Mais 2 milhões de doses da CoronaVac chegam ao Brasil

É o terceiro carregamento de doses e insumos para a produção da vacina do laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan

Foto: Divulgação/Redes

Jornal GGN – O maior lote de vacinas CoronaVac chegou da China, na manhã desta sexta (18), no Aeroporto Internacional de Guarulhos. É o terceiro carregamento de doses e insumos para a produção da vacina do laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Nesse terceiro envio, foram 2 milhões de doses da vacina chinesa, desenvolvida e testada em parceria com o Butantan. Estas doses se somam a um total de 3,12 milhões que o estado de São Paulo já tem para a disponibilização da vacina.

“É a primeira vacina que está sendo produzida no Brasil e na América Latina. É um dia importante, semana que vem teremos mais vacinas chegando e essa é a nossa função: trazer as vacinas para que elas possam ser usadas o mais rapidamente possível”, comemorou o diretor do Butantan, Dimas Covas.

O governador João Doria, que também esteve no aeroporto em cerimônia para receber as doses, espera obter a liberação da Anvisa e da agência sanitária chinesa na próxima semana, para iniciar a imunização em janeiro de 2021, tanto para os paulistas quanto para as demais regiões do país, com a divulgação do interesse do Ministério da Saúde na inclusão da CoronaVac no plano nacional.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Muito bem vindas as antecipações de vacinação em alguns países, apesar das incógnitas das novidades destas primeiras vacinas aprovadas em utilizar as tecnologias focadas em mRNA e DNA. Mas haverá também já, já, as que utilizam aproximações mais tradicionais, como vírus inativado e similares.
    Poderá haver também e paradoxalmente um certo efeito inicial de “relaxamento” pela “tranquilidade” de haver uma luz no final do túnel, que de qualquer forma não está “ali”, mas LÁ no fim, pelo mais longo processo amplo de vacinação e imunização coletiva. Somos bilhões…
    O fato é que, pelo ritmo atual de contaminação e óbitos (parecendo chegar no terceiro pico mundial, mas em ascensão no braZil, atrasado até nisso), em cerca de 30 DIAS o MUNDO poderá ultrapassar a marca de 100 MILHÔES de CASOS e 2 MILHÕES de MORTOS!
    E rola na Web um vídeo de algumas dúzias de “médicos” negando a pandemia como uma “farsa”!
    A troca do conhecimento humano por crenças e paixões é realmente de uma diversidade inacreditável!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome