Variante Delta volta a impulsionar casos de covid-19 pelo mundo

Registros saltaram 80% em apenas um mês, segundo dados da OMS; para diretor-geral, alta pode comprometer ganhos obtidos até o momento

Jornal GGN – A pandemia global de covid-19 irá terminar “quando o mundo escolher acabar com ela”, nas palavras do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus.

Em coletiva de imprensa, Tedros afirmou que os instrumentos estão nas mãos da sociedade, mas a tendência das últimas semanas tem sido justamente o contrário – com novos casos de contaminação e mortes.

“Foram 4 milhões de novos casos em uma semana. Nesse ritmo, vamos ultrapassar a marca de 200 milhões de infectados em duas semanas, sendo ainda que sabemos que esse é um número subestimado”, apontou o diretor da OMS, segundo a coluna do jornalista Jamil Chade, no portal UOL.

De acordo com Tedros, os novos casos de contaminação chegaram a subir 80% em apenas um mês, enquanto as mortes no continente africano subiram 80% no mesmo período de tempo. Fatores como as variantes, maior número de aglomerações, a falta de testes em dezenas de países e a incapacidade dos governos em tomar medidas consistentes explicam esse avanço, que pode comprometer todos os ganhos obtidos entre 2020 e 2021.

A OMS também deixou claro que a dispara dos casos se deve à disseminação da variante Delta, que é 50% mais transmissível – e, como o vírus está mais rápido, a recomendação é que o mundo atue para conter o vírus o quanto antes que novas variações apareçam.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome