Ativista critica aposta brasileira em energia nuclear

Do Instituto Carbono Brasil
 
Por Fernanda B. Müller
 
Durante o Fórum Social Temático, realizado na semana passada em Porto Alegre, o ativista da Coalizão por um Brasil Livre de Usinas Nucleares, Chico Whitaker, lamentou a decisão do governo brasileiro de investir em usinas nucleares, um caminho que está sendo revisto pelas grandes economias desenvolvidas do mundo, como Alemanha e Japão.
 
Segundo Whitaker, a presidente Dilma Rousseff decidirá neste ano onde será construída a quarta usina nuclear do país, possivelmente nas margens do Rio São Francisco.
 
“No Brasil existe enorme desinformação sobre isso e o sistema nuclear prima pelo engano e pela mentira, até com boa intenção, para não criar pânico na população”, declarou.
 
Leia mais no Instituto Carbono Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Engano de quem?

    Chico Whitaker deveria entrar no século XXI e dar uma olhada no sistema frances de geração de eletricidade e ter um olhar crítico nos recentes eventos de Fukushima, que ocorreram devido a fraudes nos sistemas de controle e falta de FISCALIZAÇÂO e vista grossa do governo japones (é o estado mínimo em ação).

    Esta preso a conceitos da década de 1980 infelizmente.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome