A vacina da “Capitã Cloroquina”

Secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro é vacinada contra a covid-19 no Distrito Federal, e é alvo de críticas de bolsonaristas

Mayra Pinheiro, a "Capitã Cloroquina", vacinada contra a covid-19. Foto: Reprodução/Instagram

Jornal GGN – A médica Mayra Pinheiro, também conhecida como “Capitã Cloroquina”, usou as redes sociais para mostrar seu cartão de vacinação contra a covid-19 – ela foi vacinada em uma unidade de saúde no Distrito Federal.

Secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro ganhou o apelido de “Capitã Cloroquina” por conta de sua defesa no uso do medicamento sem eficácia contra a covid-19. No último domingo, ela postou uma foto em suas redes sociais afirmando que está “devidamente vacinada contra a covid-19”.

A postagem foi alvo tanto de comentários irônicos de críticos do presidente como de lamentações de apoiadores, com pessoas chegando a declarar que iriam passar a sua vez na fila por não confiarem na vacina.

“Até a senhora doutora @dra.mayra.oficial, postando fotinha com essa vacina! Não quero nem passar perto de posto de vacinação… Não entendi, uma pessoa tão esclarecida 🤔”, “Eu n tomo nenhuma destas, feitas a toque de caixa. Quem vai da garantias em um futuro próximo que n teremos efeitos colaterais como um câncer. Tô fora”, dizem alguns dos comentaristas.

O imunizante administrado foi o da AstraZeneca, mas não se sabe se a vacina foi produzida pela Fiocruz – que ela criticou durante seu depoimento à CPI da Covid-19 ao afirmar que a instituição é dominada por esquerdistas que louvam Che Guevara e imagens de “Lula Livre” espalhados pelo prédio.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome