Abin se reuniu com defesa de Flávio Bolsonaro, mas diz ao STF que não fez relatórios

Heleno e Ramagem sustentaram que a reunião com a defesa de Flávio, filho de Jair, não é ilegal, pois ambos, GSI e Abin, têm função de zelar pela segurança do presidente e de seus familiares.

Jornal GGN – Alexandre Ramagem, diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a agência não fez os relatórios para orientar a defesa do senador Flávio Bolsonaro no caso da ‘rachadinha’.

O diretor-geral reconheceu que houve uma reunião com a defesa do filho do presidente, mas negou que tenha dado continuidade a qualquer ação de governo que possa justificar a ação judicial.

Tanto Ramagem quanto o general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), prestaram esclarecimentos ao STF. Os dois representantes do governo Bolsonaro instaram o STF a notificar o jornalista Guilherme Amado, da Revista Época, que noticiou o caso, para que ele apresente os relatórios descritos em sua matéria.

Ramagem pediu a citação do jornalista para que forneça os relatórios citados, pois que são importantes para que a agência adote eventuais medidas cabíveis.

Heleno e Ramagem sustentaram que a reunião com a defesa de Flávio, filho de Jair, não é ilegal, pois ambos, GSI e Abin, têm função de zelar pela segurança do presidente e de seus familiares. Sendo assim, a reunião foi ‘regular’.

Além disse, disseram os representantes das agências, nada foi constatado que violasse a segurança institucional, então nenhuma providência foi tomada ou decidida no encontro, disse Ramagem.

Ou seja, a Abin participou da reunião com o filho do presidente, Flávio Bolsonaro, mas não produziu ata.

Com informações da Folha.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Nassif: santa ingenuidade querer que qualquer órgão ou setor do GovernoCavalão apresente Ata de reunião. Aprenderam com o CrimeOrganizado (do qual hoje são os maiores participantes) que esse troço de registros só sobra pra encrenca. Aquela reunião onde foram ofendidos até governos estrangeiros serviu de lição. Agora ouvi dizer até as convocações são feitas ao pé do ouvido. Você acha esse caras que parece espiavam até a Presidenta Dilma no banho vão querer mostrar alguma coisa? São malacos e de burro e bobos nada têm. Se for fundo nessa estória é bem capaz de aparecer até essas entidades fuçando na vida dos que investigaram os MeliantesFilhos do Ôme. Você tem alguma dúvida?

  2. Só de fazer reunião com a defesa do evidente meliante já é suficiente, nem precisa mostrar “relatórios”…
    Até aconselhamento verbal já seria uma consultoria de Estado e uso de recursos públicos (que deveriam ser estratégicos para o país e não arapongagem interna) para probleminhas pessoais de filhotes zero à esquerda. Como há provas de que se reuniram, querem desidratar por “relatórios”…
    Além de privatizar (e devastar) patrimônio público, está privatizando o Executivo.
    (Como fez escandalosamente ao usar reunião (vergonhosa) de estado para discutir e enfatizar problemas familiares).
    Este (des)governo não sabe a diferença entre governar e “mandar”.
    Obviamente precisa-se de um exército (?) de néscios para poder fazer isso…

    • Ed: saca essa. Um cara que esteve nessa famigerada “reunião” contou prum cara que contou pra empregada de outro cara que contou prum chegado meu que não há papel timbrado pelos “espiôes-institntucionais” do KuartelAlvorada. Os chefões (tipo DonCorleone) das duas instituições envolvidas parece só leram relatórios de seus arapongas. Quem tomava nota era um cupincha de Bananinha. Dizem rolou nomes e sexo dos envolvidos, endereços, datas, valores e terceiros interessados. Mas só no gogó, prá deixar no “boato” e não provas. Voce acha que o pessoal assessorado pela CIA, M6 e Mossad são de dar ponto sem nó? ArasEguas, você acha que isso é suficiente pro grandão de tal Procuradoria autorizar denúncia? Só se fosse contra o SapoBarbudo…

  3. Esses milicianos alteraram o sistema de controle de acesso do condominio vivendas da barra…
    Outros quebraram o codigo de acesso da contabilidade da Odebrecht
    só um ingenuo para achar que dessa cartola tem coelho

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome