo e ESPAÇO que escapam a teses de meras coincidências (garantia dum grande mercado, físico, paupável  ..o tal cone sul, quintal dos gringos, entrada dos chineses etc)  

        ..claro, concordo que nestes tempos, golpes não se resumem a interesses meramente militares (e raros foram os que se viram nesta situação), mas sim ampararam-se, a maioria, em questões que sempre nos afligiram enquanto humanidade como segurança, hegemonia, sobrevivência, provimento e escassez etc  ..temas eminentemente – ou em grande parte – econômicos

         

        grato pelo retorno

        abçs

        • O plano de DESMONTE ,

          O plano de DESMONTE , LIQUIDAÇÃO e VENDA dr da Petrobras é um projeto que vem de longe,  desde que a Petrobras foi criada em 1953.. Tentou-se com muita vontade no Governo FHC mas não conseguiram por oposição do Congresso.

          Com a queda do Governo Dilma o projeto voltou a todo vapor a partir de tres forças, a Lava Jato, demolindo a imagem na empresa,  a LENDA da Petrobras quebrada, propagada dia e note pela GLOBO e a nomeação de Pedro Parente, o maestro da liquidação da PETROBRAS nacional já desde o governo FHC.   Estavam conseguindo, 1/3 da Petrobras já foi vendida, esse 1/3 vale  R$200 bilhões, venderam por R$27 bilhões a toda velocidade e sem leilão, já estavam se preparando para vender as refinarias, a ultima etapa seria o pre-sal. Este MOVIMENTO espontaneo pode frear o projeto na beira do precipicio.

  13. “Não há nenhuma grande

    “Não há nenhuma grande petrolífera estatal à venda no mundo e elas são 13 das 20 maiores empresas globais de petróleo. Especialmente não há nenhuma estatal petroleira à venda com grandes reservas de petróleo. É muito menos há estatais à venda com reservas de petróleo no Hemisfério Ocidental.”

    Há uma sim, a Petrobrás.

    Pode até estar sendo vendida aos pedaços, mas o fato é que está sendo vilipendiada e vendida a preço de xepa pelos golpistas de 2016.

    Por isto afirmo que não basta demitir, processar e prender os funcionários públicos(principalmente os do judiciáro, MPF, PGR, e até no STF) que levaram o país a esta situação de caos, é preciso fuzilá-los para que sirva de exemplo contra tentativas de golpe no futuro.

  14. O governo vai subsidiar o

    O governo vai subsidiar o Diesel o que é uma vitoria para a politica de Parente, ele vai manter a MEGA IMPORTAÇÃO DE DISESEL.

    A questão que o Congresso deveria fazer PORQUE A PETROBRAS AUMENTOU SUBSTANCIALMENTE A IMPORTAÇÃO DE DIESEL DOS EUA e deixou as refinarias no Brasil com ociosidade?  Por causa disso precisou DOLARIZAR o preço do diesel.

    Essa pergunta é a CHAVE DO PROBLEMA DOS CAMINHONEIROS.

  15. O alegado subsidio a ser pago

    O alegado subsidio a ser pago pelo à PETROBRAS pelo diesel importado dos EUA é muito menor do que o valor de US$2,95 bilhões que a PETROBRAS já pagou por um acordo antes da sentença aos ACIONISTAS MINORITARIOS AMERICANOS, o valor equivale  a DEZ BILHÕES, SETECENTOS E CINQUENTA MILHÕES de Reais, presente da Petrobras aos acionistas achacadores aparelhos no processo pelas delações da Lava Jato.

    A abertura do capital da PETROBRAS na Bolsa de Nova York foi um desastre absoluto. Não levantou nenhum capital novo e

    sujeitou a PETROBAS á legislação americana sem NENHUMA VANTAGEM para o Brasil mas se explica porque foi uma preparação para a privatização da empresa  que era o sonho do Governo FHC.

      • É possivel que sim e em boa

        É possivel que sim e em boa quantidade. Vender 36% das ações antigas da PETROBRAS na Bolsa de Nova Tork foi o MAIOR erro do Governo FHC, a idia era preparar o terreno para VENDER toda a PETROBRAS aos americanos e Pedro Parente é o pai desse plano desde o Governo FHC. É inexplicavel como Temer entregou a PETROBRAS a essa figura sinistra.

  16. Até cair a ficha…

    Os ultra liberais um dia vão ter que entender que o mundo não financia nosso déficit público…

    Não dá para imitar o “modo de ser” dos EUA!

    O Pedro parente escapou ileso do apagão, vai escapar de ir preso novamente?

    • Qualquer regime, de direita,

      Qualquer regime, de direita, centro ou esquerda, numa situação-limite que coloca em risco o Governo, TEM UMA SOLUÇÃO

      IMEDIATA que é demitir alguem, no caso o Parente, é preciso trocar o fusivel da crise, ISSO É ELEMENTAR, mesmo que Parente fosse um santo, mas ao contrario, ele é a RAIZ DA CRISE. A crise não se resolve sem essa demissão.

  17. Petrobras
    QUAL É A SOLUÇÃO PARA PROTEGER AS NOSSAS RIQUEZAS? SE É QUE ISSO AINDA É POSSÍVEL! TEMOS DE TUDO É NÃO SOMOS DONOS DE NADA . QUE PAÍS É ESSE ? SOMOS APENAS MASSA DE MANOBRA. PARA SUSTENTAR UM SISTEMA FALIDO ONDE POLÍTICOS. DESEMBARGADORES. JUÍZES E ETC. SÃO EM SUA MAIORIA CORRUPTOS E CORPORATIVISTA. NÃO SE IMPORTAM COM O PAÍS E COM O SEU POVO. ESTÃO TODOS VENDIDOS. MALDITOS CANALHAS.

  18. Petrobrás

    Parabéns pelo artigo André !!! Brilhante e claríssimo !!!

    Uma pergunta que me faço é se num haveria também um grupo especialmente infiltrado entre os “caminhoneiros”  com objetivo definido de causar cada vez mais desgaste a Petrobrás, reforçando a falácia que de a culpa é exclusividade da gestão Pt e criando um climão para a próxima etapa do Golpe, seja ele eleição indireta ou mesmo ditadura ? Um tipico ataque de falsa bandeira…

    • Não acredito em infiltração

      Não acredito em infiltração poque é um movimento completamente DIFUSO, sem liderança e sem comando centralizado, os caminhoneiros são de alma independente, não é um pessoal que se deixa conduzir. O impressionante nesse tipo de mobilização é a ESPONTANEIDADE que só é possivel porque TODOS SENTEM SUA SOBREVIVENCIA EM PERIGO pela politica alucinada da atual administração tucana da PETROBRAS, alem de tudo demonstram sua indigencia mental em NÃO PREVER AS CONSEQUENCIAS DE SEUS ATOS, marca registrada de MAUS ADMINISTRADORES.

  19. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome