Relatório de delegado não mostra indícios contra Lula para ouvi-lo em inquérito

Lula teria criticado a ação do policial de pedir que o ex-presidente seja ouvido pelos investigadores da Lava Jato
 
Jornal GGN – Um pedido do delegado federal Josélio Azevedo de Sousa está nas mãos do procurador-geral da República, para ouvir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em inquérito de desdobramento da Operação Lava Jato. A aliados, o ex-presidente teria criticado o pedido do policial. 
 
De acordo com reportagem do Valor, Lula disse que essa era uma tentativa de atingí-lo politicamente, uma vez que no próprio relatório do policial está indicado que não há provas do seu envolvimento direto no desvio dos recursos da Petrobras. Sousa solicitou, na última quinta-feira (10), que o ex-presidente fosse ouvido no inquérito que trata de parlamentares com foro privilegiado como desdobramento da Operação Lava Jato. 
 
Lula teria indicado a aliados que o pedido será usado como munição para ataques da oposição e teria reclamado de excessos cometidos por delegados da PF, sob a condução do ministro José Eduardo Cardozo, publicou o Valor.
 
O deputado Wadih Damous (PT-RJ) disse que o pedido do delegado é uma medida “despropositada” e “foi criado para beneficiar a oposição”. “Não conversei com Lula, mas se ele não pensasse assim eu discordaria dele. Estou preocupado com essa partidarização da PF”, disse o deputado.
 
A solicitação do delegado deve, ainda, passar pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Caso o procurador Rodrigo Janot não concorde com a sugestão de ouvir o ex-presidente, o pedido não será encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF). 
 
No relatório, Sousa afirma que o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, ambos delatores do processo, “presumem que o ex-presidente da República tivesse conhecimento do esquema de corrupção”, mas não levantaram indícios de veracidade.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

17 comentários

  1. represália

     

    Parece-me que existe um pedido para tomar o depoimento do Serra vampirão sobre um outro processo,  agora, no dia 7 de outubro. Deve ser uma represália direcionada a criar um factóide….

  2. ;

     

    FHC INSPIROU PF A CONVOCAR LULA A DEPOR SOBRE CORRUPÇÃO NA PETROBRAS

     
    Trecho do relatório da PF

    Há pouco mais de um mês, o ex-presidente FHC deu uma entrevista à revista alemã Capital. Nela, FHC diz que a corrupção começou em 2004 com Lula, “no escândalo do mensalão”.

    Questionado se Lula estaria envolvido, FHC responde: “Não sei em que medida. Politicamente responsável ele é com certeza. Os escândalos começaram no governo dele”.
    O ex-presidente, uma das principais lideranças do PSDB, afirma que era impossível que Lula não soubesse do mensalão. “Para colocá-lo atrás das grades, é necessário haver algo muito concreto. Talvez ele tenha que depor como testemunha. Isso já seria suficientemente desmoralizante”, comenta. [Confira aqui]
    Não pode ser simples coincidência que um delegado da PF tenha saído agora com um pedido estapafúrdio de autorização ao STF para interrogar Lula.

    Sem base alguma para o pedido (a não ser talvez a mesma “intuição” interessada de FHC), o delegado “em seu relatório cita Lula como suspeito de ter se beneficiado do esquema de corrupção da Petrobras para obter vantagens pessoais, para o governo e para o PT. Porém, o delegado pondera que, no entanto, não há provas que mostrem que Lula participou diretamente do esquema de corrupção” [Fonte: Exame].

    É fácil imaginar o festival que vai alvoroçar a mídia golpista, caso o STF dê a autorização para o interrogatório.

    Não é necessário que aconteça nada, nenhuma declaração ou revelação bombástica. As manchetes e reportagens de jornais, rádios e TVs vão fazer o possível e o impossível para deixar no ar que tudo começou com Lula (como disse FHC).

    Apenas isso “já seria suficientemente desmoralizante” (como quer, e declarou, FHC).

    Simples coincidência?  

    http://blogdomello.blogspot.com.br/2015/09/fhc-inspirou-pf-convocar-lula-depor.html

    • Será demência senil? FHC ficou surdo?

      Refrescando-lhe a memória: Sr FHC, mais conhecido aqui no Rio como bobo alegre do Fashion Mall, o Sr Barusco afirmou com todas as letras que desde 1997, recebia propina da Petrobrás. Que a velhice o torne um homem melhor, e não um mentiroso e fofoqueiro. 

  3. Indício ?
    O procedimento

    Indício ?

    O procedimento inquisitório, conforme prevê o CPP,. busca colher provas e indícios.

    A discussão sobre indício ou não só inicia após o fim do inquérito.

    Muito embora faça parte de uma casta privilergiada da sociedade, que circula entre banqueiros e empresários, isso não quer dizer que o cidadão Luis Inácio não deve prestar esclarecimentos.

    Alias, deve ser do interesse dele presta-los.

     

     

    • Pela sua lógica, qualquer um

      Pela sua lógica, qualquer um cujo nome tenha sido citado no decorrer do processo, mesmo sem quaquer indício de ilícito, deveria ser convocado paa prestar esclarecimentos. Dessa forma, o processo jamais terminaria, já que cada novo convocado citaria novos nomes. A não ser, é claro, que você julgue que só devem ser convocados aqueles  cuja imagem certas pessoas poderosas querem denegrir.

    • Segundo sua brilhante lógica

      Segundo sua brilhante lógica então, todo e qualquer cidadão, mesmo não havendo nenhum indício contra ele, pode ser passível de se ter um inquérito aberto ou ser ouvido sobre quaisquer fatos ?

      Por que então não chamar também para sermos ouvidos eu e voce ? Por que não o Nassif  ? Pode ser qualquer um, não é mesmo. Nâo é preciso indícios mínimos ora.

      Que brilhante.

      Que jenialidade.

      Vamos ver então se o PGR e o ministro Teori concorcam com voce e o brilhante delegado ou não.

  4. Critica ao delegado

    Em qualquer país cuja justiça mereça um vintém de cridibilidade e cuja as raízes estejam regadas pela democracia, jamias se admitiria um comportamento estúpido de um delegado da Policia Federal, no minimo deveria ser afastado do caso pelo Ministro da Justiça, cujo o poder lhe é dado, por essa ser uma corporação policial.

    O silêncio do Ministro da justiça, portanto, chefe geral da corporação é um sinal de fraqueza e frouxidão, cujo resultado é a multiplicação de estupidez como essa.

    Em qualquer país sério não se admite prisão sem provas ou fortes indicios, no Brasil o Moro prende alguém, porque se disse que ele é culpado em caso A ou B, por um réu confesso. O militarismo que os estúpidos requerem, já está em prática, representado pelo “general” Moro.

  5. É a presunção, da presunção,

    É a presunção, da presunção,  da presunção… É o dedo-duro (delator, x9 muito premiado- qualquer coisa menos colaborador) que acha que Lula saberia, que pensa ser do conhecimento de Lula… É a nova versão do “mas ele não poderia não saber”… É a recriação do “domínio (nazista) do fato”, uma muleta sob medida para magistrados incompetentes condenarem sem provas os que consideram adversários ou desafetos políticos. É a guantánamo paranaense se nacionalizando, para pegar Lula ou impedi-lo de voltar à presidência da república pelo voto da maioria dos brasileiros. É a mesquinhez golpista que, a cada dia muda de roupa, tentando travestir-se de legalidade e institucionalidade.

  6. O delegado mesmo diz que não

    O delegado mesmo diz que não há indício.

       Não é por aí que pegarão Lula.

          Que ele é o chefão do mensalão e petrolão . todo mundo sabe.

                 O difícil é provar.

                   E insisto:

                 Não é por aí.

    • Não, anarquista sério.

      Não, anarquista sério. Ninguém sabe. Tanto não sabem que a cada dia inventam uma forma diferente, para tentar incriminar o ex-presidente. E olhe que que para isso há muitos concurseiros mauricinhos, da mesma estirpe daquele advogado que ameçou de morte a presidente Dilma, muitos procuradores fanfarrrrões, muitos delegados aecistas, muitos magistrados justiceiros que inventam ou tiram da manga teorias como a do domínio do fato,  muitos jornalistas e colonistas golpistas e patronais, TODOS “trabalhando” para ‘pegar’ o Lula. 

      E sem provas, não há crime. Mesmo que possa haver condenação. José Dirceu que o diga.

  7. O ORÁCULO

    É inacreditável o que está acontecendo com as mentes brilhantes. Os marginais: Yossef e Paulo Costa estão virando o oráculo das autoridades.

  8. Esses puliças fanfarrões da

    Esses puliças fanfarrões da atual Polícia Federal necessitam receber um vigoroso tranco. Do contrário, a sociedade brasileira vai pagar caro, a continuar alimentando essa imoral e destrambelhada desenvoltura policialesca, por conta da inoperância e da covardia de seu chefe maior. O tal do merda do Zé eduardo.

    Se no Ministério da Justiça a presidenta Dilma tivesse indicado um cabra íntegro e atuante, a instituição Polícia Federal não se encontrava numa situação tão degradante. Diria que nem no período autoritário encontramos paralelo. Embora, os desmandos de outrora, tivessem natureza diversa do atual, sem que tal constatação venha alíviar o nível da malignidade dos desmandos atuais.

    Orlando

  9. E s/ o Aécio ?

    Nada ! Ele nem sabia que recebia 150 mil/mês, pobre !

    Asco, nojo e tudo o mais para essa PF vendida. Será que os “irmãos do norte” ainda estão colaborando c/ eles.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome