Banco do Japão anuncia manutenção de compra de ativos

Embora siga com compra de títulos, pessimismo com inflação continua

Jornal GGN – O Banco Central do Japão divulgou nesta terça-feira que irá manter o programa de compra de ativos nos patamares atuais, ao mesmo tempo em que piorou os prognósticos para a economia, sinalizando que pode adotar novos estímulos em meio à trajetória para alcançar a meta de inflação.

Entretanto, reportagem da agência de notícias Reuters mostra que a autoridade monetária parece ter recuado em sua postura favorável a taxa negativa de juros, indicando o dilema ao mesmo tempo em que tenta responder aos novos sinais de fraqueza econômica em um quadro com cada vez menos opções disponíveis.

Seis semanas depois de levar os juros para o território negativo, o Banco do Japão retirou a referência em comunicado após a reunião de política monetária de que vai cortar a taxa de juros ainda mais em território negativo se necessário. Além disso, houve um aumento na isenção de sua política de juros para incluir um total de US$ 90 bilhões em fundos de curto prazo conhecidos como fundos de reserva de dinheiro depois de indicar que poderia conter o investimento no mercado acionário.

Como o mercado esperava, o BC japonês disse que irá manter as compras de títulos governamentais e alguns ativos acionários de maior risco, reiterando seu comprometimento com uma meta de base monetária equivalente a US$ 700 bilhões, e que irá manter a taxa básica de juros em -0,1%. Entretanto, a entidade piorou as perspectivas para a economia e as exportações ante janeiro, em meio a um mercado volátil e a fraca demanda de economias emergentes.

 

 

(Com Reuters)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome