Guarani-Kaiowá enfrentam alta da violência dentro e fora das aldeias em Dourados (MS)

Um cenário complexo que envolve milícias formadas pelos próprios indígenas, ataques de pistoleiros a mando de fazendeiros e ausência da segurança pública

(Foto do ataque na aldeia Bororó (Assejur/Cimi/12/09/2019))

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora