Os impactos da Lava Jato sobre a Petrobras

O governo brasileiro está cochilando em relação aos processos contra a Petrobras, nos Estados Unidos.

Há um processo guarda-chuva na SEC (a Comissão de Valores Mobiliários), envolvendo vários fundos de investimento abutre, advogados e investidores individuais. A base desse processo é um segundo, tocado pelo Departamento de Justiça norte-americano.

O programa Brasilianas.org – que irá ao ar na próxima segunda-feira pela TV Brasil – ouviu dois especialistas no tema, o advogado e consultor André Araújo e o especialista em direito processual Luiz Guilherme Decaro.

Ambos concordaram sobre a falta de atenção ao tema pelo governo brasileiro. Segundo Araujo, o Brasil teria que seguir o caminho diplomático, com a presidente Dilma Rousseff entrando em contato direto com seu colega Barack Obama, para informá-lo das repercussões da ação sobre a Petrobras e a imagem do Brasil.

O Executivo norte-americano tem instrumentos para resolver essa questão, diz Araújo, e o Brasil continua sendo o parceiro mais relevante para os Estados Unidos na América Latina.

***

As penalidade impostas pelo Departamento de Justiça, para casos semelhantes, podem chegar a um ou dois bilhões de dólares – o equivalente a tudo o que a Lava Jato conseguir repatriar para o país.

***

Para André, além disso, é inexplicável o papel do Ministério Público Federal brasileiro de, pelos acordos de cooperação internacional, alimentar o Departamento de Justica com informações sobre a Petrobras.

Primeiro, porque a Petrobras é vítima de corrupção, não protagonista – como é o caso de inúmeras multinacionais acusadas de subornar governos estrangeiros para obter bons contratos.

Segundo, porque a Petrobras é uma extensão do Estado brasileiro. Tem maioria de controle estatal e seu presidente é diretamente nomeado pelo Presidente da República.

Sendo assim, jamais o MPF poderia cooperar com autoridades estrangeiras para processar a empresa.

***

Esse tipo de ação vai resultar em várias ações de outros países contra a empresa, além dos danos à imagem da empresa, já afetada pelos atos de corrupção descobertos.

***

No programa, houve discordância sobre os impactos da Lava Jato na imagem internacional do país.

Não houve ressalvas quanto aos aspectos técnicos da operação, mas em relação ao estardalhaço com que foi conduzida.

Para o presidente da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal, Marcos Leôncio Ribeiro, a Lava Jato projetará uma imagem de país moderno, que enfrenta a corrupção e, portanto, é um local seguro para investimentos externos.

***

Consultor de empresas, André Araújo acha que serão necessárias duas gerações para recompor a imagem do país.

Com todos os problemas políticos, diz ele, o Brasil sempre foi considerado o país menos corrupto da América Latina. Cada presidente mexicano deixava o poder com 4 bilhões de dólares no Bolso, como se fizesse parte das regras do jogo do PRI.

Governantes argentinos, chilenos, venezuelanos, colombianos, sempre estiveram às voltas com suspeitas de enriquecimento.

Os Estados Unidos, mesmo, tem um nível de corrupção superior ao brasileiro, diz ele, lembrando casos como de Lyndon Johnson – que deixou para a mulher 61 emissoras de rádios, presenteadas pelas empreiteiras. Ou das dinastias políticas que dominam Chicago há décadas, com amplo histórico de corrupção.

Hoje em dia há várias empreiteiras sendo oferecidas a investidores externos, na bacia das almas, e ninguém se arrisca porque a Lava Jato disseminou a imagem de um país corroído por uma corrupção sistêmica.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

53 comentários

  1. “Sendo assim, jamais o MPF

    “Sendo assim, jamais o MPF poderia cooperar com autoridades estrangeiras para processar a empresa.”

    Se o MPF está fazendo isso, e está, ou seja, braço do Estado Brasileiro cooperando com país estrangeiro para destruir uma empresa estatal, evidentemente isso não pode ser ação constitucional. Mais que isso, o MPF está atuando de forma a lesar o povo que deveria defender. 

    Isso é sim de uma gravidade máxima!

  2. O Tio Sam arrancou 475

    O Tio Sam arrancou 475  milhoes de reais do Hawilla da Globo, para que fique em liberdade e deve arrancar meio bi do Marin, tmbm aliado da Globo. Só aí serão 1 bi de reais, a metade do que já arrecadou a Lava Jato com todo esse estardalhaço e rosário de abusos de poder,  injustiças de toda a ordem e destruição da economia a qualquer preço, com sérios problemas para o povo brasileiro e, mais: sem data para terminar, os engomadinhos do MPF querem estender a novela por longos cinicos anos, sic cinco, uma vez que a intenção não nem é resolver a questão da corrupção e sim destruir um partido político e fortalecer outro.

    Não nos esqueçamos  que, em entrevista recente a Carta Maior, o penalista Zaffaroni afirmou com categora que o  Direito Penal não resolve o problema da corrupção e sim sistemas de controle e transparência, exatamente o contrário do que faz Alckmin em SP ao decretar 100 anos de sigilo para seus rolos. País estranho este nosso, onde uma elite secularmente corrupta se apega tanto à cultura do encarceramento, do outro, claro, pos não nos esqueçamos de que a Operação Zelotes[que resolveu repetir o modus operandi da Lava Jato] deixou de pegar no pé de grandes grupos econômicos, como RBS, Globo e bancos, que roubaram bilhões de reais do fisco, para se ocupar do filho de Lula, com direito a invadir a casa do mesmo à meia noite, sem que ele não tenha nada a ver com Carf.

    Tosca essa máfia midiático-penal.

    • Concordo plenamente.
      Os ianques são muito mais eficientes em matéria de recuperar dinheiro roubado do que nós, vide o caso da Fifa. Então vamos acabar com a Lava Jato e deixar que os procuradores e juizes americanos cuidem do caso, do jeito como só eles sabem fazer.

      Não dou uma senana pros advogados dos réus pedirem desesperados a volta do Moro..

  3. Se o governo não consegue

    Se o governo não consegue evitar que o circo daqui pegue fogo, imagine um que está lá nos EUA. E quanto ao telefonema de Dilma pra Obama, é mais fácil Obama ligar pra Dilma e perguntar se não precisa de nenhuma ajuda no caso da Petrobrás. Definitivamente o verbo antever e antecipar-se não estão no dicionário de Dilma e, portanto, do governo. 

  4. Governo Soneca
    Escreve o nassuif:
    O governo brasileiro está cochilando em relação aos processos contra a Petrobras, nos Estados Unidos

    Está cochilando sobre muito assuntos.

    O governo brasileiro é o governo Soneca.

    Gostaria que fosse diferente, pois a direita está bem acordada.

  5. Sono Eterno

    “O governo brasileiro está cochilando…” Cochilando? Este governo vive o sono eterno. Só uma pergunta. O que os procuradores messiânicos, sob a lidernçao do tucano Janot, em relação à Petrobrás, não é traição à Pátria?

  6. COMPARAÇÕES

    Sempre se compara as mazelas de um país com o Brasil. Dificil é trazer os bons exemplos de gestão. Isso ninguem comenta.

    Como entender que pessoas atribuem a corrupção a uma montagem ardilosa do “PIG” mesmo com o MPF conseguindo repatriar bilhoes saqueados da Petrobras?

    • QUE BILHÕES?

      nÃO SE REPATRIOU NEM UM BILHÃO ATÉ AGORA. DE ONDE VC TIROU ESSE NÚMERO? sE RECUPEROU, INCLUINDO O QUE FOI FEITO DENTRO DO BRASIL, E MULTYASD PPR LENIENCIA, QUE NÃO CONTAM COMO DEVOLUÇÃO, 3.4 BILHÕES, NADA, PERTO DOS 100 BILHÕES QUE ANDARAM INVENTANDO, E PROPAGANDEANDO POR AÍ. 

  7. Em relação à Petrobras…

    … podemos dizer que Dilma Roussef vem cochilando desde que era Ministra das Minas e Energia, época em que começou este período mais “pujante” da roubalheira na Petrobras. A Super Gerente não sabe auditar nada.

    Ou seja, se temos uma imagem de país leniente com a corrupção, isso se deve à própria corrupção e à incapacidade de Dilma Roussef de auditar qualquer coisa. A Lava Jato está apenas protegendo nosso patrimônio, não vamos inverter os valores, culpando o espelho pela imagem que mostra. Não é absurdo que um Juiz venha a desnudar algo que o maior acionista da empresa deveria saber de antemão?

    Quanto aos EUA, eles defenderão seus interesses e estão corretos e fazê-lo. Nós é que temos que nos perguntar o porquê dos eleitos para defender nossos interesses não fizeram o mesmo. Dilma, a ex-presidente em exercício, só será atendida por Obama por pura da educação.

    • A Republica fundada em 1889

      A Republica fundada em 1889 teve dez presidentes até 1930. Todos sairam como entraram, nenhum ficou rico na Presidencia.

      Getulio Vargas mandou no Brasil por 20 anos, deixou de herança um apartamento de tres dormitorios na Tijuca e afazenda em São Birjam que foi heranla do pai dele.

      Dutra saiu como entrou.]Jk morreu e a viuva dona Sarha teve que vender os quadros que estavam na parede para se manter.

      Jango entrou e saiu com as mesmas propriedades,

      O General Pedro Aurelio de Goes Monteiro o “Condestavel do Estado Novo”, mandou no Brasil de 1930 a 1945, quando depos Getulio. Miorre e não deixou sequer uma casinha de um dormitorio. Nada.

      E uma boa estatistica frente a um Peron, a um Somoza, a um Stroessner, a um Trujillo aos Presidentes mexicanos do PRI, todos sairam bilionarios, especialmente Miguel Aleman, aos venezuelanos Juan Vicente Gomez e Marcos Perez Jimenez.

      Nada que ocorreu no Brasil se compara a um Ferdinand Marcos, um Ahmed Suharto, a um Trujillo, que se fez dono de um Pais,

      todos apoiados pelos Estados Unidos.

      O Presidente Lyndon Johnson tinha merecida fama de corrupto, sua biografia de quase mil paginas por Robert Caro narra decadas de corrupção, nem porisso perdeu o mandato ou foi execrado, muito ao contrario.

      O Brasil hoje é muito menos corrupto que outros emergentes, grandes e pequenos,  não tem comparação.

       

      • Dona Sara

        Com todo o respeito possível, mas dizer que os Kubitscheck tiveram dificuldades é no mínimo um palpite infeliz como diria Noel Rosa… Quem vive em Bsb, sabe o dinheiro/influência que “ômi” tinha (e os apartamentos cedidos no Rio pelo Bloch), a fazenda de Luziânia etc. Parece a prática comum adotada atualmente por uma ilustre família de um famoso político de SP… Inclusive, muitos senadores e políticos hoje e sempre  não pagam contas, não assinam cheques, não sacam dinheiro… Pra que? Sempre tem um idiota/laranja que paga a conta ou cede/oferece uma benesse….

         

        Ademais, dá uma conferida no patrimônio da Alzira Vargas, casamento com bilhete premiado! Casou mal a moça (Amaral Peixoto)….

         

        E, por fim, não dá para confiar/checar com exatidão os dados pertinentes à República Velha…. Porém, se acreditares na mídia da época, eles (os presidentes e políticos em geral) não eram propriamente considerados vestais…

         

        Abraços

         

      • Perfeito o seu comentário. É

        Perfeito o seu comentário. É claro que a corrupção é algo que deva ser combatida e desestimulada, isso todo mundo sabe e concorda, embora muitos não entendam o seu ponto de vista, é claro que você coloca aqui é que a corrupção não pode ser usada como desculpa para golpes “democráticos”, pois como se tem visto não só no Brasil mas no mundo, o tal combate à corrupção serve muito mais para ser usado como instrumento de grupos econômicos e polítcos contra adversários, do que propriamente a fim de melhorar a vida da população. Até mesmo porque esses mesmos grupos são tão ou mais corruptos do que o grupo alvo em questão.

  8. O único órgão que poderia

    O único órgão que poderia impedir essa ação danosa do mp entregando a petrobras aos abutres americanos é o nosso Senado Federal. Contudo, se depender de algum senador do PT, esquece. são todos bundas mole.

    Sinceramente, essa Dilma está mais perdida do que cego em tiroteio. É uma neofita em politica. Lula tem feito umas escolhas de doer, vide stf.

  9. Acho que o MPF troca

    Acho que o MPF troca informações com a Justiça norte-americana, não simplesmente almenta os americanos como disse o Dr. André Araujo. O MPF recebe informações de lá, e deve mesmo repassar informações de cá para eles, ou não se conseguira repatriação de divisas nem coisa nenhuma. É uma via de mão dupla.

    Claro que o advogado-consultor deve estar analisando com seu viés político, em vez de apenas informar.

    • O Brasil recebe que nivel de

      O Brasil recebe que nivel de informações dos EUA e que valor elas tem? Valem quantos bilhões de dolares?

      Então em troca o Brasil entrega documentos que podem levar a Petrobras a ser condenada em 4, 5 ou 6 bilhões de dolares?

      E ainda dar alavanca para “class actions” de outros 4,5 ou 6 bilhões de dolares?

      Bela troca, digna do comendador Manoel Joaquim

       

  10. O que se diz em Portugal

    Explode em Portugal escândalo citando Lula e Dirceu; investigado o comprador da empresa de Lulinha; ex-presidente luso na mira dos tiras

    Por | Claudio Tognolli – seg, 2 de nov de 2015Compartilhar9663 40 Imprimir

    No início de setembro, o semanário Sol,  revelou que na casa de Luís Oliveira Silva, sócio e irmão de José Dirceu, o antigo homem forte de Lula da Silva, a Polícia Federal apreendeu um documento com uma anotação sobre a “Portugal Telecom”.

    O trecho acima é da imprensa portuguesa, datado desse 2 de novembro, vulgo hoje.

    Outro trecho de hoje:

    “Foi neste contexto que o ex-Presidente da República Mário Soares foi sondado pela PT, para ajudar a criar pontes com o Presidente Lula. E é Soares que aconselha Granadeiro a procurar o escritório de advocacia Fernando Lima, João Abrantes Serra e José Pedro Fernandes, a LSF & Associados. O gabinete é sócio no Brasil de José Dirceu, o líder petista conhecido como facilitador de negócios, a quem a LSF chegara anos antes por via de José Pedro Fernandes. Mas será Abrantes Serra a apresentar Dirceu a Nuno Vasconcelos e a Rafael Mora, da Ongoing (e a Miguel Relvas). Dirceu, que surgiu nos epicentros dos grandes escândalos que rebentaram no Brasil (“mensalão”, Lava-Jato e “petrolão”), é classificado pela Polícia Federal como o “chefe da quadrilha”

    Entenderam?

    A Andrade Gutierrez foi a empreiteira que comprou por 4 milhões de reais a empresa de Lulinha, em 2005. Via Sergio Andrade, Lulinha vendeu à Telemar, do mesmo Sérgio, seu negócio de Ronaldinho. O MPF inocentou Lulinha.

    A Telemar ficou tão grande que virou a Oi.

    Mas agora a bomba explode em Portugal: a telefonia brasileira, via construtora Andrade Gutierrez, molhou a mão de políticos portugueses, como até o presidente Mario Soares, num gigantesco esquema de corrupção.

    Vejam esse trecho que saiu na mídia portuguesa hoje:

    “As investigações que hoje decorrem no Brasil e em Portugal, de modo autónomo, mas com canais abertos, já deixam levantar a ponta do véu sobre possíveis pagamentos de várias dezenas de milhões de euros ao universo restrito do ex-Presidente da República Lula da Silva, bem como a ex-governantes e gestores brasileiros e portugueses. Movimentos financeiros que as autoridades suspeitam poderem ter saído de veículos internacionais ligados aos accionistas da Oi, encabeçados pela construtora Andrade Gutierrez, através de territórios como Angola (onde opera também via Zagope) e Venezuela…

    …O presidente da Andrade Gutierrez é réu no processo Lava-Jato, sendo-lhe atribuídos os crimes de corrupção, de lavagem de dinheiro e de organização criminosa. Otávio Azevedo é considerado a cabeça da engrenagem que possibilitou o acordo entre a PT e a Oi em Julho de 2010. Um negócio que necessitou de múltiplas autorizações políticas dos dois lados do Atlântico e que começou a ser preparado no final de 2007 como resposta à intenção firme da Telefónica de adquirir os 50% da brasileira Vivo que estavam nas mãos da PT e que era o motor de crescimento da empresa portuguesa”.

     

    Ou seja: a empreiteira-telefônica que comprou a empresa do Ronaldinho de Lula é investigada por ter corrompido políticos portugueses com a ajuda de Zé Dirceu…

    É isso que podemos chamar de Globalização, não?

  11. Não existem fatos, apenas interpretações – Nietzsche

    …interpretando e traduzindo para o popular do povo galileu as edificantes parábolas teológico-proféticas dos evangelistas canônicos do GGN-NASSIF amarelado…(nunca sei, ainda pela manhã, acordando do pesadelo mineiro onqotô! que século tamo… se naquelas miniaturas debaixo da barra google chrome estou clicando portal ggn ou portal bb, numa confusão amarelada sonada dos diabos…):

    Tirem a Lava Jato da sala! de estar espaço gourmet da novíssima classe social lulopetista: a burguesia sindical lumpemproletária… para não assustar e escandalizar as crianças do brasil do futuro…

    aliás, meus olhos e ouvidos na academia, assuntaram que a patriarca chaui está orientando a tese de mestrado de uma pupila à cientista social:

    “O Lulopetismo No Poder E A Ascensão (E Queda) Da Novíssima Classe Social Brasileira: A Burguesia Sindical Lumpemproletária”

    … e lá pelas tantas da Introdução en passant a “mestranda orientada” explica porque o principal ativo corporativo, a joia da coroa das esquerdas brasileiras no poder, a Petrobras o petróleo é nosso, caiu em desgraça enlameada na bacia das almas para ganância do “mercado ambev” por causa da má ingerência político-partidária na gestão blue chips de uma empresa paraestatal global com ações no mercado capital dos states, e concluindo: a gestão lulopetista na Petrobras o petroleo é nosso foi é muita falta de zelo e juízo, foi um desmazelo total! com os negócios de estado e os recursos naturais do povo brasileiro.

    está tudo lá na tese orientada sem sentido pela icônica lulopetista, doutoura chaui por ai…

     

     

     

    • Como dizia Costa-Gavra, “é a

      Como dizia Costa-Gavras, “é a conjuntura”.

      (Le Capital, 2012)

      Bem… Cunha também nunca teve conta na Suiça, quem tem são as suas empresas, quem assina não é ele, é a mão dele.

  12. Não está fácil defender os

    Não está fácil defender os interesses do povo brasileiro contra essa investida dos abutres liberais. Aliás, os interesses dos povos de todos os países, exceto, talvez, a Islândia. Um ponto positivo: o alarmismo, clima de salve-se quem puder, estimulado pela imprensa, acabou facilitando tornar visíveis os lobos que há em cada disfarce de cordeiro. Abutres não gritam, vestem-se de civilizados, falam manso e não descuidam de rondar a vítima, à espreita de que, se for destroçada, sobre-lhes um naco de carniça, isso está claramente visível. Assim, resta-nos trabalho dobrado, dois desafios: um, para vencermos as limitações técnicas – e nesse ponto a Petrobras, por exemplo, avançou bastante nos últimos anos ao tornar viável o pré-sal -, e outro, de lutarmos contra quem nos quer sabotar na vitória sobre aquelas limitações.

    Mas também ninguém disse que seria fácil, apenas que é possível…

  13. Prezado Nassif
    Mesmo tendo a

    Prezado Nassif

    Mesmo tendo a convicção de que a corrupção interna no presente Governo PT-PMDB é profundamente desestabilizante , do ponto de vista psico-social  , ainda temos o bem mais precioso que é  o razoável funcionamento das Instituições Brasileiras Democráticas (as quais sofrem terrivelmente assédios autoritários do …próprio Governo e ex -Presidentes!).Entretanto , todos os Brasileiros devem se unir em torno da Presidência da República , neste grave momento de intencional desmantelamento do Setor Energético Brasileiro ,essencialmente por interesses externos (assim como a Rússia vem sofrendo com a Gazprom e a China , com a sua Moeda ).Por este motivo , e somente por este motivo , penso que o (merecido!, em minha opinião de cidadão) o  Impeachment  da Sra Dilma Roussef é totalmente contra producente aos interesses nacionais, a não ser que seja cabalmente provada a sua participação nos esquemas presentemente desmontados pela PF e STF (as CPIs se tornaram realmente e tristemente em Farsas de interesses Políticos sórdidos !!. .Mas é Claro que o bom funcionamento da estrutura Policial -Judicial deve continuar , sem concesões a Ex-Presidentes da República ou Juízes ou Deputados e Senadores ou Funcionários Públicos de alto coturno (Almirantes , Brigadeiros , Ministros, delegados Federais , Ministra do Supremo , Governadores, etc…).

  14. Que mais se poderia esperar

    O Brasil virou uma terra de políticos, midiáticos e juristas.

    Aqui apenas se produz notícia, intriga, filosofia, leis desnecessárias, processos investigativos, opiniões e comentários. E há assaltos, muitos assaltos. Gente pagando juros e sendo incluía nas sociedades de proteção ao crédito. Isto não poderia faltar.

    Trabalhar, de fato, produzir, é o que menos importa. Produzir é assunto de 2a linha, acontece por osmose.

    Ânimo compatriotas. Ano que vem disputaremos medalhas, elegeremos prefeitos. Às urnas, cidadãos! E viva as ciclovias!

  15. Não vou nem ler as bobagens

    Não vou nem ler as bobagens que certamente esão escritas aqui.

    Impacto da lava jato na Petrobás ou impacto do saque que acabou com a Petrobrás?

  16. O problema é a corrupção
    Não sei se vocês apenas se fazem de tolos ou se são mal intencionados mesmo. A causa dos problemas que a Petrobras enfrenta é a corrupção. A lava-jato é uma das consequências, assim como essa ação da justiça americana. Ao invés de responsabilizar os gestores e aqueles que deveriam protegê-la vocês insistem em atacar os investigadores.

  17. Outro fato importante :
    O

    Outro fato importante :

    O grande culpado foi a volúpia de outros Governos (FFHHCC e LLUULLAA) que globalizaram mercantilmente, e sem nenhum cuidado estratégico (Os assim chamados “Perfeitos Idiotas Latino Americanos “) ; uma empresa Estatal Brasileira de “Segurança Estratégica Nacional”(me parece que a Petrobrás presentemente não é uma estatal a rigor  , mas o Governo tem 51% de ações e também tem a prerrogativa das decisões estratégicas da mesma -corrigam em caso de engano) .E assim  ,aquelas ações que foram  vendidas na Bolsa de Nova York necessariamente seguem a Legislação Americana .E dentro desta Legislação será muito fácil provar que as  vendas destas ações na Bolsa de Nova York , foram fraudadas através de propaganda enganosa do Governo Brasileiro à época (Detentor de 51% do capital acionário da Petrobrás e tendo COMO FIADOR  ,O TESOURO NACIONAL -RESERVAS EXTERNAS BRASILEIRAS)  .Eventos estes ocorridos durante uma tentativa de Capitalizar a empresa ao custo de mentiras de produtividade do Pre Sal (até áreas muito produtivas do sub sal-localizadas na fronteira do Pre Sal – , e já em franca  exploração e que  através de Decretos do Governo ,passaram a ser consideradas áreas do ..Pré Sal !!!).

    Mas todos sabemos que a jogada financeira-capitalização acima citada  da Petrobrás não deu certo e essencialmente devido  a queda ( política ) do preço do Barril de Petróleo de 100 dólares para 40 (Estratégia Americana para dominar o Mercado energético Planetário (incluindo as reservas Russas -vitais para a China) .

    Deste modo , conclui-se que a Petrobrás não é a Vale do Rio Doce e que  a Petrobrás jamais deveria vender ações fora da Legislação Brasileira , por ser uma Empresa de vital segurança estratégica para o País .

    Agora é se preparar para pagar algo em torno de 50 bilhóes de dólares de multas e ressarcimentos (caso contrário , congelar-se-a o equivalente nas reservas brasileiras nos USA e Europa ……-vejam o caso Argentino).

     

    • Nada a ver. A Perrobras

      Nada a ver. A Perrobras apenas listou suas ações na Bolsa de Nova York, não fez emissão primaria de ações nos EUA e portanto não fez propaganda e promessas para acionistas americanos. Concordo 100% que não deveriam listar ações nos EUA, foi pura macaqueação dos tucanos, é um tipo de empresa que não se presta a investidores de perfil americano.

      O Tesour do Brasil não é avalista de coisa alguma em termos de ações. As reservas do Brasil tampouco serão confiscadas por ações desse tipo, a Petrobras é a empresa que está sendo processado e não a Republica, dona das reservas, são situações não vinculantes.

       

      • – ( 100 % )

         Menos AA,

         Listar NYSE  carreou recursos importantes para a Petrobrás, não foi uma “tucanagem”, pois uma vez negociada na NYSE, em prime line, foi possivel ,alem de negociar os adrs, captar bonus/notes a taxas bastante convidativas, até a Gazprom ( OGZPY ) está listada NYSE.

  18. Apologia a Ilegalidade?

    Pessoal, 

     

    Li atentamente a todos os comentarios, e fiquei bastante confuso.

     

    A Petrobras se vendeu como uma empresa solida, promissora e sobre tudo transparente e que possui um socio, no caso o governo do Brasil, para atrair investidores e obter recursos para as suas despesas e investimentos.

     

    Virada a pagina, ela esta sendo processado por quem emprestou estes recursos e que se sente enganado.

     

    Estamos nos em nome de um falso patriotismo defendendo que os pilares da justiça brasileira passem a praticar ilegalidade?

     

    Se isto por ventura acontecer, quando teremos investimento novamente no Brasil para uma PADARIA ?

     

    Ou alguem aqui acha que no pais temos recursos suficientes para tais investimentos ?

     

    Fiquei muito confuso

    • Sçao coisas COMPLETAMENTE

      Sçao coisas COMPLETAMENTE diferentes. Estou falando da ação publica relativa ao Foreing Corrupt Practices Act movida pelo Departamento de Justiça e não da ação privada civel tipo “class action” movida por acionistas minoritarios.

  19. A PETROBRAS é um ativo do

    A PETROBRAS é um ativo do povo brasileiro, cabe aos brasileiros DEFENDE-LA não importa o que outros fizeram com a empresa, a PETROBRAS pessoa juridica não é praticamente de delitos, ela foi usada para delitos, como uma casa que é assaltada, não é o dono da casa o autor dos delitos. Parece uma coisa tão simples de entender mas muitos aqui se dizem confusos e passam a usar os argumentos dos AUTORES DE AÇÕES CONTRA A PETROBRAS. Deixe eles usarem seus argumentos, não podemos ficar condoidos deles, coitadinhos.

    Me lembra uma advogada trabalhista em uma empresa onde eu era executivo, conhecia leis e era boa pessoa mas ela sempre argumentava a favor do empregado. Eu dizia “mas vc tem que defender a empresa” e ela respondia  “o empregado tem razão, a lei está ao lado dele”, eu respondia ” mas isso quem tem que dizer é o advogado dele, você tem é que dizer o contrario, a favor da empresa”. Ela não conseguia perceber e tive que demiti-la, o pior é que era minha contra parente. Ela via sempre razão no outro lado, para que serve um advogado desses?

    Tem gente grauda nessa questão que acha que o Departamento de Justiça tem razão, que os acionistas minoritarios tem razão mas eles querem é FERRAR a Patrobras, nem que tivessem razão e não tem, nos brasileiros NÃO podemos ser aliados de quem quer arrancar dinheiro da Petrobras, até por uma razão pratica, a conta vai parar em nosso bolso.

    • Piauí de novembro

      andré, por gentileza, assim que puder leia a matéria da revista sobre a Petrobras, e comente aqui sobre o que se salva na reportagem. Ou não. O que mais chamou a atenção é que parece que se confirma o que pensei assim que o Bendine foi anunciado. Um pé 41 num sapato 44. Segundo o Murilo Ferreira, que saiu brigado do Conselho, o Bendine “…não tem oção de onde está”. 

    • A má fé é de quem mistura

      A má fé é de quem mistura tudo. A  defesa da Petrobrás enquanto instituição, mais do que empresa, não pode servir de esconderijo para picaretas que defendem ladrões sob falsos pretextos patrióticos. Quem não elegeu Ademar de Barros – rouba mas faz – como patrono de ocasião sabe separar as coisas. A Petrobras foi vítima da rataiada, e ponto.

      E por falar nisso , depois de tantas notas e comunicados de sindicatos e associações dos empregados da Petrobras, greve numa hora dessas? Sofisticado demais pra mim.

      • A PETROBRAS como instituição

        A PETROBRAS como instituição ESTÁ SENDO PROCESSADA COMO PESSOA JURIDICA e está sujeita a uma multa a ser paga ao Tesouro dos EUA de US$1,5 bilhão a US$ 3 bilhões de dolares, não são os diretores-ladrões da petrobras que estão sendo processados, é a propria empresa. Sabe quem vai pagar a multa? Eu, voce e todos os brasileiros e não os corruptos.

        E sabe quais as são provas para esse processo do Departamento de Justiça contra a Petrobras? São as provas do processo da Lava Jato em Curitiba, nos fornecemos as provas para o Departamento de Justiça nos processar, porque a Petrobras é estatal, portanto de todos os brasileiros.

    • PW & C

        AA , 

        O que vc. achou, relativo a conduta processual norte-americana, a atitude do juiz acionar a PW&C ?

         É bom lembrar que este juiz apesar de descisões anteriores, quando em nivel dos direitos individuais ( exemplo: pena de morte ), foi “liberal”, mas em descisões/sentenças/acordos, relativas a empresas, como QualCom, BoFa etc…, foi bastante rigoroso.

    • quanto equívoco mota araujo

      quanto equívoco mota araujo em tão poucas linhas.. de forma resumida o que defendemos é o direito do sócio minoritário, pouco importa se a empresa em questão é x ou y… defender o sócio minoritário isto sim é defender o brasil.. precisa desenhar? emojis do whatsapp servem?

      • Estiu falando da ação de

        Estiu falando da ação de ordem publica do Departamento de Justiça e não da “class action” dos acionistas minoritarios,

        ve-se que voce está completamente por fora do tema.

        • Não tem

             Não existe, pela legislação SEC, “tag alog” * referentes a descisões judiciais, sequer percentual nas multas aplicadas, futuras “class actions” podem ser balizadas pela descisão do processo inicial, mas não recordo de nenhuma, que em caso de acionistas, tenha frutificado, já no caso de bonds/notes, um acordo, com troca de papéis ( vencimentos, yelds/juros > prime ), é o que historicamente os promotores federais exigem, tanto do investidor como da empresa.

              No caso PETR ( ADRs) e PBR ( Bonds and notes ), não existem “minoritários”, as ações judiciais são de fundos, de investimento a médio/longo prazo, aposentadorias/pensões, não tem nenhum de derivativos e/ou de risco, demandando a PBR, AINDA. Pois:

               A “industria de fundos derivativos/risco” – Ou os Trash, Risk and Laundry Funds ( TRFs ) – não gostamos da classificação “vulture”, pois dá azar, pega mal – atuam junto com os ” vulture lawyers ” ( tipo “porta de cadeia”, mas no caso, advogados que ficam em baixo do bull, a espera de perdedores ), funciona mais ou menos assim:

                Uma ação ou bonus, deu baixa expressiva constante, a midia evolui esta baixa – as mairoes baixas são as que se referem a corrupção e a investigações FPCA , dão manchete – pouco importa EBIDTA, alavancagem, os administradores dos fundos sofrem pressão dos investidores para venderem o “pepino”, que esta prejudicando o fundo antes que ele caia na avaliação de risco ( as agencias que ninguem gosta, mas fundos de pensão/aposentadoria, estatutariamente só investem em papéis por elas analisados como “graau de investimento” ), a baixa se acentua, então vc. vende ( recompõe o ativo o modificando ). Quem compra ?

                  Os TRFs adquirem, incluem estes papéis em derivativos futuros – compram e seguram a margem – as vezes a “descoberto” , onde mantem o papel no fundo original, com contrato de venda/recompra, pagando as diferenças de margem para o detentor original do papel ( tipo um aluguel, que pode ser negativo ou positivo na liquidação ), enquanto aguardam a resolução das demandas judiciais.

                   AA, meu caro, mercado globalizado, com inferencias judiciais, é até dificil para explicar, acho que ninguem entendeu nada.

                  * tag alog : Quando o comprador macro do controle, paga o mesmo preço por ação, tanto para o controlador como para os minoritários.

      • abutres

        o ze maria marin pagou uma fortuna para os ricos paaara ficar na mordomia, q poderia ser feito pelo Brazil, dinheiro roubado,  cade o mp nessa hora e o moro, mas ladrão q rouba ladrão, mas a moral da historia la tbem quem paga pau não vai preso como aqui nãp ve o caso do mico gerson o rei do pop entre muitos e não vai dar em nada porque tucanoCUnha é aliado dos abutres. 

  20. Faltava a cereja do bolo

    Não falta mais, a matéria de capa da Piauí de noembro é sobre a Petrobras, “a empresa mais endividada do mundo”, segundo a revista. Intrigas, conspirações internas, tem de tudo. e revela um “Bendine TQQ”, terça, quarta e quinta, que são os únicos dias em que aparece na empresa. Um Conselho de Administração dividido entre a turma do Bendine e a turma da Mineradora (Vale). guerra total. Não vai sobrar nada da Petrobras, segundo a revista. .

  21. impactos da lava jato sobre a Petrobras

    Temos as 500 maiores filiais mundiais das 500 maiores indústrias do planeta. 89% do nosso mercado é dominado por multinacionais. E só empresa genuinamente nacional com donos brasileiros é que estão metidos em corrupção? Vamos parar se ser tão inocentes. O Planeta Terra inteiro e talvez alguns “marcianos” querem botar as mãos na Petrobras.  Somos uma pátria de crianças. A Alstom e a Siemens já se declaram integrantes dos casos de corrupção envolvendo o esquema conhecido como “Trensalão paulista”.  Onde estão braço político dest a operação? Onde está a repatriação dos recursos? Onde estão os processos abertos aqui oiu no exterior? Ninguém está com medo da Justiça Americana? Os juízes, assim como na Lava Jato não pedirãoprisão dos presidentes destas empresas? Empresa estrangeira com presidente sendo cidadão estrangeiro, morando no exterior, está fora do alcanve da Justiça Brasileira?

  22. ” Bacia das almas ” + neuróticos

     Só as empreiteiras ?   Aguardem…….

      O “MERCADO” não é “malvado”, pelo menos intrinsecamente, ou de origem, mas vive de prospectar oportunidades de negócios, e não é culpa dele, se instiutições brasileiras, decidiram “chutar o balde”, e deixar setores importantes da economia, ficarem “baratos”, que para sobreviverem, terão que seguir o “manual”, ou seja, concentrarem-se em seus negócios com possibilidade de solvência, e monetizar seus ativos não condizentes a esta reestruturação.

        Altamente alavancadas, com compromissos ( Bonus, empréstimos, financiamentos ), a vencerem, ou a serem pagos, ou renovados, a alternativa para honra-los, é se desfazer do que é mais atraente ao Mercado, ação básica de qualquer reestruturação, algo inclusive que pode ( palpite: acho que vai ) ocorrer com a própria Petrobrás, até mesmo com relação ao pré – sal , operações de gás, estaleiros ( terceirizar a FRONAPE ), diminuição das regras de conteudo nacional, podem caminhar neste rumo.

         Aos “neuróticos” : Os processos instaurados pelo Distrito Sul de Nova York são civeis, não irão a principio, ordenar prisão de alguem, no maximo arbitrarão multas, a serem pagas a SEC/ DofJustice.

  23. Nós podemos

    Tem é que parar de fazer negócio com empresas dos EUA, reafirmar interesse nacional e não dar nem bola para o que diz a Justiça daquele país, não entrar nem no mérito dessas ações. E paulatinamente ir independendo, começando por botar no pau as empresas daquele país instaladas aqui, no nosso… rigor máximo! Explorá-los em tudo que for possível e um pouco mais. Mesmo ao custo deles tomarem o que é nosso mas está lá. Senão hoje sofreremos nós, e amanhã sofrerão nossos filhos, netos. E focar nas alternativas… em nível internacional, focarmo-nos em tratados como os do BRICS e do Mercosul; e na esfera pessoal, abandonarmos as ilusões de que “os americanos” são tão bacanas, “seus filmes são tão legais”. Não é fácil, estamos viciados, essas coisas são muito atraentes e a gente até se identifica com elas. Mas olha só no que dá…

    As instituições não têm como sabotar os EUA, mas nós, individualmente, podemos.

  24. Bolsa de Valores é um jogo.

    Bolsa de Valores é um jogo. Ou seja: não é um Contrato de Compra e Venda, com cláusulas de integralidade amparadas por leis estáveis do direito.

    O sub prime derrubou pessoas, empresas e nações inteiras.

    Quem ganhou levou; se perdeu pega o seu banquinho e saia de mansinho.

  25. Dealers

     Caro AA,

     Sua opinião, que uma ação diplomática, direta governo – governo, somada a ações colaterais de apoio, lobby, seriam eficientes, aliás teriam sido – tempo passado – , estas janelas, por inépcia, ou até suponho interesses ( diminuição dos ativos globais, facilitar a “troca de dividas por participações”, ou até no limite, a redução do grau de investimento corporate, forçando a queima/troca negativa de ADRs e Bonus ), não é mais possivel, e pelas atitudes da administração da PBR, e do governo brasileiro, no decorrer deste longo processo, nunca foram consideradas – Algo até incompreensivel, sujeito a uma série de questionamentos.

       Já na fase atual, judicial, a SEC / DofJ , como consequencia da PBR ser uma empresa listada, negocia ADRs e realizou captações de Bonus e Notas, através da NYSE, ela está sujeita as determinações e controles de compliance da SEC, portanto todas estas operações estão sujeitas a serem dirimidas judicialmente, pela justiça federal americana, pois os papéis lá forma negociados, nesta situação a PBR, para o judiciario americano, esta na mesma situação que uma “Home Depot , QualComm, até uma Sonagol.

        No caso em tela, do juiz ter unificado os processos, achei estranho, os advogados da PBR, não recursarem e mesmo não terem arrolado colaterais, o juiz chamou a PWC, a auditoria, mas os advogados deveriam ter separado as demandas, uma vez que são diferentes de origem, algumas são de ADRs ( ações ), mas a maioria são referentes a fundos de médio/longo prazo que investiram em Bonus/Notas, os quais não foram adquiridos balcão ou pregão diretamente, mas lançados ao mercado por instituições financeiras ( dealers ), os quais pela legislação SEC, quando negociados como avaliados previamente por agencias de risco – “grau de investimento ” – tornam-se co-responsaveis pela emissão destes papéis de divida/investimento.

    • Meu caro, tudo pode ser

      Meu caro, tudo pode ser discutido, politicamente e judicialmente, os dois fronts tem que ser atacados ao mesmo tempo, o que não aceito é a obediencia bovina que os advogados do “system” arengam por ai, “”ah é assim mesmo, dizem eles”m nada é assim mesmo e grandes Estados não são pessoas particilares, o nivel de negociação e confrontação é de Estado a Estado,

      o Brasil já teve GRANDES pendencias com os EUA e tudo foi negociado politicamente, cito as estatizações da Electric Bond &

      Share da ITT no Brasil, os gringos fizeram um escandalo e o Roberto Vampos baixou a bola e pagou uma micharia para os acionistas americanos. A jurisdição do Departamento de Justiça sobre empresas privadas brasileiras que não tem negocios nos EUA é uma aberração e não pode ser aceita nem para discutir, não é porque eles acham que tem jurisdição que o Brasil tem que aceitar, se deixar na mão de escritorios americanos é o que vai acontecer.

  26. será que eu entendi o debate??

    Sou um cara do bem. Até ajudo as velhinhas a atravessar a rua e cedo meu lugar no transporte público. Contudo, se eu avançar o sinal vermelho, serei multado, assim como qualquer cidadão que fizer o mesmo. Deveriam as minhas multas receberem o perdão??? Posso usar o argumento de que devo ser isento das multas, pois já fiz muitas coisas boas.

    Nessas horas eu pergunto: Por que a Petrobras merece tratamento diferenciado??? A empresa está sendo processada pela corrupção, mas pior que isso, foi pessimamente gerida nos últimos 10 anos. Se gestão incompetente fosse crime, teriam que construir um presídio para abrigar os diretores da Petrobras e outras estatais.

    Esse papo de que a Petrobras é uma empresa estratégica e pode fazer o que bem entender em nome dos planos políticos do governo, não convence pessoas minimamente sensatas. Ao lançar ações na bolsa de valores, seja do país ou do exterior, a empresa assume compromissos para com a sociedade e, principalmente, os seus acionistas. O engraçado era que diziam que o FHC afundou uma plataforma da Petrobras. Essa birra toda foi porque a plataforma foi construída no exterior. Se fosse fabricada no Brasil, a culpa seria das ondas. O PT afundou toda a Petrobras e no final, a sociedade pagará a conta. 

     

    • Não

      É triste ter de dizer, mas já que ninguém te deu uma atenção até agora, eu digo: não! Você não entendeu. Leia tudo de novo e vai ver. Foque sua atenção no que é a Petrobras. Ela não é como eu ou você. Por outro lado, há duas palavras chaves importantes (público e privado) que podem ajudar a entender o que está sendo falado. Não é a empresa que está sendo processada por corrupção: repare que são pessoas dentro da petrobras que estão sendo presas e processadas. Presas e processadas porque fizeram com que nós (a Petrobras) pagássemos mais e portanto ficássemos com menos lucros. Então, o que precisa ser feito é evitar que os malfeitos continuem, reorganizando melhor. As regras de funcionamento e também de julgamento da empresa devem ser as regras que existem no Brasil. Não se trata de tratamento diferenciado, mas de tratamento brasileiro. Acho que é isso. Cordiais saudações.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome