Mais 2 milhões de doses da CoronaVac chegam ao Brasil

É o terceiro carregamento de doses e insumos para a produção da vacina do laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan

Foto: Divulgação/Redes

Jornal GGN – O maior lote de vacinas CoronaVac chegou da China, na manhã desta sexta (18), no Aeroporto Internacional de Guarulhos. É o terceiro carregamento de doses e insumos para a produção da vacina do laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Nesse terceiro envio, foram 2 milhões de doses da vacina chinesa, desenvolvida e testada em parceria com o Butantan. Estas doses se somam a um total de 3,12 milhões que o estado de São Paulo já tem para a disponibilização da vacina.

“É a primeira vacina que está sendo produzida no Brasil e na América Latina. É um dia importante, semana que vem teremos mais vacinas chegando e essa é a nossa função: trazer as vacinas para que elas possam ser usadas o mais rapidamente possível”, comemorou o diretor do Butantan, Dimas Covas.

O governador João Doria, que também esteve no aeroporto em cerimônia para receber as doses, espera obter a liberação da Anvisa e da agência sanitária chinesa na próxima semana, para iniciar a imunização em janeiro de 2021, tanto para os paulistas quanto para as demais regiões do país, com a divulgação do interesse do Ministério da Saúde na inclusão da CoronaVac no plano nacional.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora