Após atropelamento de skatistas, gestão Doria vai multar organizadores do evento

skate_atropelamento_reproducao.png
 
Foto: Reprodução
 
Jornal GGN – Depois do atropelamento de diversos skatistas que desciam a Rua Augusta no último domingo (25), a Prefeitura Regional da Sé decidiu multar em cerca de R$ 20 mil a empresa responsável pela organização do evento. 
 
O órgão da gestão do prefeito João Doria (PSDB) alega que a punição à Instituição Go Skate Day será em razão da antecipação do horário do evento. 
 
De acordo com informações divulgadas pela imprensa, os atropelamentos ocorreram pouco antes das dez da manhã do domingo, quando o trajeto dos skatistas deveria passar pela Augusta às 10h30.

 
Entretanto, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) afirmou que interditou as ruas que cruzam com a Augusta da 9h20 às 11h. Um dos vídeos do atropelamento mostra um guarda do órgão municipal orientando os skatistas em um dos cruzamentos. 
 
Eduardo Odloak, Prefeito Regional da Sé, afirmou que os participantes do passeio em comemoração ao Dia Mundial do Skate saíram antes do previsto e dificultaram a organização por parte da CET. 
 
Segundo o portal G1, Odloak afirmou que o trajeto acerto com a Go Skate Day sairia do Masp, passaria pela Avenida Paulista e desceria para o centro através da Rua da Consolação. Entretanto, após a autorização da prefeitura, a organização do evento combinou com a Polícia Militar que o trajeto passaria pela Augusta.
 
A Instituição Go Skate Day afirmou que vai recorrer da multa e disse que os skatistas do seu evento não saíram antes do combinado. Dan Feitosa, um dos organizadores disse que o problema foi causada por outro evento que não estava autorizado. 
 
“O que pode ter facilitado para o número alto de pessoas de vítimas foi uma empresa chamada Element Skateboards Brasil ter lançado uma nota em suas redes sociais de forma clandestina sem procurar o poder público e não pedir nenhuma autorização à Prefeitura para a autorização de um evento Go Skate que ela ia fazer”, afirmou Feitosa. 
 
Motorista
 
O motorista da Ford Ecosport que atropelou diversos skatistas no domingo se apresentou para a Polícia Civil nesta segunda-feira. José Iriovaldo Ferreira disse que a rua não estava devidamente interditada e que acertou sem querer um dos skatistas. Depois, ele acelerou por medo de ser linchado pela multidão. 
 
Alguns veículos da imprensa divulgaram um vídeo feito por câmeras de segurança no qual o veículo seria atacado pelos pedestres antes do atropelamento. Nas imagens, é possível visualizar dois agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) passando pela via no momento que o veículo avança sobre as pessoas.  Também é possível ver que o carro passa em um trecho atrás de outros veículos, incluindo um ônibus.
 
Os organizadores do evento afirmam que cinco pessoas ficaram feridas no acidente. Já a Polícia Militar afirma que somente duas se feriram. 
 
Assine
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. PSDB = descontrole total e

    PSDB = descontrole total e incapacidade intelectual

     

    PMDB = vilania porfunda e altissimo grau de interesse no enriquecimento pessoal

     

    juntos são o pior cenário para uma gestão – d qq coisa.

  2. A velha estratégia de culpara as vítimas

    joão botox posa de moderninho, mas nem mesmo na estratégia marqueteira ou de culpar as vítimas ele inova. O playboy alçado à cadeira de prefeito da maior cidade brasileira lembra outros da mesma classe: Collor, Luciano Hook e Aécio Cunha.

  3. Na TV foi mostrada a autorização da PMSP para as 9:30h

    (Indi)jestão Dória fazendo m#[email protected] mais uma vez e tirando o fiofó da reta…

     

    PS: Nada justifica skatistas vandalizarem o veículo. MUITO MENOS o motorista sair atropelando. Um é crime de vandalismo, danos materiais. O outro é tentativa de homicídio eventuak, doloso.

  4. Skatistas atropelados

    Não quero fazer juizo de valor a distância, mas querer dizer que teve que acelerar para fujir das agressões dos skatistas é no mínomo uma aberração: se fosse isso mesmo ele aceleraria em meia volta, não para cima de uma multidão infindável. É intolerância total que desaguou em ódio.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome