Governo fará videoconferência com chineses por causa do escândalo da carne

Jornal GGN – O ministro Blairo Maggi tentará prestar esclarecimentos sobre o escândalo criado pela operação Carne Fraca a autoridades chinesas, na noite desta segunda (20), com o intuito de destravar a entrada de produtos nacionais naquele que é o país que mais importa carne bovina do Brasil.

Segundo informações do MAPA (Ministério da Adricultura, Pecuária e Abastecimento), Maggi fará uma videoconferência, após a China notificar o governo brasileiro sobre a retenção de produtos nos estoques até que a situação seja esclarecida.

Na última sexta (17), a Polícia Federal convocou a imprensa para anunciar a Operação Carne Fraca. A corporação disse ter apurado esquema de pagamento de propina a fiscais do MAPA em alguns estados, entre eles o Paraná, para burlar a fiscalização em frigoríficos.

Após o assunto repercutir no mundo todo como o “escândalo da carne podre”, alguns países suspenderam a compra de carne do Brasil, como Coreia do Sul e Chile – além da China. A União Europeia também aumentou as barreiras burocráticas e ameaça boicotar todas as empresas envolvidas na Carne Fraca.

O MAPA informou, contudo, que apenas a China notificou o governo brasileiro formalmente sobre sua decisão.

Abaixo, a nota do Ministério da Agricultura.

O ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) informou, na manhã desta segunda-feira (20), que a China pediu ao governo brasileiro explicações sobre a Operação Carne Fraca, desencadeada pela Polícia Federal na última sexta-feira (17). Segundo Blairo Maggi, o Brasil dará todos os esclarecimentos aos chineses o mais rápido possível. Até receber as informações, a China não desembarcará as carnes importadas do Brasil. Hoje à noite, o ministro terá uma videoconferência com autoridades chinesas para prestar esclarecimentos.

Até o momento, a China foi único mercado a fazer comunicado oficial sobre o caso ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora