BCE assume supervisão de bancos europeus

Jornal GGN – A partir de hoje, o Banco Central Europeu (BCE) assume a supervisão sobre os 120 principais bancos da zona do euro. Na última segunda-feira, a entidade garantiu estar preparada para assumir o desafio, e que as estruturas de governança do chamado Mecanismo Único de Supervisão (MUS) estão “inteiramente operacionais”.

Dos 130 bancos submetidos às avaliações conjuntas do BCE e da Autoridade Bancária Europeia (EBA), 25 falharam: a Itália foi o país mais afetado, com nove bancos reprovados no exame.

Em Portugal, o Banco Comercial Português (BCP) foi o único dos três bancos portugueses que falhou no cenário mais adverso dos testes de estresse conduzidos pelas autoridades europeias, enquanto a Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Banco BPI passaram nas avaliações.

As regras europeias ditam que os bancos mais representativos do sistema passam para a alçada de supervisão direta do BCE caso tenham ativos superiores a 30 bilhões de euros ou representem mais de 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do país de origem.

 

 

(Com informações da Agência Lusa, via Agência Brasil)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora