Painel internacional

A queda dramática da economia da Letônia

BBC NEWS

Para a Letônia, foi uma dramática queda. Até recentemente, o pequeno Estado báltico foi uma estrela na Europa Oriental. A sua pitoresca capital foi destino para turistas, que atraiu fluxos de capital de bancos suecos, e sua taxa de crescimento foi elevada. Depois do avanço rápido de alguns anos atrás, o quadro atual é muito diferente. A previsão para a economia é que ela vá encolher 18% este ano, o desemprego está aumentando e o lat, a moeda do país, corre risco de desvalorização. O governo negou que irá desvalorizar a moeda, mas se isso acontecer, existem receios de que ela terá um impacto muito além das fronteiras do pequeno estado, lar de pouco mais de dois milhões de pessoas.

Clique aqui


Centro-direita vence eleições europeias

Financial Times

Os partidos de centro-direita da Europa celebraram, na segunda-feira, uma retumbante vitória eleitoral que destacou a solidez do modelo capitalista europeu de bem-estar social, na cara da pior recessão desde os anos 1930. A centro-direita emergiu como a clara vencedora nas eleições para o Parlamento Europeu, tomando 265 dos 736 lugares na Assembleia, em comparação com 184 para os socialistas, 83 para os centristas liberais, 50 para os verdes e 36 para a esquerda radical, segundo os números provisórios.

Clique aqui


Recessão global está cedendo, diz OCDE

BBC NEWS

O ritmo de declínio das grandes economias do mundo está abrandando, segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os principais indicadores compostos (CLI, na sigla em inglês), índice para os 30 países da OCDE, aumentou 0,5 pontos em abril, mas ainda está inferior a 8,3 pontos de abril de 2008. “É ainda demasiado cedo para avaliar se isso é temporário ou uma mudança mais duradoura“, disse a OCDE. O índice CLI para o Reino Unido subiu 0,7 ponto, e o dos EUA estava em 0,2 ponto. Na zona euro, o índice CLI aumentou 0,8 ponto, mas caiu 6,3 pontos no mesmo mês do ano passado.

Clique aqui


China aumenta incentivo às exportações

A China está aumentando as reduções fiscais para os exportadores de mais de 600 linhas de produtos, incluindo alguns eletrônicos, máquinas, aço, brinquedos e mobiliário, disse o Ministério das Finanças na segunda-feira. Em uma declaração no website www.mof.gov.cm, o ministério disse que as exportadores de amido de milho e álcool também se beneficiarão do aumento das reduções, que entraram em vigor em 1 de junho. Esta é a sétima vez que o governo aumentou os descontos fiscais à exportação desde o verão passado, para ajudar os fabricantes duramente atingidos pelo mergulho da procura global.

Clique aqui


EUA querem reformular regulação financeira

CNNmoney

A administração Obama planeja divulgar nas próximas semanas detalhes atualizados para orientar o Congresso sobre a melhor maneira de reformular o sistema de regulamentação financeira do país, e evitar futuros colapsos. A medida promete ser controversa e até mesmo politicamente arriscada. De fato, a administração está tirando essa ideia da prateleira porque tudo está simplesmente muito bagunçado. O Secretário do Tesouro, Tim Geithner, falou da necessidade de consolidar as agências, em meio à colcha de retalhos da regulamentação financeira mundial, para impedir as empresas de fazer operações seguindo a fiscalização mais flexível. Mas a administração Obama agora decidiu manter separadas duas agências reguladoras cujas funções similares muitas vezes se sobrepõem. Tanto a SEC (Comissão de Câmbio e Valores Mobiliários, na tradução para o português) e a CFTC (Comissão de Negócios Futuros de Commodities, na tradução para o português) regulam os complicados produtos financeiros. Muitos especialistas têm argumentado que a consolidação das entidades resultaria em maior fiscalização.

Clique aqui


Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome