Coronavírus: À beira do colapso no sistema de saúde, Ceará prevê 250 mortes por dia a partir de maio

Segundo o Relatório da Rede CoVida, uma pessoa infectada tem fator de reprodução de 2,56 no Ceará, mostrando um potencial para chegar ao pico da epidemia mais rápido.

Jornal GGN – O Ceará está em situação crítica, à beira do colapso no sistema de saúde. O secretário de Saúde do estado, Carlos Roberto Martins, tem uma previsão para maio de 250 mortos por dia. No presente, leitos de UTI já estão totalmente ocupados nos hospitais públicos e pouquíssimos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) no estado.

O secretário, em coletiva, voltou a enfatizar a importância do isolamento social, ainda mais agora quando o estado apresenta um aumento significativo nos óbitos. Já são 2.157 casos confirmados e 116 óbitos no estado, com taxa de mortalidade de 5,4%, com previsão de chegar a 10% na próxima semana.

Uma parceria entre a Fiocruz e UFBA alimentou o Relatório da Rede CoVida, mostrando um potencial alto de reprodução da doença. Segundo o estudo, uma pessoa infectada tem fator de reprodução de 2,56 no Ceará, mostrando um potencial para chegar ao pico da epidemia mais rápido.

Com estes dados em mãos, o certo é que o governador do Ceará, Camilo Santana, preveja novas medidas para o enfrentamento da pandemia no estado.

Com informações do Correio Braziliense.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora