fbpx
domingo, julho 5, 2020
  • Carregando...
    Início Cultura

    Cultura

    O complexo sistema de vaporização de impessoas, por Sebastião Nunes

    Continuando a saga da distopia 2084, começo neste 12º capítulo a desfazer a biografia de um herói futuro, que, infelizmente caiu em desgraça junto ao Grande Irmão sendo, por isso, vaporizado, isto é, tornado inexistente.

    Trivial do Albertinho Fortuna

    Albertinho Fortuna canta MARCHA DOS GAFANHOTOS, de Roberto Martins e Eratóstenes Frazão, em resgate de Luciano Hortencio.

    AO VIVO NA TV GGN: Andreia Prestes fala sobre seu livro infantil, que aborda...

    A autora nasceu no exílio e sua família viveu a perseguição do estado nas duas frentes, a paterna e a materna. Confira a entrevista TV GGN

    Trivial de Toninho Ferragutti

    Helicóptero - Nonato Lima e Toninho Ferragutti

    A empregada Mirtes e a patroa Sari, por Urariano Mota

    Ou melhor e mais precisamente, vamos procurar ver a pessoa de Mirtes, pois a senhora Sari aparecerá apenas como contraste.

    Nosso velho casarão…, por Luciano Hortencio

    Ali vivemos até o ano de 2004, um ano após a morte da mamãe, que sequer admitia a ideia de sair de sua casa, a não ser para a última morada.

    Alguém que faz falta, por Izaías Almada

    “Além de jornalistas, Evanize Sydow e Marilda Ferri buscaram e reproduziram a verdade dos fatos e se revelaram como pesquisadoras"

    Singularidade, por Wilton Cardoso

    o canto no entanto entorna / e entorta a boca em abismos

    Hoje é dia de choro!

    A história do chorinho contada por Álvaro Carrilho, Maurício Carrilho, Luna do Pandeiro; Silvério Pontes, Valdir Silva, Valter Silva, Waldir do Surdo e Zé da Velha.

    Lista de Livros: A esquerda que não teme dizer seu nome (Parte I), de...

    Polêmico, Safatle diz que a esquerda precisa entender as necessidades do sujeito contemporâneo e que não há equívoco maior, atualmente, que contrapor o desejo dos indivíduos ao igualitarismo.

    Virá o fim do mundo, por Rui Daher

    Fim dos tempos? Não sei. Mas conheço seus atores principais.

    Fernando, por Marília Moreira

    Ele era o meu pastor, o meu guardador de rebanhos, mesmo que ele me tivesse dito, já no primeiro contato que ele nunca havia guardado rebanho algum. O que importa?

    Trivial de Karine Telles e Renato Braz

    "Flor de ir embora" (Fátima Guedes). Ao vivo em show no teatro do SESC Pompéia dia 24/06/2016.

    Apontamentos para o tal do novo normal, por Marília Moreira

    Mas terá o vírus de fato despertado, como num passe de mágica, a compaixão nos corações humanos ou apenas propiciou àqueles que já a possuíam uma oportunidade de manifestá-la perante desconhecidos?

    TV GGN: Jandira Feghalli explica a nova Lei Aldir Blanc, para os músicos

    Como construir o federalismo em tempos de tormenta. Entrevista concedida a Luis Nassif com participação de Roberta Cunha Valente.

    As primeiras palavras, por Izaías Almada

    Como curiosidade para uma digestiva leitura anticovidiana transcrevo abaixo as primeiras palavras de cinco escritores respeitáveis, por mim escolhidos aleatoriamente.

    No claustro do meu corpo, de repente, por Romério Rômulo

    Não sei se a tua mão na minha mão / É alguma andropausa destes rios.

    IsolArte – A criatividade em tempos de pandemia, com Juliana Brittes

    Os trabalhos são produzidos com o material que Juliana tem em casa, e a criatividade completa com maestria o que falta em recursos cenográficos.

    Trivial de ‘Sei lá, Mangueira’

    Roberta Cunha Valente, Ze Barbeiro Silva, Fabricio Rosil, Alexandre Ribeiro e Milton de Mori, acompanham Roberto Moura.

    Aldir Blanc (a Lei) e o levante da Cultura contra o Messias que nega...

    “Avante, um por todos e todos por um!”, disse Aldir em Um por todos (com João Bosco). Com esse espírito de solidariedade aos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros que atuam na cultura é que nasceu a Lei de Emergência Cultural

    Mais comentados

    Últimas notícias