Justiça do ES aceita denúncia contra tio que estuprou menina de 10 anos

Agora, o homem passa a ser oficialmente investigado e a menina de 10 anos receberá proteção da Justiça

Foto: Reprodução de vídeo

Jornal GGN – A Justiça do Espírito Santo aceitou a denúncia contra o tio da menina de 10 anos que foi estuprada e engravidou. Agora, o homem passa a ser oficialmente investigado.

Preso na semana passada em Betim, Minas Gerais, aonde foi encontrado, ele é acusado de estupro de vulnerável e ameaça. Encontra-se no Complexo de Xuri, em Vilha Velha, no Espírito Santo. Ele poderá ficar preso por até 15 anos.

Após sofrer as violências sexuais, ser negada a ela o direito de realizar o aborto no hospital de Vitória, Hucam (Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes), e ter sua identidade, com nome e local aonde estava internada, exposta pela ativista Sara Winter, a menina de 10 anos receberá proteção da Justiça.

Ela também receberá uma nova identidade e mudará de endereço, com a família.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora