Advogado acusa Demóstenes de ameaçá-lo de morte

Sugerido por Gão

Do Estadão

Advogado acusa Demóstenes de ameaçá-lo de morte
 
Neilton Cruvinel registrou boletim de ocorrência na polícia de Goiás no qual diz também que ex-senador prometeu degolá-lo
 
O advogado Neilton Cruvinel, primeiro defensor do ex-senador Demóstenes Torres no processo em que ele pode perder o cargo de procurador de Justiça, registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de Goiás no qual o acusa de tentar agredi-lo e de ameaçá-lo de morte. O caso é do dia 19 de dezembro.
 
Anteontem, Demóstenes virou réu em ação criminal em Goiás, acusado de corrupção passiva e advocacia administrativa – uso indevido de facilidades do cargo. Ele é acusado de receber R$ 5 milhões do empresário Carlinhos Cachoeira, além de outras vantagens. A ligação com Cachoeira, que é réu por corrupção ativa, levou à cassação do mandato de Demóstenes no Senado, em 2012.
 
No boletim de ocorrência, Cruvinel registrou que, após frustrado um projeto entre ele e Demóstenes para montarem um escritório de advocacia juntos, o ex-senador “passou a agir de forma dissimulada, visando prejudicar a relação” de Cruvinel com conhecidos de ambos.

 
Segundo o advogado, Demóstenes se aproveitou de um desentendimento financeiro entre Cruvinel e o empresário Maurício Sampaio para “fomentar a discórdia” entre os dois. Na versão de Cruvinel, o ex-senador disse que Sampaio se sentia prejudicado no acerto financeiro e por isso estaria disposto a matar o advogado. A Sampaio, segundo a versão apresentada à polícia, Demóstenes teria dito que Cruvinel é quem se sentia prejudicado no acerto, e por isso decidira agredir o empresário fisicamente com um tapa na cara.
 
Encontro. O advogado afirmou que Demóstenes o chamou para um encontro no seu apartamento em 13 de dezembro. Ao chegar, estavam lá Sampaio e Carlinhos Cachoeira. Na versão de Cruvinel, Demóstenes passou a xingá-lo, a dizer que tinha feito intrigas, e a acusá-lo de haver dito para várias pessoas que o escritório de advocacia de ambos seria também de Cachoeira.
 
Cruvinel declarou que Demóstenes tentou agredi-lo, mas foi contido por Sampaio e por Cachoeira. Ele disse que só conseguiu sair do apartamento porque o ex-senador era contido pelo empresário, mas Demóstenes se desvencilhou e segurou a porta do elevador para dizer que iria “matá-lo, degolá-lo e que iria acabar com sua vida”. Cruvinel disse que “não tinha como deixar de relatar essa ameaça porque sabe que é real, que Demóstenes planeja atentar contra sua vida”.
 
Procurado, Demóstenes Torres afirmou que dois advogados comentariam a suposta ameaça. Porém, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que apenas defende o ex-senador no processo no TJ de Goiás e que não tinha conhecimento do caso. Pedro Paulo Medeiros também afirmou desconhecer as ameaças, e disse que Neílton Cruvinel “talvez tenha ficado inconformado” por sair do caso em que defendia o ex-senador. Carlinhos Cachoeira nega ter participado da reunião. Maurício Sampaio não foi encontrado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

24 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

robson_lopes

- 2014-01-26 00:46:33

Curiosidade, esse DEMóstenes era de que partido?

DEMóstenes, partido, alguém aí lembra?

Jofran Oliva

- 2014-01-25 23:34:33

E a revista Veja não vai falar nada?

E a Veja não vai falar nada? Não vai publicar uma reportagem destacando o mosqueteiro, paladino da moralidade na capa? E se o senador Demóstentes fosse do PT?

maria rodrigues

- 2014-01-25 18:56:06

Muito importante o vídeo

Muito importante o vídeo apresentado pelo comentarista Gardenal. Já havia me esquecido desse episódio tão triste, ainda mais sabendo que agora, neste exato momento, Aécio Neves, defensor de um mal-feitor cheio de capangas, se propõe a subir a rampa do Planalto como presidente da República.

Dá um vazio, um sentimento de impotência, quase uma angústia, saber que o destino de pessoas como Genoino resulta numa quase tragédia, após um julgamento violento e cruel, enquanto um miserável como Demóstenes Torres transita lépido e fagueiro aqui e alhures. 

O ministro Celso de Mello, pra aparecer diantes das luzes da TV Justiça, disse numa de suas intervenções no julgamento do mensalão, que todos que se envolveram naquele processo podiam ser comparados a uma organização criminosa como a do PCC. Uma fase de efeito, como tantas proferidas por ele e alguns de seus pares, que só fizeram aumentar em alguns um verdadeiro ódio dos réus naquele processo. 

Demóstenes é um verdadeiro ladrão e assassino, não merecia esse destino, mas, ele sim, uma cadeia com a chave jogada no lixo.

Cristiana Castro

- 2014-01-25 18:24:33

Vai sobrar pro Cachoeira...

Vai sobrar pro Cachoeira... De novo!!!

JorgeLuis

- 2014-01-25 17:57:51

Pizzaria? Sei não. Demóstenes

Pizzaria? Sei não. Demóstenes tem mais cara de jantar no Enoteca Pinchiorri...

lenita

- 2014-01-25 17:45:19

"Ha é sim"

Quer dizer que o senador e futuro candidato à Presidência da República, o "Ha é sim" conhecia "profundamente o demóstenes ? Andam sempre juntos mesmo, os calhordas da vida, em bandos para se protegerem mutuamente.

Anarquista Lúcida

- 2014-01-25 17:00:40

Provavel/ 1 criminos acusando outro pq o pacto entre ambos gorou

aliancaliberal

- 2014-01-25 16:42:14

Diz que ele se encontrou com

Diz que ele se encontrou com Pizzolato numa pizzaria.

Dudu Cartucho

- 2014-01-25 15:49:40

O prefeito é do PT. * ASSINO

O prefeito é do PT.

*

ASSINO EM BAIXO O SEU COMENTÁRIO: stf, oab, mp...TA RUIM...

jns

- 2014-01-25 15:31:45

LA DOLCE VITA

FIRENZE, ITÁLIA, 1º DE JANEIRO DE 2014

Com a prisão-espetáculo de Dirceu e Genoino, promovida por Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), muita gente jurou que o ciclo da impunidade no Brasil estava encerrado ou em vias de encerrar. Esses já nutriam tal sentimento durante o julgamento-novela às vésperas das eleições municipais em 2012.

  

  

Mas enquanto alguns se regozijam ao ver Genoino e Dirceu presos, fazem vistas grossas para a situação do ex-senador Demóstenes Torres. Parceiro do bicheiro Carlinhos Cachoeira em esquemas de desvio de dinheiro público e chantagens sem fim. Com o uso de Veja, diga-se de passagem.

Primeiro que ele foi aposentado compulsoriamente por ser procurador, recebendo a singela quantia de R$ 22 mil de salário. Segundo que o mesmo passou a virada de ano na Itália. Livre, leve e solto na cidade de Firenze. Suas fotos ao lado da esposa foram publicadas no Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães.

Sem contar o trem descarrilado em São Paulo, a privataria, a emenda da reeleição, Daniel Dantas, helicóptero com meia tonelada de pasta-base de cocaína...

Você ainda acredita que o STF faz maravilhas? Que a impunidade está acabando? Que o Judiciário é o Poder mais sério do país? Ou sua revolta com mazelas se resume a petistas?

Texto de Cadu Amaral publicado pelo Tribuna Hoje.

carlos afonso quintela da silva

- 2014-01-25 14:56:52

Quem dorme com porcos só pode

Quem dorme com porcos só pode acordar sujo de lama...

alexis

- 2014-01-25 14:40:09

Ameaças Goianenses

A mulher do "Cachoeira" ameaçou até um Juiz e, sem explicação nenhuma, aquele Juiz ficou caladinho.

Velhos tempos da "moto serra", e que hoje são apenas ameaças verbais, mas suficientes para calar ao desafeto.

JorgeLuis

- 2014-01-25 14:32:57

Será que dá pra degolar

Será que dá pra degolar alguém usando florete?

Daytona

- 2014-01-25 14:18:08

O mosqueteiro da ética da

O mosqueteiro da ética da Veja.

Celio Mendes

- 2014-01-25 14:13:59

Coitado do Demostenes

 

O impoluto paladino da moralidade foi abandonado na estrada (ele jamais chegará a ser um Paulo Preto), mas o PIG não o deserdou completamente, mantem o silêncio obsequioso sobre tudo que envolve essa cachoeira de falcatruas em Goiás, nada como ser protegido pela mídia nesse país, não tem domínio do fato que os alcancem.

Gardenal

- 2014-01-25 13:37:19

Nunca é demais lembrar: 

Nunca é demais lembrar: [video:http://www.youtube.com/watch?v=NpMOy011uR4]

janes salete

- 2014-01-25 13:28:47

Se tivesse lago em goiania

Se tivesse lago em goiania ... Não tenho certeza se em goiania a prefeitura é do PT. Se for, o demóstenes indicará o "culpado" pelo sumiço do advogado DELE. Gente, to brincando! Mas, que dá uma vontade de puxar o tapete dessa nossa justiciaria  que nunca foi outra coisa senão abrigo de grandes corruptores e grandes corruptos... Nossa, como sinto essa vontade! O Tarso Genro, político e pessoa corretíssima (tem seus defeitos, mas nunca éticos), foi condenado pela justiciaria tupinica por ter contratado UM radiologista, sem licitação, porque o hospital estava carente desse profissional e necessitando-o com urgência. Não poderá concorrer por 5 anos a qualquer cargo público! Enquanto isso, sp e seu trensalão, goiás, com seus cachoeiras, demóstenes, pirillos, mg, com seu helicóptero de senador amigo do rei, vão sendo "castigados" com férias em Paris, USA e tais. Haverá oab, mps, pf, stfs algum dia que façam com que esses mafiosos (pior, com provas de seus delitos) sejam incapacitados, proibidos de tanta sacanagem? Não acredito, infelizmente! De que adianta ter bons juízes, bons promotores, bons advogados se eles nada fazem contra essa máfia? A omissão sempre foi a companheira covarde da injustiça.

peregrino

- 2014-01-25 13:00:44

realmente...

e definitivamente, forte indício de que o crime é o melhor servidor da ordem estabelecida pelo judiciário brasileiro

 

muito preocupante mesmo, porque nenhum governo resiste à esta desordem generalizada

renato arthur

- 2014-01-25 13:00:13

Justiça brasileira

E todos esses gangster que infestam o estado brasileiro estão livre e solto recebendo milhões do estado acobertados pela jornalões e protegidos pela justiça. O Dirceu está lá , preso  impedido de trabalhar  em regime fechado por que a midia não quer e justiça não ousa desobedecer.  

Schell

- 2014-01-25 12:59:54

E o tal Demóstenes era a

E o tal Demóstenes era a bandeira "moral" da (perce)Veja, da Globo, do Estadão, da Folha, da RBS, e por aí...

Inclusive, lembro, no início da devassa, ele alegou da tribuna do senado (em minúsculas) que nem ao menos conhecia o tal Cachoeira...

E que era assim, assim com o (ainda) ministro e douto Gilmar... Tanto que ambos foram "grampeados" entabulando conversas ao pé da orelha (haja ouvido)...

peregrino

- 2014-01-25 12:53:19

quem não quer ser ameaçado...

que fique longe dessa gente.............

 

grande ameaça mesmo, para o País inteiro, é seguirem livres e nervosos, espumando ódio onde quer que estejam

 

se nem 40 mil por mês acalma o Demostenes, fico  imaginando o que aprontam quando se juntam

MarFig

- 2014-01-25 12:42:55

Goiás, Minas, São Paulo. É

Goiás, Minas, São Paulo. É tanta lama que nem a mídia sócia consegue mais esconder. 

Avelino de Oliveira

- 2014-01-25 12:23:13

Caro Nassif e demais Por mais

Caro Nassif e demais

Por mais provas que haja, é tudo inconclusivo.

Saudações

Francisco Andrade

- 2014-01-25 12:19:02

o tal do advogado queria o que?

O sujeito decide trabalhar para um gangster mafioso, ... e depois se desentende com o criminoso. Queria o que?... um tratamento educado, civilizado e cavalheiresco ? .... ridículo !!!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador