A visita de Serra ao Recife

Por Hugo Leite

Nassif, Serra fez visita inesperada ao Recife, sob efeito da pesquisa IBOPE. Entre as testemunhas, há quem diga que Serra estava mais perdido do que cego em tiroteio, agindo como um autêntico tresloucado. Quando perguntado por que veio ao Recife assim, sem mais nem menos, ele respondeu: “Vim ao Recife porque estava com saudades”. Esse Zé é mesmo hilário!

Do Blog do Jaramillo

O que se viu na passagem relâmpago de Serra pelo Recife

Durante a passagem relâmpago do presidenciável José Serra (PSDB), algumas coisas interessantes de serem observadas:

– Serra apresentava uma irritação que não demonstrava há muito tempo em suas vindas a Pernambuco;

– Antes da assessora de imprensa conseguir organizar uma improvisada coletiva, Serra disse para ela: “Eles vão querer saber de pesquisa”;

– Sérgio Guerra (PSDB) e Jarbas Vasconcelos (PMDB), que andavam meio afastados, chegaram juntinhos ao comitê de Antônio Moraes (PSDB), no Pina;

– Terezinha Nunes (PSDB) parece ter esquecido que é candidata à deputada estadual. No comitê do concorrente, usava adesivo de Moraes no peito

Ibope dá diferença de apenas cinco pontos entre Dilma (39%) e Serra (34%).

No Recife, Serra se nega a comentar desempenho no debate e pesquisas

Depois de uma diferença de 10 pontos percentuais na pesquisa da CNT/Sensus, criticada pelos tucanos, para quem o instituto não é sério, o Ibope, contratado pela Rede Globo, acaba de apontar uma diferença de ‘apenas’ cinco pontos entre Dilma e Serra.

No levantamento, a ex-ministra de Lula tem 39% e Serra, 34%.

Marina, do PV, teria 8%.

No Pina, onde chegou para a inauguração do comitê de Sérgio Guerra, o tucano mostrou-se irritado, conforme a avaliação do intrépido repórter Daniel Guedes.

Ele disse que não se sentia à vontade para falar do seu desempenho no debate e nem dos números da pesquisa do Ibope.

“Vim ao Recife porque estava com saudade”, afirmou, antes de viajar para Vitória de Santo Antão, ao se despedir do batalhão de repórter que tentou falar com o presidenciável neste começo de noite.

Os candidatos José Maria Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) registraram 0% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 7% e indecisos são 12%.

Em um eventual segundo turno, Dilma teria 44% dos votos contra 39% de Serra. Brancos e nulos somam 8% nesse cenário e 9% se declararam indecisos. Na pesquisa anterior, Dilma aparecia com 46% e Serra com 40%.

Na pesquisa espontânea – quando nenhum cartão de resposta é apresentado e o eleitor responde com o que lhe vem à cabeça -, Dilma lidera com 25%, Serra aparece com 17% e Marina com 4%. Outros nomes citados somam 4% enquanto brancos e nulos são 6%. 44% não souberam responder.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome